Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94583
Title: O papel de variáveis sociodemográficas e da comunicação entre mães e filhos nas perceções da coparentalidade em famílias com filhos adolescentes
Other Titles: The role of socio-demographic variables and of communication between mothers and children in the perception of coparenting in families with teenage children
Authors: Pereira, Andreia Domingues
Orientador: Carvalho, Maria Madalena Santos Torres Veiga
Keywords: parentalidade; coparentalidade; comunicação parento-filial; relação parento-filial; filhos adolescentes; parenting; coparenting; parent-child communication; parent-child relationship; teenage children
Issue Date: 28-Jul-2020
Serial title, monograph or event: O papel de variáveis sociodemográficas e da comunicação entre mães e filhos nas perceções da coparentalidade em famílias com filhos adolescentes
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: A coparentalidade e a comunicação parento-filial têm-se revelado fundamentais no que concerne ao desenvolvimento familiar, desenvolvimento dos filhos, bem como ao nível do exercício da parentalidade. Na presente investigação o principal objetivo é conhecer as potencialidades e dificuldades das atuais relações de coparentalidade na família contemporânea, analisando a influência de variáveis sociodemográficas e familiares e da comunicação parento-filial e o seu eventual efeito preditor da coparentalidade. O estudo empírico contou com a participação de 105 mães portuguesas com filhos adolescentes. Para a realização do presente estudo foram utilizados três instrumentos que constituíram o protocolo inicial: um questionário sociodemográfico, de dados familiares e complementares, o Questionário de Coparentalidade e a Escala de Avaliação da Comunicação na Parentalidade – versão para pais. Neste sentido, de modo a sistematizar a nossa questão de investigação, foi construído um mapa conceptual onde estão indicadas as hipotéticas relações entre as variáveis em estudo: variáveis sociodemográficas e familiares, comunicação entre mães e filhos e coparentalidade. Com base nos modelos de regressão múltipla, os resultados permitiram identificar o género do filho, o nível socioeconómico, a estrutura familiar e algumas dimensões da comunicação parento-filial como bons preditores da coparentalidade. Com este estudo, pretende-se promover as investigações sobre a coparentalidade e motivar as intervenções neste âmbito, considerando a influência de algumas características sociodemográficas e familiares, bem como da comunicação, no desenvolvimento de práticas parentais adequadas e, consequentemente, contribuir para uma melhoria no funcionamento familiar.
Coparenting and communication between parents and their children have been proved essential to familiar development, to children development and also to parenting itself. The main purpose of this investigation is to recognize the potential and the difficulties of current co-parenting relationships in contemporary families, evaluating the influence of socio-demographic and familiar aspects and of parent-child communication its effect in co-parenting. 105 Portuguese mothers of teenagers took part in this empirical study. Three instruments where used in the original protocol: a socio-demographic questionnaire of familiar and complementary data, the Coparenting Questionnaire and the Perception Scale of Parenting Communication. A concept map was elaborated in order to systematize our investigation, indicating hypothetical relationships between the variables being studied: socio-demographic and familiar variables, communication between parents and their children and co-parenting. Using multiple regression models, results identified the child’s gender, socio-economical level, familiar structure and some dimensions of parent-child communication as good predictors of coparenting. With this study we aim to promote investigations on co-parenting and stimulate interventions, taking in consideration the influence of some socio-demographic and familiar characteristics, as well as of communication, in the development of adequate parenting practices and consequently contribute to a better family functioning.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94583
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Final - Andreia Pereira.pdf775.06 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

63
checked on Aug 10, 2022

Download(s)

56
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons