Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94524
Title: A Tríade Negra em jovens delinquentes internados em Centro Educativo
Other Titles: The Dark Triad in young offenders detained in the Educational Centre
Authors: Miranda, Rafaela Brás
Orientador: Simões, Mário Manuel Rodrigues
Pechorro, Pedro Fernandes dos Santos
Keywords: Tríade Negra; fatores de risco; delinquência juvenil; personalidade desviante; Short Dark Triad; Dark Triad; risk factors; juvenile delinquency; deviant personality; Short Dark Triad
Issue Date: 3-Dec-2020
Serial title, monograph or event: A Tríade Negra em jovens delinquentes internados em Centro Educativo
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade de Coimbra
Abstract: A delinquência juvenil surge como uma problemática recorrente no contexto forense e nas populações mais jovens. O seu impacto na sociedade justifica o interesse no estudo de diversas perspetivas explicativas e na caracterização de fatores de risco (e de proteção). Neste sentido, o constructo da Tríade Negra tem recebido bastante destaque devido à sua potencial relevância na explicação de fenómenos delinquenciais. Em Portugal, denota-se uma escassez de estudos empíricos focados neste constructo e com amostras forenses, particularmente com adolescentes detidos em Centro Educativo. Um dos instrumentos que avaliam este constructo é a Short Dark Triad (SD3), sendo este estudo o primeiro, até à data, a aplicá-lo no contexto de justiça juvenil português. Assim, o presente estudo tem como objetivo analisar as relações entre os traços de personalidade da Tríade Negra e os seguintes fatores de risco: empatia, impulsividade, agressividade e delinquência. Para a realização deste estudo, foi utilizada uma amostra forense de 52 jovens internados em Centro Educativo, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos (M = 16.15; DP = 1.06), do sexo masculino. O protocolo de recolha consistiu na aplicação de instrumentos breves relativos às variáveis supramencionadas e de um formulário de recolha de dados sociodemográficos e criminais. Os principais resultados indicam que o traço de Psicopatia prediz significativamente a agressividade proativa explícita, a empatia cognitiva, a delinquência e a idade da 1ª ilegalidade. Para além disso, os traços de Maquiavelismo e de Narcisismo parecem estar associados, de forma diferenciada, às dimensões afetivas, interpessoais e comportamentais das restantes subescalas. Em suma, estes resultados reforçam a ideia de que a Tríade Negra pode auxiliar na compreensão dos fatores psicológicos e emocionais subjacentes ao desenvolvimento de comportamentos antissociais em adolescentes. Logo, este constructo pode contribuir para a elaboração de novas abordagens de prevenção e de intervenção psicoterapêutica com estes jovens.
Juvenile delinquency arises as a recurrent problem in the forensic context among younger populations. Its impact on society justifies the interest in the study of various explanatory perspectives and in the characterization of risk (and protective) factors. In this sense, the construct of the Dark Triad has received plenty of attention due to its potential relevance in explaining the delinquency phenomena. In Portugal, there is a scarcity of empirical studies focused on this construct and with forensic samples, particularly with teenagers detained in the Educational Centre. One of the instruments evaluating this construct is the Short Dark Triad (SD3) and this study is, to date, the first to apply it in the context of Portuguese juvenile justice. Thus, the present study aims to analyze the relationships between the personality traits of the Dark Triad and the following risk factors: empathy, impulsivity, aggressiveness and delinquency. For this study was used a forensic sample of 52 young males, aged between 12 and 18 years old (M = 16.15; SD = 1.06), admitted to an Educational Centre. The sample-collection protocol consisted of the application of brief instruments concerning to the above- mentioned variables and a socio-demographic and criminal data collection form. The main results indicate that the psychopathy trait significantly predicts explicit proactive aggressiveness, cognitive empathy, delinquency and the age of the first illegality. In addition, the traits of Machiavellianism and narcissism seem to be associated, in different ways, with the affective, interpersonal, and behavioral dimensions of the remaining subscales. To sum up, these results reinforce the idea that the Dark Triad can help to understand the psychological and emotional factors underlying the development of antisocial behaviors in adolescents. Thus, this construct can contribute to the development of new approaches addressing prevention and psychotherapeutic intervention with youths at-risk.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94524
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_A Tríade Negra em jovens delinquentes_RafaelaMiranda2020.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

82
checked on Aug 11, 2022

Download(s)

92
checked on Aug 11, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons