Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94651
Title: Os efeitos do personal branding e da personalidade na marca pessoal e a sua influência na satisfação com a vida, na satisfação profissional, na reputação e na empregabilidade percebida.
Other Titles: The effects of personal branding and personality on the personal brand and the influence on life satisfaction, job satisfaction, reputation and perceived employability.
Authors: Freire, Ana Lillian Cordeiro
Orientador: Coelho, Arnaldo Fernandes Matos
Keywords: marca pessoal; personal branding; satisfação com a vida; satisfação profissional; reputação; personal brand; personal branding; life satisfaction; job satisfaction; reputation
Issue Date: 10-Dec-2020
Serial title, monograph or event: Os efeitos do personal branding e da personalidade na marca pessoal e a sua influência na satisfação com a vida, na satisfação profissional, na reputação e na empregabilidade percebida.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Propósito: O propósito desta investigação é analisar a influência da gestão da marca pessoal (personal branding) e da personalidade em uma personal brand, e os consequentes de uma marca pessoal bem gerida, bem como verificar a influência do moderador otimismo nas relações das variáveis propostas no modelo. Abordagem: O modelo conceitual apresenta 6 hipóteses relativas à personal brand e o teste é baseado em uma amostra com 330 pessoas. Os dados foram coletados a partir de um questionário online, que foi analisado estatisticamente através do modelo de equações estruturais.Resultados: Todas as variáveis apresentaram um impacto positivo na personal brand no resultado total da amostra. Encontrou-se divergência entre os dois grupos participantes da amostra, apenas para a variável personal branding. Além disso, também foram encontradas evidências estatísticas positivas nas relações entre a marca pessoal e a satisfação com a vida, na satisfação profissional, na reputação e na percepção de empregabilidade. Deste modo, conclui-se que pode se considerar um fator de diferenciação no mercado de trabalho os resultados que podem ser alcançados, resultantes de uma personal brand gerida de maneira adequada. Limitações e futuras linhas de investigação: O estudo baseou-se em uma amostra de conveniência, com 330 pessoas, portanto torna-se necessário aprofundar as investigações a respeito do tema, contemplando uma amostra maior de mais participantes de outros países em pesquisas futuras. Podem ser utilizadas outras métricas para medir as variáveis em questão e novos construtos também podem ser testados.Contribuições práticas: Este estudo apresenta as seguintes inovações: 1) mostra como a gestão da marca pessoal pode contribuir para a efetividade e o sucesso dessa marca; 2) mostra que há uma relação entre personalidade individual e o potencial de desenvolvimento de uma marca pessoal; 3) a influência do moderador otimismo nas relações do modelo; 4) mostra os efeitos de uma marca pessoal não só nos aspectos profissionais mas também na satisfação com a vida. Assim, o personal branding e a personalidade do indivíduo apresentam grande influência na construção de uma personal brand forte e efetiva e os efeitos diretos de uma boa estratégia são: a satisfação com a vida, a satisfação profissional, a reputação e a empregabilidade percebida.Originalidade: No que pôde ser constatado, esta pesquisa identificou que existe uma diferença entre os conceitos personal branding e personal brand, que muitas vezes é tratado e abordado de maneira única nos estudos sobre o tema, destaca-se sua possível relevância dentro da área de marketing, uma vez que é o primeiro estudo empírico que atesta as relações entre a variável personal branding e a variável personalidade com a personal brand e também é o primeiro estudo que considera a variável otimismo como uma moderadora do modelo.
Purpose: The purpose of this investigation is to analyze the influence of personal branding and personality in a personal brand, and the consequences of a well-managed personal brand, as well as to verify the influence of the moderator optimism in the relationships of the variables proposed in the model.Approach: The conceptual model presents 6 hypotheses related to the personal brand and the test is based on a sample of 330 people. Data were collected from an online questionnaire, which was statistically analyzed using the structural equation model.Results: All variables had a positive impact on the personal brand on the total result of the sample. A divergence was found between the two groups participating in the sample, only for the variable personal branding. In addition, positive statistical evidence was also found in the relationship between the personal brand and life satisfaction, job satisfaction, reputation and perception of employability. Thus, it is concluded that the results that can be achieved, resulting from a properly managed personal brand, can be considered a differentiating factor in the labor market.Limitations and future lines of research: The study was based on a convenience sample, with 330 people, so it is necessary to further investigate the topic, covering a larger sample of more participants from other countries in future research. Other metrics can be used to measure the variables in question and new constructs can also be tested.Practical contributions: This study presents the following innovations: 1) shows how personal brand management can contribute to the effectiveness and success of that brand; 2) shows that there is a relationship between individual personality and the potential to develop a personal brand; 3) the influence of the moderator optimism in the model's relationships; 4) shows the effects of a personal brand not only on professional aspects but also on life satisfaction.Thus, the individual's personal branding and personality have a great influence on the construction of a strong and effective personal brand and the direct effects of a good strategy are: life satisfaction, job satisfaction, reputation and perceived employability.Originality: In what could be seen, this research identified that there is a difference between the concepts of personal branding and personal brand, which is often treated and addressed in a unique way in studies on the subject, highlighting its possible relevance within the marketing area, since it is the first empirical study that attests the relationship between the variable personal branding and the variable personality with the personal brand and it is also the first study that considers the variable optimism as a moderator of the model.
Description: Dissertação de Mestrado em Gestão apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/94651
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
1. Ana-Lillian-Cordeiro-Freire_Projeto_final corrigido.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

101
checked on Aug 10, 2022

Download(s)

81
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons