Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94837
Title: EMPOWERING AND TOXIC LEADERSHIPS AND WORK MOTIVATION: A FUZZY SET QUALITATIVE COMPARATIVE ANALYSIS
Other Titles: Liderança empoderadora e liderança toxíca e motivação no trabalho: um a análise com fuzzy set qualitative comparative analysis
Authors: Sancini, Anna
Orientador: Dionísio, Andreia
Santos, Nuno Manuel Gameiro Rebelo dos
Estreder, Yolanda
Keywords: liderança de empoderamento; liderança toxíca; motivação do trabalho; empowering leadership; toxic leadership; work motivation; self-determination theory; fuzzy sets Qualitative Comparative Analysis
Issue Date: 8-Jul-2019
Serial title, monograph or event: EMPOWERING AND TOXIC LEADERSHIPS AND WORK MOTIVATION: A FUZZY SET QUALITATIVE COMPARATIVE ANALYSIS
Place of publication or event: Universidade de Coimbra
Abstract: O objetivo deste estudo é identificar e descrever as configurações de dimensões de liderança tóxicas e capacitadoras que são necessárias e / ou suficientes para os diferentes tipos de motivação no trabalho, de acordo com a teoria da autodeterminação. A presente pesquisa pretende aprofundar a compreensão da relação entre liderança e motivação para o trabalho além dos padrões gerais encontrados em estudos anteriores. Com a análise comparativa qualitativa fuzzy, as dimensões de liderança tóxica e empoderadora são combinadas para mostrar seu papel como condições necessárias e / ou suficientes para cada dimensão de motivação de trabalho aqui considerada como o resultado. Foram aplicadas três escalas (escala de liderança tóxica, questionário de liderança empoderadora, escala de motivação multidimensional do trabalho) para 408 trabalhadores portugueses. Os resultados mostraram que a alta amotivação ocorre na ausência de autopromoção, ausência de supervisão abusiva e ausência de liderança autoritária como condições necessárias. A regulação social extrínseca ocorre na ausência de autopromoção e ausência de supervisão abusiva. O alto nível de regulação material extrínseca e a regulação introjetada ocorrem na ausência de autopromoção, ausência de supervisão abusiva e ausência de liderança autoritária, de forma independente. Para a regulação identificada, ausência de autopromoção e ausência de supervisão abusiva são condições necessárias. Para regulação intrínseca, ausência de autopromoção, ausência de supervisão abusiva e ausência de liderança autoritária, ocorrem como condições necessárias, de forma independente. Apenas quatro resultados apresentam condições suficientes: regulação material extrínseca, regulação introjetada, regulação identificada e regulação intrínseca. As condições são interpretadas como processos psicológicos que estão ativos em subamostras dos 408 trabalhadores.
The aim of this study is to identify and describe configurations of toxic and empowering leadership dimensions that are necessary and/or sufficient to different types of work motivation, according to the self-determination theory. The present research intends to deepen the understanding of the relationship between leadership and work motivation beyond the general patterns found in previous studies. With fuzzy set qualitative comparative analysis, the toxic and empowering leadership dimensions are combined in order to show their role as necessary and or sufficient conditions for each work motivation dimension here considered the outcome. Three scales were applied (toxic leadership scale, empowering leadership questionnaire, multidimensional work motivation scale) to 408 Portuguese workers. The results showed that high amotivation occurs in absence of self-promotion, absence of abusive supervision and absence of authoritarian leadership as necessary conditions. Extrinsic social regulation occurs in absence of self-promotion and absence of abusive supervision. High level of extrinsic material regulation and introjected regulation occurs in absence of self-promotion, absence of abusive supervision and absence of authoritarian leadership, in an independent way. For identified regulation absence of self-promotion and absence of abusive supervision are necessary conditions. For intrinsic regulation, absence of self-promotion, absence of abusive supervision and absence of authoritarian leadership, occur as necessary conditions, in an independent way. Only four outcomes present sufficient conditions: extrinsic material regulation, introjected regulation, identified regulation and intrinsic regulation. The conditions are interpreted as psychological processes which are active in subsamples of the 408 workers.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia do Trabalho, das Organizações e dos Recursos Humanos apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94837
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação julho-AnnaSancini-WOP.pdf824.43 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

16
checked on Oct 22, 2021

Download(s)

15
checked on Oct 22, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons