Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94912
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFigueirinha, Artur Manuel Bordalo Machado-
dc.contributor.authorGalante, Mariana Santiago-
dc.date.accessioned2021-05-13T10:02:06Z-
dc.date.available2021-05-13T10:02:06Z-
dc.date.issued2016-02-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/94912-
dc.descriptionMonografia realizada no âmbito da unidade Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbrapt
dc.description.abstractAs plantas medicinais têm cada vez maior importância na farmacoterapêutica porque representam uma fonte de compostos com importantes ações farmacológicas, quer para tratamento de doenças como para o alívio de sintomas, como é o caso de algumas desordens musculoesqueléticas. Os Anti-Inflamatórios Não Esteróides (AINEs) são os fármacos mais prescritos para as afeções musculoesqueléticas, apesar dos efeitos adversos que apresentam quando usados de forma crónica e das interações com outros fármacos, nomeadamente com os anticoagulantes. A interação dos AINEs com a varfarina é clinicamente relevante e deve ser evitada sempre que possível. Os doentes tratados com anticoagulantes que necessitem de tratamento para problemas no sistema musculoesquelético têm poucas opções terapêuticas, uma vez que a associação entre a varfarina e os AINEs está contraindicada devido ao risco aumentado de hemorragia. As plantas com atividade anti-inflamatória podem ser opções seguras para a resolução da inflamação. Vários estudos demonstram eficácia dos produtos contendo extratos destas plantas e evidenciam segurança na sua utilização concomitante com as terapêuticas anticoagulantes.pt
dc.description.abstractThe medicinal plants have become increasingly important in pharmacotherapy because they represent a source of compounds with important pharmacological actions, either for treating diseases or for relief of symptoms, such as some musculoskeletal disorders. The nonsteroidal anti-inflammatory drug (NSAIDs) are the most prescribed drugs for the musculoskeletal affections, despite the adverse effects that show when used chronically and interactions with other drugs, especially with anticoagulants. The interaction of NSAIDs with warfarin is clinically relevant and should be avoided whenever possible. Patients treated with anticoagulants who need treatment for problems in the musculoskeletal system have few therapeutic options, once the association between warfarin and NSAIDs are contraindicated because of increased risk of bleeding. Plants with anti-inflammatory activity can be safe options for the resolution of inflammation. Several studies demonstrate efficacy of products containing extracts of these plants and evidence security in concomitant use with anticoagulants therapies.pt
dc.language.isoporpt
dc.rightsopenAccesspt
dc.subjectFitoterapiapt
dc.subjectPlantas medicinaispt
dc.subjectAnti-inflamatóriospt
dc.subjectInterações plantas-medicamentospt
dc.subjectDoenças musculoesqueléticaspt
dc.subjectInflamaçãopt
dc.subjectPreparaçõs de plantaspt
dc.subjectVarfarinapt
dc.titlePlantas medicinais como alternativas terapêuticas seguras no tratamento de inflamações musculoesqueléticas em doentes tratados com varfarinapt
dc.typeother-
degois.publication.locationCoimbrapt
dc.date.embargo2016-02-01*
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Ciências Farmacêuticaspor
uc.rechabilitacaoestrangeiranopt
uc.date.periodoEmbargo0pt
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Monografia Mariana Galante.pdf862.98 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

62
checked on Oct 22, 2021

Download(s)

53
checked on Oct 22, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.