Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94286
Title: Influência do sono na performance dos atletas: uma revisão narrativa
Other Titles: SLEEP INFLUENCE IN ATHLETES PERFORMANCE: A NARRATIVE REVIEW
Authors: Valentim, Bruno Miguel Figueiredo 
Orientador: Marques, Alexandre Rebelo
Ribeiro, Carlos Alberto Fontes
Keywords: Atletas; Benefícios; Performance; Ritmo Circadiano; Sono; Athletes; Benefits; Performance; Circadian Rhythm; Sleep
Issue Date: 14-Jul-2020
Serial title, monograph or event: INFLUÊNCIA DO SONO NA PERFORMANCE DOS ATLETAS: UMA REVISÃO NARRATIVA
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: ResumoOs atletas de elite apresentam, frequentemente, diminuição do tempo global de sono, principalmente os atletas estudantes. Este trabalho tem como objetivo realizar uma revisão da literatura mais importante relativa ao impacto do sono no desempenho dos atletas, assim como, sumarizar algumas recomendações para otimização dos hábitos de sono. A revisão narrativa teve como base uma pesquisa bibliográfica alargada nas bases de dados PubMED e Embase, de modo a procurar artigos relacionados com o impacto do sono na performance dos atletas usando os seguintes termos MESH: sleep (sono), elite (elite), competitive (competitivo), athlete (atleta), sport (desporto), player (jogador), performance (performace). Foram incluídos artigos até dia 31 de março de 2020 em língua inglesa. Os artigos relevantes foram selecionados com base no título, resumo e, aquando necessário, da leitura integral do mesmo. A lista de referências bibliográficas dos estudos citados foi analisada de modo a acrescentar artigos adicionais relevantes e atuais não incluídos.O sono, em particular o sono de movimentos oculares não rápidos (NREM) profundo tem como principal função a recuperação da vigília e fadiga, sendo uma fase de restauro fisiológico e recuperação energética. Por esse motivo, é uma das melhores estratégias de recuperação com impacto na cognição, capacidade executiva, aprendizagem, desenvolvimento, saúde mental e física. Portanto, o sono é considerado um forte preditor de desempenho.Nos exercícios anaeróbios de força ou potência os atletas poderão superar a privação de sono aguda por compensação psicológica, mas no que toca ao sprint a privação de sono aparenta reduzir o desempenho e a extensão melhora-lo, principalmente por influência dos tempos de reação. A privação de sono influência negativamente o desempenho dos atletas de endurance, sendo que o papel da extensão de sono ainda carece de mais estudos para uma melhor caraterização. O ritmo circadiano humano tem influência no desempenho máximo do atleta e varia de forma sinusoidal ao longo do dia, apresentando um pico máximo ao final da tarde. O fenómeno do jet lag pode influenciar negativamente o ritmo circadiano normal afetando o desempenho físico e cognitivo.O sono é considerado vital para a saúde e bem-estar do ser humano e, no caso particular dos atletas, a evidência aqui revista demostra que assume uma importância extra devido ao seu impacto ao nível do desempenho atlético ideal.
AbstractElite athletes often experience decreased global sleep time, especially student athletes. Sleep is important for health and well-being and is fundamental for physiological and cognitive functioning.The objectives of this work are to review the most important literature on the impact of sleep on athlete’s performance, as well as to formulate some recommendations for optimizing sleep habits.The narrative review was based on an extensive bibliographic research in the PubMED and Embase databases in order to search articles related to the impact of sleep on the athlete’s performance using the following MESH terms: sleep, elite, competitive, athlete, sport, player and performance. English articles were included until March 31, 2020. The relevant articles were selected based on the title, abstract and full reading. The list of bibliographic references was analyzed in order to add additional relevant and current articles.Sleep, in particular deep sleep of non-rapid eye movements (NREM), has the main function of recovering wakefulness and previous fatigue status and it’s important to physiological restoration and energy recovery. For this reason, the sleep is one of the best recovery strategies with an impact on cognition, executive ability, learning, development, mental and physical health. Therefore, sleep is considered a strong predictor of performance.In anaerobic exercises of strength or power, athletes can be able to overcome acute sleep deprivation with psychological compensation, but with regard to sprint, sleep deprivation appears to reduce performance, but sleep extension can improve it, mainly due to the influence on reaction times. Sleep deprivation influences negatively the performance of endurance athletes and the role of sleep extension still lacks further investigation for better description.The human circadian rhythm influences the athlete's maximum performance and varies sinusoidally throughout the day, having a maximum peak in the evening. The phenomenon of jet lag can influence negatively the normal circadian rhythm affecting physical and cognitive performance.Sleep is considered vital for the health and well-being of human beings and, in particular for athletes, the evidence reviewed here demonstrates that it takes on extra importance due to its impact on the level of ideal athletic performance.
Description: Dissertação de Mestrado em Medicina do Desporto apresentada à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/94286
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
INFLUÊNCIA DO SONO NA PERFORMANCE DOS ATLETAS.pdf631.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

170
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

16
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons