Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94809
Title: Autoperceção de competências académicas e profissionais por estudantes de Psicologia
Other Titles: Self-perception of academic and professional competences by students of Psychology
Authors: Azevedo, Jessica Alexandra Medina
Orientador: Almeida, Ana Cristina Ferreira
Keywords: Competências; Autoperceção; Psicólogos; Educação; Formação em Psicologia; Competencies; Self-Perception; Psychologists; Education; Training in Psychology
Issue Date: 18-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Autoperceção de competências académicas e profissionais por estudantes de Psicologia
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Assumindo que o nível de competência é influenciado, em certa medida, pelas expectativas e pelo modo como os (futuros) profissionais se veem no desempenho do seu papel, esta investigação focou-se na análise das perceções que os estudantes do curso de Psicologia têm das suas próprias competências pessoais, académicas e profissionais. O estudo foi realizado junto de uma amostra de 113 estudantes, a frequentar o 3º ou o 5º ano do curso de Mestrado Integrado em Psicologia da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, por método de inquérito, usando para o efeito a adaptação autorizada da Escala para la Evaluación de la Formación Psicológica recebida por los profisionales desenvolvida por Jésus de Fuente Arias (2004).As análises efetuadas seguiram as dimensões consideradas na Escala, relativas a perceções acerca dos seus conhecimentos (saber), procedimentos (saber como) e atitudes (querer saber, querer saber como). Da análise das respostas verifica-se que os estudantes finalistas (5º ano) tendem a autopercecionar-se como melhor preparados e mais competentes, pessoal e profissionalmente como Psicólogos, do que os seus pares ainda a frequentar a primeira fase do Curso (do 3º ano), ainda que esta diferença se revele nas componentes do “Saber” e “Saber Como”, portanto, ao nível dos conhecimentos. Esta vantagem não se verifica ao nível das atitudes. Este dado, conjuntamente com análises complementares, acusa o prejuízo de uma formação predominantemente teórica e de uma aprendizagem experiencial somente no último ano, de estágio. Uma formação prática, ativa, de aplicação de conhecimentos e reflexão sobre essa prática desde cedo na formação académica é sentida como necessária e relevante para a preparação de profissionais mais competentes e envolvidos na profissão e na qualificação da sua profissionalização.
Assuming that the level of competence is influenced, to a certain extent, by the expectations and the way (future) professionals see themselves in the performance of their role, this research focused on the analysis of the perceptions that the students of the Psychology course have of the their own personal, academic and professional skills. The study was carried out with a sample of 113 students, attending the 3rd or 5th year of the course of Integrated Master in Psychology of the Faculty of Psychology and Educational Sciences of the University of Coimbra, by survey method, using for this purpose the authorized adaptation of the Escala para la Evaluación de la Formación Psicológica recebida por los profisionales developed by Jésus de Fuente Arias (2004).The analyzes carried out followed the dimensions considered in the scale, concerning perceptions about their knowledge (knowledge), procedures (knowing how) and attitudes (wanting to know, wanting to know how). From the analysis of the answers it is verified that the finalist students (5th year) tend to self-perceive themselves as better prepared and more competent, personally and professionally as Psychologists, than their peers still attending the first phase of the course (3rd year). Although this difference is revealed in the components of the "Know" and "Know How", therefore, in the level of knowledge. This advantage does not occur at the level of attitudes. This data, together with complementary analyzes, shows the negative effect of a predominantly theoretical formation and an experiential learning only in the last year of the internship. A practical, active training, and with application of knowledge and reflection from an early stage of the academic formation is felt to be necessary and relevant for the preparation of more competent professionals involved in the profession and in the qualification of its professionalization.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94809
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese__Jessica Azevedo.pdf1.04 MBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

8
checked on Jul 22, 2021

Download(s)

1
checked on Jul 22, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons