Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94443
Title: O Trabalho Digno na População Imigrante em Portugal
Other Titles: Decent Work in the Immigrant Population in Portugal
Authors: Cardoso, Ana Catarina Almeida
Orientador: Ferreira, Joaquim Armando Gomes Alves
Keywords: Trabalho Digno; Marginalização; Imigrantes; Psychology of Working Framework; Psychology of Working Theory; Decent work; Marginalization; Immigrants; Psychology of Working Framework; Psychology of Working Theory
Issue Date: 28-Feb-2020
Serial title, monograph or event: O Trabalho Digno na População Imigrante em Portugal
Place of publication or event: Coimbra, Portugal
Abstract: A globalização está na ordem do dia e os seus efeitos positivos no mundo são evidentes, contudo, o acesso a um trabalho digno torna-se cada vez mais desafiante e complexo. A imprevisibilidade e a incerteza marcam profundamente o mercado de trabalho e a sua evolução, caracterizando-se, por um clima altamente competitivo que contem elementos menos positivos, como condições de trabalho diminutas que alteram a forma como nos envolvemos no trabalho e que cada um tem que gerir em desigualdade, isto é, entregue a si independentemente do seu contexto.O contributo da psicologia para a compreensão do desenvolvimento da carreira permitiu a sua constituição como área específica de conhecimento e de intervenção social. Os desafios da sociedade moderna têm vindo a desorientar a generalidade das pessoas – e a população imigrante em particular – ameaçando a inclusão social e comprometendo o acesso a um trabalho digno. O trabalho é um direito humano básico devendo dar significado à nossa vida, mas nem todos têm o privilégio de escolher um emprego que corresponda aos seus interesses pessoais e que permita exprimir o seu autoconceito.Assim, contrariando a visão tradicional da psicologia vocacional, a Psychology of Working Theory o concilia o entendimento multifacetado do trabalho digno com a justiça social, abrindo a possibilidade de analisar o comportamento vocacional e o desenvolvimento de carreira em populações mais vulneráveis focando-se não só o indivíduo, mas também nos fatores que contribuem para dificultar o acesso ao trabalho digno, como a marginalização ou as dificuldades económicas e os seus efeitos.Trata-se de um estudo com valor social focado na perspetiva de 6 trabalhadores imigrantes em Portugal através de entrevistas individuais, que partiram de um guião semiestruturado, realizando posteriormente uma análise de conteúdo que resultou em 11 categorias. Os resultados do presente estudo evidenciam que, para os imigrantes a trabalhar em Portugal, a Remuneração, a Satisfação Pessoal e o Desenvolvimento de Carreira são as categorias que mais representam a dignidade no trabalho.
Globalization is the order of the day and its positive effects in the world are evident, however, access to decent work is becoming increasingly challenging and complex. Unpredictability and uncertainty deeply mark the labor market and its evolution, characterized by a highly competitive climate that contains less positive elements, such as diminished working conditions that changes the way we get involved in work and the way that each one has to manage in inequality, that is, delivered to you regardless of your context.The contribution of psychology to the understanding of career development has allowed it to be constituted as a specific area of knowledge and social intervention. The challenges of modern society have been disorienting most people - and the immigrant population in particular - threatening social inclusion and compromising access to decent work. Work is a basic human right and should give meaning to our lives, but not everyone has the privilege of choosing a job that corresponds to their personal interests and that allows them to express their self-concept.Thus, contrary to the traditional view of vocational psychology, the Psychology of Working Theory reconciles the multifaceted understanding of decent work with social justice, opening up the possibility of analyzing vocational behavior and career development in more vulnerable populations, focusing not only on the individual, but also on factors that contribute to making access to decent work difficult, such as marginalization or economic difficulties and their effects.This is a study with social value focused on the perspective of 6 immigrant workers in Portugal through individual interviews, which started from a semi-structured script, subsequently carrying out a content analysis that resulted in 11 categories. The results of this study show that, for immigrants working in Portugal, Compensation, Personal Satisfaction and Career Development are the categories that most represent dignity at work.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94443
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
tese Ana Catarina Cardoso- vfinal.pdf631.74 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

2
checked on Jun 10, 2021

Download(s)

1
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons