Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/95368
Title: Habitar em Bissau: Articular o Bairro e a Escola - Proposta de um habitat evolutivo, adaptável e sustentável
Other Titles: Living in Bissau: Articulation between Community and School
Authors: Vicente, Soraia Marques
Orientador: Grande, Nuno Alberto Leite Rodrigues
Keywords: Bissau; Urbanismo; Infra-estrutura; Cidade; Habitação Evolutiva; Bissau; Urbanism; Infrastructure; City; Incremental Housing
Issue Date: 26-Mar-2021
Serial title, monograph or event: Habitar em Bissau: Articular o Bairro e a Escola - Proposta de um habitat evolutivo, adaptável e sustentável
Place of publication or event: Universidade de Coimbra, FCTUC, D'Arq
Abstract: Muitas das cidades da África Ocidental enfrentam um fenómeno denominado de “urbanização acelerada”, causado pelo constante crescimento populacional, sobretudo nas periferias das cidades. O resultado é a rápida e descontrolada densificação do espaço urbano e a expansão de construções de génese espontânea e ilegal. A cidade de Bissau (Guiné-Bissau), não é excepção. A falta de planeamento adequado e o não cumprimento do Plano Geral Urbanístico de Bissau de 1993 por ausência de fiscalização e a carência de recursos financeiros, levou a que a população vinda das áreas rurais se fixasse de modo informal nas periferias da cidade. Como consequência, a cidade de Bissau é, em grande parte, constituída por bairros de “construção espontânea”, com a agravante da carência de infra-estruturas básicas. O trabalho aqui presente tem como desígnio a elaboração de uma proposta urbana para a cidade de Bissau, a fim de promover o seu desenvolvimento e a valorização do seu território. Uma vez que fazer cidade implica um conhecimento vasto a respeito da sua história e dos seus cidadãos, esta proposta parte de uma breve contextualização da cidade de Bissau, apresentando as suas características históricas, físicas, políticas, culturais e socioeconómicas. Para isso, recorreu-se ao estudo de dados analíticos do local e da população, e ainda, a análises com base em plantas territoriais.Esta proposta resume-se em duas principais fases. A primeira fase corresponde à fase de trabalho de turma e de grupo, naquela que pode ser considerada uma estratégia urbana. Nelas pretende-se (re)desenhar aquele que é um dos principais eixos de desenvolvimento da cidade - a estrada de Antula-Bandim-Bôr, ao longo de 16 km -, relacionando-a com os bairros que atravessa. Aborda-se ainda, a temática da mobilidade urbana, propondo a implantação de um meio de transporte público colectivo adequado à realidade actual de Bissau, como impulsionador da expansão e desenvolvimento da cidade: um sistema de Bus Rapid Transit (BRT).Na segunda fase, entra-se na fase individual do trabalho, na qual são aprofundadas diferentes escalas, com especial incidência no desenho de um equipamento colectivo (escola), do tecido habitacional (bairro), de uma estação interface do transporte público e consequentes espaços públicos.Na actualidade, o processo de criação de cidade no continente africano, é bastante discutido e as opiniões dividem-se entre aprender com as condições autóctones ou seguir modelos de europeização. Este trabalho pretende analisar as problemáticas de Bissau e defender o (re)desenho dos bairros existentes com base num desenvolvimento humano sustentável, tendo como objecto de estudo a frente fluvial da cidade. Considera, por isso, a importância de uma arquitectura pensada para a população e para o local, mantendo sempre que possível, os seus métodos construtivos, tecnologias e materiais.
Many cities in West Africa face a phenomenon called “accelerated urbanization”, caused by constant population growth, especially on the outskirts of cities. The result is the rapid and uncontrolled densification of urban space and the expansion of buildings of spontaneous and illegal genesis. The city of Bissau (Guinea-Bissau) is no exception. The lack of proper planning and the failure to comply with the Bissau General Urban Plan of 1993 due to the lack of supervision and financial resources, led the population coming from rural areas to settle informally on the outskirts of the city. As a consequence, the city of Bissau is, for the most part, constituted by “spontaneous construction” neighborhoods, with the aggravating lack of basic infrastructures.The work here is designed to develop an urban proposal for the city of Bissau, in order to promote its development and the enhancement of its territory. Since making a city implies a vast knowledge about its history and its citizens, this proposal starts from a brief context of the city of Bissau, presenting its historical, physical, political, cultural, and socioeconomic characteristics. For that, we analyzed territorial plans, gathering information from them, and used analytical data of the place and ts population.This proposal is summarized in two main phases. The first phase corresponds to the group work phase, which is considered the urban strategy. It is intended to (re) design one of the main axes of the city’s development - the Antula-Bandim-Bôr road, over 16 km -, and connecting it to the neighborhoods it crosses. As a driver of the expansion and development of the city, It also addresses the issue of urban mobility, proposing the implantation of a collective public transport suitable to the current reality of Bissau, - the Bus Rapid Transit system (BRT).In the second phase, the individual phase of the work, different scales are deepened, with a special focus on the design of collective equipment (school), housing, public transport and consequently public spaces. Currently, the process of creating a city in African continent is widely discussed and opinions are divided between learning from indigenous conditions or following models of Europeanization. This work intends to analyze the problems of Bissau and defend the (re) design of the existing neighborhoods based on sustainable human development, having the riverfront of the city as an object of study at the same time. Therefore, it considers the importance of an architecture designed for the population and the place, by maintaining, whenever possible, its construction methods, technologies, and materials.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitetura apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/95368
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Soraia Vicente.pdf160.48 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

4
checked on Jul 23, 2021

Download(s)

5
checked on Jul 23, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons