Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93999
Title: Estimativa do sexo, em indivíduos adultos, utilizando medições das vértebras T12 e L1 da Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI da Universidade de Coimbra
Other Titles: Estimation of sex in adult individuals using measurements from the T12 and L1 vertebrae from the Collection of Identified Skeletons of the 21st Century at the University of Coimbra
Authors: Almeida, Inês Camarão de
Orientador: Santos, Ana Luísa da Conceição dos
Magalhães, Bruno Miguel Silva
Keywords: Diagnose sexual; Dimorfismo sexual; Antropologia Forense; Método Stepwise; Vértebra T12 e L1; Sexual Diagnosis; Sexual dimorphism; Forensic anthropology; Stepwise method; T12 and L1 vertebrae
Issue Date: 18-Nov-2020
Serial title, monograph or event: Estimativa do sexo, em indivíduos adultos, utilizando medições das vértebras T12 e L1 da Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI da Universidade de Coimbra
Place of publication or event: Leiria
Abstract: Determination of sex is one of the parameters of the biological profile, which needs to be determined both in medico-legal cases and in bioarcheological contexts. Generally, the most used human skeleton areas, due to their high sexual dimorphism, are the pelvis and the skull, however, in some cases, they are poorly preserved and fragmented, and may not even be present. For this reason, it is necessary to develop sex estimation methods, based on bones considered to be not very dimorphic, such as the vertebrae.This study aims to estimate sex based on the metric analysis of the 12th thoracic vertebra and of the 1st lumbar vertebra, of individuals from the Colletion of Identified Skeletons of the 21st Century of the University of Coimbra (CEI/XXI).The sample used in this study comprised 219 individuals of known sex and age that were provided once all of the measurements were completed. Seven measurements were analyzed on the 12th thoracic vertebra and seven measurements on the 1st lumbar vertebra, and discriminant function analysis was performed for each vertebra to obtain discriminating functions and the percentage of correct classification of both of the functions. The percentage of accuracy obtained, from the Stepwise method, for the 1st lumbar vertebra was 88,1% and for the combination of both vertebrae was 89,6%. This percentage is higher in males (97,1% for L1 and 100% for the combination of both vertebra) than in females (76% for L1 and 82,1% for the combination of both vertebrae), on both vertebrae. The results obtained through this study were found to be similar or even superior to other studies carried out either for the Portuguese population or for other populations.The high age of dead of the individuals analyzed in this study, led to a decrease in the number of measurable vertebrae, so it would be important to test this method on a collection with younger individuals.
A estimativa do sexo dos indivíduos é um dos parâmetros do perfil biológico que é necessário determinar tanto em casos médico-legais como em contextos bioarqueológicos. Geralmente, a maioria dos estudos de estimativa sexual são realizados em ossos da pélvis e do crânio, no entanto, em alguns casos, estes encontram-se mal preservados e fragmentados, podendo mesmo não estar presentes. É por este facto necessário o desenvolvimento de métodos de estimativa do sexo, baseados em ossos considerados pouco dimórficos, como é o caso das vértebras. Este estudo tem como objetivo estimar o sexo com base na análise métrica da 12ª vértebra torácica e da 1ª vértebra lombar, de indivíduos provenientes da Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI da Universidade de Coimbra (CEI/XXI).A amostra utilizada neste estudo, contém 219 individuos (CEI/XXI), cujo sexo e idade eram conhecidos e foram fornecidos após a finalização das medições. Foram analisadas 7 medidas na 12ª vértebra torácica (T12) e 7 medidas na 1ª vértebra lombar (L1). Através da análise discriminante foram obtidas percentagens de classificação correta, através do método stepwise, de 88,1% para a 1ª vértebra lombar e 89,6% para a combinação das medições realizadas em cada uma das vértebras, sendo que as percentagens observadas para o sexo masculino (97,1% para a L1 e 100% para a combinação de ambas as vértebras) são mais elevadas que as obtidas para o feminino (76% para a L1 e 82,1% para a combinação de ambas as vértebras). Os resultados obtidos através deste estudo encontraram-se semelhantes ou até mesmo superiores a outros estudos realizados quer para a população portuguesa quer para outras populações. A idade à morte elevada dos indivíduos analisados neste estudo, levou à diminuição do número de vértebras mensuráveis, pelo que seria importante testar este método para uma coleção com indivíduos mais jovens.
Description: Dissertação de Mestrado em Antropologia Forense apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93999
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Corrigida Inês Camarão de Almeida.pdf10.21 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

8
checked on Jul 22, 2021

Download(s)

10
checked on Jul 22, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons