Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94530
Title: Comunicação médico-doente: Contributos para a validação da Escala de Competências Comunicacionais dos Profissionais de Saúde e fatores associados às competências de comunicação dos oncologistas Portugueses
Other Titles: Doctor-patient communication: Contributions to the validation of the Health Professionals Communication Skills Scale and factors associated with Portuguese oncologists' communication skills
Authors: Coelho, Maria Alice Barbosa
Orientador: Silva, Cláudia Sofia Melo e
Pereira, Marco Daniel de Almeida
Keywords: Comunicação médico-doente; Competências de comunicação; Escala de Competências Comunicacionais dos Profissionais de Saúde; Propriedades psicométricas; Oncologistas; Doctor-patient communication; Communication skills; Health Professionals Communication Skills Scale; Psychometric properties; Oncologists
Issue Date: 21-Jul-2020
Serial title, monograph or event: Comunicação médico-doente: Contributos para a validação da Escala de Competências Comunicacionais dos Profissionais de Saúde e fatores associados às competências de comunicação dos oncologistas Portugueses
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação
Abstract: O presente trabalho teve como objetivos o desenvolvimento e validação da versão Portuguesa Europeia da Escala de Competências Comunicacionais dos Profissionais de Saúde (HP-CSS), bem como a avaliação das competências de comunicação dos oncologistas Portugueses e a compreensão dos fatores que lhes estão associados. Foram realizados dois estudos transversais, através de um protocolo autoadministrado online: o primeiro estudo contou com uma amostra constituída por 166 médicos Portugueses e o segundo estudo com uma amostra composta por 102 oncologistas Portugueses. O estudo de validação da HP-CSS evidenciou valores aceitáveis relativamente às propriedades psicométricas de fiabilidade e validade. O segundo estudo reportou boas competências de comunicação nos oncologistas Portugueses, ainda que estes profissionais tenham revelado necessidades de formação na área da comunicação. Dois fatores relacionados com os doentes (Menor de idade e Tipo de doença) e um fator relacionado com os oncologistas (Realização pessoal – burnout) revelaram-se os mais explicativos das competências de comunicação destes profissionais de saúde. Os estudos preliminares de validação da HP-CSS reforçam a mais-valia da sua disponibilização em Portugal, quer no contexto clínico quer de investigação. O segundo estudo evidencia a importância de desenvolver programas de treino de competências de comunicação dos oncologistas, que incluam componentes focadas na compreensão da interferência da perceção que estes profissionais têm dos seus doentes na sua comunicação com os mesmos e formas de o modificar, assim como no desenvolvimento de estratégias para minimizar os seus níveis de burnout.
This work aimed to develop and to validate the European Portuguese version of the Health Professionals Communication Skills Scale (HP-CSS), as well as to assess the communication skills of Portuguese oncologists and its associated factors. Two cross-sectional studies were carried out using a self-administered online protocol: the first study comprised a sample of 166 Portuguese doctors, and the second study comprised a sample of 102 Portuguese oncologists. The HP-CSS validation study showed acceptable values regarding the psychometric properties of reliability and validity. The second study reported the Portuguese oncologists’ good communication skills, even though these professionals stated needing training in the communication field. Two factors related to patients (Minor age and Type of disease) and one factor related to oncologists (Personal achievement - burnout) were the factors most consistently associated with communication skills of these health professionals. The preliminary validation studies of the HP-CSS reinforce the added value of its availability in Portugal, both in clinical and research settings. The second study demonstrates the importance of developing training programs focused on oncologists' communication skills, which include the understanding of how the perception of these professionals regarding their patients interfere in their communication and how to modify it, as well as the development of strategies to minimize these professionals’ burnout levels.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94530
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação_Maria_Coelho.pdf965.25 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

14
checked on Jun 11, 2021

Download(s)

4
checked on Jun 11, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons