Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94400
Title: O papel do Genocídio Arménio na preservação da identidade nacional da diáspora arménia
Other Titles: The role of the Armenian Genocide in preserving the national identity of the Armenian diaspora
Authors: Gabovsky, Artem Ivanovych
Orientador: Mota, Sarah Carreira da
Keywords: Identidade nacional; Diáspora; Genocídio Arménio; Sociologia histórica; Transnacionalismo; National identity; Diaspora; Armenian Genocide; Historical sociology; Transnationalism
Issue Date: 14-Jul-2020
Serial title, monograph or event: O papel do Genocídio Arménio na preservação da identidade nacional da diáspora arménia
Place of publication or event: Coimbra, Portugal
Abstract: A diáspora arménia é um importante fenómeno migratório do século XX formado pelo conjunto de arménios étnicos que residem fora da República da Arménia e que se autoidentificam como arménios. Esta dissertação tem como principal objetivo observar qual o papel do Genocídio Arménio na preservação da identidade nacional da diáspora arménia, numa investigação que busca contribuir com uma abordagem mais compreensiva da diáspora arménia, interligando os conceitos de temporalidade, memória e identidade com as dinâmicas de poder transnacional.Com o declínio do paradigma realista no pós-Guerra Fria, reforçado pelo fenómeno da globalização, a agenda de atores como a diáspora ganhou uma importante dimensão transnacional. Considerando a sua evolução particular no âmbito das Relações Internacionais contemporâneas, diásporas como a arménia exigem uma contextualização histórica e um enquadramento teórico-conceptual mais aprofundados do que tem sido feito até agora pela literatura, de forma a estimular uma melhor compreensão deste complexo fenómeno migratório, histórico, social e também político.Entre os diferentes tipos de diáspora existentes, é o seu processo de formação diferenciado que permite categorizar mais especificamente a diáspora arménia. As causas, os principais períodos e destinos da emigração arménia no século XX desempenham nomeadamente um papel crucial nessa categorização. Apesar do Genocídio Arménio ter ocorrido no Império Otomano há mais de um século atrás, é fundamental para esta investigação observar justamente qual a sua relação não só com as origens da diáspora arménia, como a sua evolução e afirmação ao longo do século XX até aos dias de hoje. A sociologia histórica possibilita aqui uma perspetiva mais ampla das motivações e dos processos que levam a diáspora arménia a exigir tão ativamente o reconhecimento do genocídio, até agora negado pela Turquia.Através de uma abordagem que desconstrói os diferentes processos psicossociais, históricos e de poder da diáspora arménia, esta dissertação torna visível a ideia de continuidade subjacente à identidade nacional arménia que a memória coletiva dos sobreviventes do Genocídio, transmitida de geração em geração, permitiu preservar. No entanto, observam-se efeitos colaterais da diáspora sobre a identidade nacional arménia, em particular económicos, que acentuam progressivamente a dependência do Estado arménio ao encontro da diáspora.
The Armenian diaspora is an important migratory phenomenon of the 20th century formed by ethnic Armenians living outside the Republic of Armenia who identify themselves as Armenians. The main goal of this dissertation is to observe the role of the Armenian Genocide in the preservation of the national identity of the Armenian diaspora. This research seeks to contribute to a more comprehensive approach of the Armenian diaspora, by interrelating the concepts of temporality, memory and identity with the dynamics of transnational power.With the decline of the Realist paradigm in the post-Cold War period, reinforced by the phenomenon of globalization, the agenda of actors such as the diaspora has acquired an important transnational dimension. When considering their particular evolution in contemporary International Relations, diasporas such as the Armenian require a more in-depth historical contextualization and theoretical-conceptual framework than what has been done so far by the literature, in order to stimulate a better understanding of this complex migratory, historical, social and also political phenomenon.Given the different types of diaspora, the Armenian diaspora may be differentiated according to its formation process, which allows for a more specific categorization. The causes, main periods and destinations of Armenian emigration in the 20th century play a crucial role in this categorization. Although the Armenian Genocide occurred in the Ottoman Empire more than a century ago, it is fundamental to this research to observe precisely how it relates not only with the origins of the Armenian diaspora, but also to its evolution and affirmation throughout the 20th century until nowadays. Historical sociology thereby provides a broader perspective of the motivations and processes that have led the Armenian diaspora to demand so actively the recognition of the genocide, so far denied by Turkey.Through an approach that deconstructs the different psychosocial, historical and power processes of the Armenian diaspora, this dissertation makes visible the idea of continuity underlying the Armenian national identity that the collective memory of Genocide survivors, passed down from generation to generation, has preserved. However, particular side effects of the diaspora on Armenian national identity may be observed, namely economic, which progressively accentuates the dependence of the Armenian state on the diaspora.
Description: Dissertação de Mestrado em Relações Internacionais - Estudos da Paz, Segurança e Desenvolvimento apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/94400
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação - Artem Gabovsky.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

70
checked on Aug 10, 2022

Download(s)

132
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons