Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94835
Title: Participação num programa de apoio à parentalidade: Características dos pais-homens
Other Titles: Participation on a parenting support program: father´s characteristics
Authors: Santos, Tiago Lopes
Orientador: Santos, Maria João Rama Seabra
Keywords: pais-homens; programas de apoio parental; Anos Incríveis Básico para pais; sentido de competência parental; aptidões sociais; fathers; parenting support; Incredible Years Basic program for parents; parental sense of competence; social skills
Issue Date: 26-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Participação num programa de apoio à parentalidade: Características dos pais-homens
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: Enquadramento. O papel do pai na educação das crianças tem aumentando, paralelamente à emancipação da mulher e à sua entrada no mercado de trabalho, traduzindo-se numa distribuição de papéis parentais de forma menos tradicional e mais igualitária. Quando o pai é um elemento envolvido e ativo na vida dos seus filhos, estes retiram inúmeros benefícios nas várias etapas do seu desenvolvimento, nas esferas cognitiva/escolar, emocional e social. Objetivos. Caracterizar do ponto de vista sociodemográfico os pais-homens que participaram no programa Anos Incríveis Básico para pais (AI-P) e compará-los com as mães que participaram; explorar o sentido de competência parental e a caracterização do comportamento nos seus filhos (aptidões sociais e problemas de comportamento), antes de iniciar o programa; avaliar a assiduidade e níveis de dropout; analisar a satisfação com o programa, após o seu final. Método: A amostra foi composta por 314 pais e mães de crianças com idades entre os 3 e os 6 anos, tendo sido constituída pela junção de amostras de estudos prévios. O foco principal desta dissertação são os pais-homens (n = 73), sendo as mães tomadas sobretudo como termos de comparação. Resultados: O número de pais-homens aderentes ao programa foi muito menor que o número de mães, e quase todos eles foram acompanhados pelas mães. Pais e mães das mesmas crianças pontuaram de forma equivalente e baixa relativamente ao seu sentido de competência parental e à avaliação de aptidões sociais das crianças, mas diferiram quanto à identificação de problemas de comportamento externalizados nos seus filhos, com os pais-homens a pontuarem significativamente menos que as mães. Reportou-se ainda que pais e mães que participaram juntos assinalaram mais problemas de comportamento do que mães que participaram sozinhas no programa. Os pais-homens revelaram-se mais satisfeitos com o programa quanto às estratégias treinadas, do que as mães das respetivas crianças. Discussão e conclusões: Os resultados apurados são discutidos com base no enquadramento teórico. Este estudo, cujas limitações também são apontadas, representa um contributo para a caracterização dos pais-homens que aderiram a um programa de apoio à parentalidade. São identificados alguns caminhos para investigações futuras
Background. The role of the father on children’s education has grown, in parallel with the emancipation of women and their entry into the job market, which translates into a less traditional and more egalitarian distribution of parental roles. When the fathers are active and involved elements in their children’s lives, children reap countless benefits in various stages of their development, in the cognitive/academic, emotional and social areas. Objectives. To characterize fathers who participated in the Basic Incredible Years Program for Parents (IY-P) in terms of sociodemographic characteristics and compare them to the mothers that participated as well; explore fathers’ sense of parental competence and the way they characterize their children’s behavior (social skills and behavior problems) before the beginning of the program; evaluate attendance and dropout levels; analyze the feeling of satisfaction towards the program, after its end. Method. The sample consisted of 314 fathers and mothers of children between 3 and 6 years old and was composed by the combination of samples from previous studies. The main focus of this dissertation is the fathers (n = 73), being the mothers taken as terms of comparison. Results. The number of fathers adhering to the program was much lower than the number of mothers, and almost all of them were accompanied by the mothers. Fathers and mothers of the same children scored equally and poorly relatively to their sense of parental competence and their children’s social skills, although they differed when it came to the assessment of their children’s externalizing behavior problems, with the fathers scoring significantly lower than mothers. It was also reported that parents who participated together in the program indicated more behavioral problems than the mothers who participated alone. The fathers revealed to be more satisfied with the program in terms of the trained strategies than the mothers of the same children. Discussion and conclusions. The obtained results are discussed based on the theoretical background. The present study, whose limitations are also pointed out, contributed to the characterization of the fathers who joined a parenting support program. Some paths for future investigations are identified.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94835
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tiago Lopes Santos.pdf827.89 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons