Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94871
Title: SER-SE PESSOA (IN)ATIVA EM ESTRUTURAS RESIDENCIAIS PARA IDOSOS. O SERVIÇO SOCIAL A FAVOR DA INCLUSÃO E ATIVAÇÃO DAS PESSOAS IDOSAS NAS DINÂMICAS INTRAINSTITUCIONAIS E NO SEU PROJECTO DE VIDA
Other Titles: BEING (IN) ACTIVE PERSON IN NURSING HOMES FOR THE ELDERLY. SOCIAL WORK SUPPORTING ACTIVE INVOLVEMENT OF THE ELDERLY IN INTRA INSTITUTIONAL DYNAMICS AND IN THEIR LIFE PROJECT.
Authors: Crispim, Ricardo Miguel da Silva
Orientador: Luz, Maria Helena Gomes dos Reis Amaro da
Keywords: ERPI; Serviço Social; Ativação dos idosos; Participação sénior; NHFE; Social Work; Triggering the Elderly; Elderly participation
Issue Date: 23-Mar-2020
Serial title, monograph or event: SER-SE PESSOA (IN)ATIVA EM ESTRUTURAS RESIDENCIAIS PARA IDOSOS. O SERVIÇO SOCIAL A FAVOR DA INCLUSÃO E ATIVAÇÃO DAS PESSOAS IDOSAS NAS DINÂMICAS INTRAINSTITUCIONAIS E NO SEU PROJECTO DE VIDA
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Coimbra
Abstract: O envelhecimento demográfico das populações é um fenómeno indiscutível das sociedades contemporâneas. Portugal é um dos países mais envelhecidos do mundo, obrigando as novas expressões da(s) velhice(s), os sistemas (e.g., famílias, organizações, comunidades), a modificaram a forma de prestar apoio aos mais velhos. As Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI), onde, inseridos em equipas multidisciplinares, constam profissionais vários, assumiram um papel de destaque no ato de cuidar em senioridade. A experienciação em ERPI é, regra geral, contrária à noção de autodeterminação, emancipação e participação dos seniores, no entanto esta é uma tendência que tem vindo a ser invertida e para a qual contribuem os profissionais do Serviço Social, os quais têm vindo a estimular o desenho de inovadoras e criativas formas de “fazer” ação gerontológica, potenciando assim o “resgate” da cidadania junto destes públicos mais velhos. Em termos de objetivos gerais, este estudo pretendeu: a) compreender o posicionamento e a influência do Serviço Social no que concerne à ativação e inclusão dos seniores a residir em ERPI visando a sua participação/envolvimento nas dinâmicas e estratégias intrainstitucionais (plano macro), e, b) discutir o posicionamento e a influência do Serviço Social no domínio da participação dos seniores em ERPI e no seu projecto de vida (plano micro). Quanto à configuração metodológica, o estudo de natureza exploratória e sem pretensões de representatividade, privilegiou a metodologia qualitativa tendo sido realizadas 17 entrevistas, as quais foram sujeitas à análise de conteúdo. Os resultados indicam que o cariz heterogéneo e dinâmico do processo de envelhecimento obriga à reconfiguração da forma como se desenham políticas, projetos e iniciativas nas instituições do cuidado (e.g., ERPI) e que a intervenção dos Assistentes Sociais tende a evidenciar um compromisso crescente para reorganizar procedimentos e “mobilizações”, assim, como, para criar pontes, facilitadoras da participação dos idosos nos espaços institucionais. De forma conclusiva realça-se que atualmente a situação das ERPI é muito diferente da de outrora, estando as instituições/serviços (e.g., ERPI) associados ao cuidado mais atentas à dimensão da participação e às oportunidades por aqui suscitadas, para efeitos do incremento da qualidade de vida dos idosos, influenciando esta perceção e dinâmica, a intervenção do Serviço Social, assumida como crucial, em ERPI. Tal decorre de uma conceção e de uma prática profissional que tende a ser, e como a investigação permitiu evidenciar, pautada por uma visão holística e que realça a integralidade e a dignidade, na abordagem do idoso.
The demographic aging of population is an unquestionable phenomenon in contemporary societies. Portugal is one of the most aged countries in the world, and, as such, new concepts of old age(s) and systems (e.g., families, organizations, communities) have to come up with groundbreaking ways of delivering care to the elderly. Nursing Homes for the Elderly (NHFE) are provided with several professionals integrated in multidisciplinary teams. Therefore, they assume a prominent role in taking care of the elderly. Generally speaking, the experience in NHFE is contrary to the notion of self-determination, emancipation and participation of the elderly. However, this trend has been reversed, with Social Work professionals giving their input on this sphere. Innovative and creative ways of "performing" gerontological action, thus enhancing the "rescue" of citizenship among these older audiences, have been stimulated by these professionals. In terms of general objectives, this study aimed to: a) understand the position and influence of Social Work with regard to both the triggering and inclusion of the elderly residing in NHFE, aiming at their participation / involvement in the dynamics and intra-institutional strategies (macro plan), and, b) discuss the position and influence of Social Work within the elderly' participation in NHFE and in their life project (micro plan). As to the methodological scope, the study of an exploratory nature, without claiming to be representative, has favored a qualitative methodology with 17 interviews that were subjected to content analysis. The results indicate that the heterogeneous and dynamic nature of the aging process requires a reconfiguration of the way policies, projects and initiatives are designed in care institutions (e.g., NHFE) and that Social Workers’ intervention tends to show a growing commitment to reorganize procedures and “mobilizations”, as well as, to create bridges, facilitating the participation of the elderly in institutions. In conclusion, one can emphasize that currently the situation of NHFE is very different from that of the past. Care institutions / services (e.g., NHFE) are more attentive not only to the dimension of participation but also to the opportunities taking place in such institutions/services, aiming to increase the quality of life of the elderly. This perception and inherent dynamics are influenced by the intervention of Social Work, which is assumed as being crucial within NHFE. This results from a professional conception and practice that tend to be, as the research has shown, channeled by a holistic view, giving emphasis, in the elderly approach, to integrality and dignity issues.
Description: Dissertação de Mestrado em Serviço Social apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94871
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO SERVIÇO SOCIAL - Ricardo Crispim.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

11
checked on Jun 10, 2021

Download(s)

8
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons