Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94854
Title: The Compass of Shame Scale: Estudo da dimensionalidade da medida em adultos portugueses
Other Titles: The Compass of Shame Scale: Dimensionality study of the measurement in Portuguese adults
Authors: Vale, Ricardo Duarte Morgado do
Orientador: Rijo, Daniel Maria Bugalho
Keywords: Vergonha; Estratégias de coping com a vergonha; Estudos psicométricos; Análise fatorial confirmatória; População adulta Portuguesa; Shame; Coping strategies with shame; Psychometric studies; Confirmatory factor analysis; Adult Portuguese population
Issue Date: 25-Jul-2019
Serial title, monograph or event: The Compass of Shame Scale: Estudo da dimensionalidade da medida em adultos portugueses
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: A vergonha é uma emoção de afeto negativo que está na base da socialização e da formação de identidade dos indivíduos, e cuja presença tem sido associada a múltiplas dificuldades interpessoais e perturbações psicológicas. Com base no modelo Compass of Shame de Nathanson, Elison e os seus colaboradores desenvolveram a Compass of Shame Scale (CoSS-5), uma medida que avalia quatro estratégias de coping com a vergonha maladaptativas e uma estratégia adaptativa. O objetivo principal deste estudo é validar a CoSS-5 para a população adulta portuguesa e estudar as suas qualidades psicométricas para esta população. Como objetivo secundário, pretende-se ainda estudar as diferenças de género na utilização preferencial das estratégias para lidar com a vergonha. A validação desta escala contou com uma amostra de 320 adultos da população portuguesa da comunidade, com idades compreendidas entre os 18 e os 76 anos. Testou-se a estrutura original da escala de cinco fatores principais (Elison, 2015) através da Análise Fatorial Confirmatória (Avoidance, Withdrawal, Attack Self, Attack Other, coping Adaptativo). Os resultados demonstram que esta estrutura de cinco fatores da CoSS-5 se ajusta ao modelo de medida nesta população. As análises da validade de construto sugerem que as estratégias maladaptativas com a vergonha estão positivamente associadas a indicadores de psicopatologia, e que a estratégia adaptativa está associada a processos de auto-tranquilização e reavaliação cognitiva. Assim sendo, a CoSS-5 parece ser uma medida válida e fiável de autorresposta para a população adulta portuguesa, permitindo a sua utilização na investigação e na prática clínica, ajudando na avaliação psicológica das estratégias para lidar com experiências de vergonha e contribuindo para uma intervenção mais eficaz.
Shame is an emotion of negative affect that underlies the socialization and identity formation of individuals, and whose presence has been associated with multiple interpersonal difficulties and psychological disturbances. Based on Nathanson's Compass of Shame model, Elison and his colleagues developed the Compass of Shame Scale (CoSS-5), a measure that evaluates four coping strategies with maladaptive shame and an adaptive strategy. The main objective of this study is to validate the CoSS-5 for the Portuguese adult population and to study its psychometric qualities for this population. As secondary objective, it is also intended to study gender differences in the preferential use of strategies to deal with shame. The validation of this scale counted on a sample of 320 Portuguese adults from the community population, with ages between 18 and 76 years. The original structure of five main factors (Elison, 2015) was tested through Confirmatory Factor Analysis (Avoidance, Withdrawal, Attack Self, Attack Other and Adaptive coping). The results show that this five structure of CoSS-5 fits the measurement model in this population. Construct validity analysis suggest that maladaptive strategies to cope with shame are positively associated with psychopathology indicators, and that the adaptive coping strategy is associated with processes of self-reassurance and cognitive reassessment. Thus, CoSS-5 seems to be a valid and reliable self-response measure for the Portuguese adult population, allowing for its use in research and clinical practice, helping in the psychological evaluation of such strategies to deal with shaming experiences and contributing to a more effective intervention.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94854
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado CoSS-5_Final.pdf608.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons