Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94652
Title: O bem-estar no Trabalho: Portugal e outros países da Europa
Other Titles: Well-being at Work: Portugal and other European countries
Authors: Travessa, Ângela Marina de Passos
Orientador: Pereira, Maria da Conceição Costa
Keywords: Bem-estar; Bem-estar no trabalho; Economia da Felicidade; Satisfação com o trabalho; European Social Survey; Wellbeing; Wellbeing at work; Economics of Happiness; Job satisfaction; European Social Survey
Issue Date: 24-Feb-2020
Serial title, monograph or event: O bem-estar no Trabalho: Portugal e outros países da Europa
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente trabalho de projeto pretendeu estudar os determinantes da satisfação com o emprego dos trabalhadores portugueses e comparativamente, dos trabalhadores de outros países da Europa. Pretendeu também alertar pesquisadores da área, e incentivar entidades patronais a alterarem as suas políticas, dando importância a variáveis (como as variáveis estudadas) que permitam uma maior satisfação com o trabalho. Para apresentação de resultados e para a concretização do estudo, foi utilizada regressão linear, utilizando dados disponíveis pelo European Social Survey (ESS) Ronda 5 de 2010, permitindo uma amostra de trabalhadores remunerados de 23803 indivíduos.Demonstra-se da análise efetuada que em Portugal e em outros países da Europa, existem resultados diferenciados quanto à satisfação com o trabalho. As variáveis utilizadas estão associadas a aspetos como, supervisão, autonomia, horários, sindicalização, horas extra, muito trabalho, variedade no trabalho, novos conhecimentos, apoio de colegas, segurança, saúde, salário, tempo no trabalho, promoção, e equilíbrio entre trabalho e a vida privada.As variáveis que produziram mais efeito sobre a satisfação com o trabalho foram satisfação com o equilíbrio entre o tempo dedicado ao trabalho e a outros aspetos da vida, satisfação com o salário e variedade no trabalho.Portugal dá pouca importância à maior parte das variáveis estudadas, considerando apenas relevante a variável satisfação com o equilíbrio entre o tempo dedicado ao trabalho e a outros aspetos da vida.Serão estudados os países, Bélgica (BE), Bulgária (BU), Croácia (HR), Chipre (CY), República Checa (CZ), Dinamarca (DK), Estónia (EE), França (FR), Alemanha (DE), Grécia (GR), Hungria (HU), Irlanda (IE), Lituânia (LT), Holanda (NL), Polónia (PL), Portugal (PT), Eslováquia (SK), Eslovénia (SI), Espanha (ES), Suécia (SE), Reino Unido (UK) (países da União Europeia), Israel (IL), Noruega (NO), Suíça (CH), Rússia (RU), Ucrânia (UA) (países não pertencentes à União Europeia).
This project work aimed to study the determinants of job satisfaction of Portuguese workers and, comparatively, workers from other European countries. It also intended to alert researchers in the area, and encourages employers to change their policies, giving importance to variables (such as the variables studied) that allow greater satisfaction with work.To present results and to carry out the study, linear regression was used, using data available from the European Social Survey (ESS) Round 5 of 2010, allowing a sample of paid workers of 23803 individuals.The analysis shows that in Portugal and in other European countries, there are different results regarding job satisfaction. The variables are associated with aspects such as supervision, autonomy, unionization, hours overtime, much work, variety at work, new knowledge, peer support, safety, health, salary, time at work, promotion, and balance between work and private life. The variables that had the most effect on job satisfaction were satisfaction with the balance between time dedicated to work and other aspects of life, satisfaction with salary and variety at work.Portugal gives little importance to most of the variables studied, considering only relevant the variable satisfaction with the balance between the time dedicated to work and other aspects of life.Countries will be studied, Belgium (BE), Bulgaria (BU), Croatia (HR), Cyprus (CY), Czech Republic (CZ), Denmark (DK), Estonia (EE), France (FR), Germany (DE) , Greece (GR), Hungary (HU), Ireland (IE), Lithuania (LT), Netherlands (NL), Poland (PL), Portugal (PT), Slovakia (SK), Slovenia (SI), Spain (ES) , Sweden (SE), United Kingdom (UK) (European Union countries), Israel (IL), Norway (NO), Switzerland (CH), Russia (UK), Ukraine (UA) (non-European Union countries) .
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado em Economia apresentado à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/94652
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Mestrado Ângela Travessa.pdf1.87 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

76
checked on Aug 10, 2022

Download(s)

87
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons