Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94791
Title: Estudo de Validação da Escala de Devolução em Terapia familiar (EDEV)
Other Titles: Research of Validation of the Returning in Family Therapy (EDEV)
Authors: Tato, Maria Beatriz Vasconcelos Fernandes
Orientador: Relvas, Ana Paula Pais Rodrigues Fonseca
Keywords: Devolução; terapia familiar sistémica; processo terapêutico; escala observacional; estudos psicométriscos; Devolution; systemic family therapy; therapeutic process; observational scale; psychometric studies
Issue Date: 22-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Estudo de Validação da Escala de Devolução em Terapia familiar (EDEV)
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências de Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: A devolução em terapia familiar é uma ferramenta terapêutica importante, dados os benefícios que traz à família, nomeadamente o pressuposto de se verificar uma mudança (Pereira, 2009; Relvas, 2000). De modo a contribuir para a compreensão da devolução em terapia familiar, a presente investigação tem como principal objetivo a criação da Escala de Devolução em Terapia Familiar (EDEV), a qual permita avaliar e medir a devolução em terapia familiar. Esta escala foi complementada por uma grelha de técnicas terapêuticas mais utilizadas nessa parte da sessão. Para se efetuarem os estudos psicométricos (Pestana & Gageiro, 2003) da escala foram selecionados 26 casos de terapia familiar, dos quais 11 dizem respeito a famílias involuntárias e 15 a famílias voluntárias (Relvas & Sotero, 2014). A análise fatorial mostrou que se trata de uma escala unidirecional. Os resultados obtidos mostraram ainda que a escala evidenciou uma boa consistência interna (.84) (Pestana & Gageiro, 2003). As correlações efetuadas mostraram que a EDEV não se associa com a Goal Attainment Scaling (GAS), nem com a Escala de Co-construção de Objetivos (ECCO). Foi ainda possível verificar que não existem diferenças na forma como é efetuada a devolução com famílias voluntárias e involuntárias, nem entre casos de dropout e casos terminados. Com o presente estudo verificou-se que a EDEV é uma escala que pode ser aplicada para fins clínicos e de investigação. Este estudo tem como principais limitações (1) o facto desta escala ter sido validada a partir da análise das primeiras sessões de processos concluídos de terapia familiar e (2) a amostra revelar desequilíbrios nas características dos terapeutas.
The return in family therapy is an important therapeutic tool, given the benefits it brings to the family, namely the presumption of a change (Pereira, 2009; Relvas, 2000). In order to contribute to the understanding of the return in family therapy, the main objective of the present investigation is the creation of the Family Therapy Return Scale (EDEV), which allows to evaluate and measure the return in family therapy. This scale was complemented by a grid of therapeutic techniques most used in this part of the session. In order to carry out the psychometric studies (Pestana & Gageiro, 2003) of the scale, 26 cases of family therapy were selected, of which 11 are related to involuntary families and 15 to voluntary families (Relvas & Sotero, 2014). The factorial analysis showed that it is a unidirectional scale. The results also showed that the scale showed good internal consistency (.84). Correlations showed that EDEV is not associated with Goal Attainment Scaling (GAS) nor with the Objective Co-construction Scale (ECCO). It was also possible to verify that there are no differences in the way the return is done with voluntary and involuntary families, nor between dropout cases and finished cases. With the present study it was verified that EDEV is a scale that can be applied for clinical and research purposes. This study shows as main limitations: (1) this scale’s validation being supported in two first family therapy session’s of the selected cases; and (2) the unbalanced sample of therapist’s characteristics.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94791
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE__Maria Beatriz Tato.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons