Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93882
Title: Impacto de Sistemas Semafóricos de Contagem Regressiva no Comportamento dos Peões
Other Titles: Impact of traffic signals' countdown display systems on pedestrian behavior
Authors: Matos, Catarina Garcia de
Orientador: Seco, Álvaro Jorge da Maia
Silva, Ana Maria César Bastos
Keywords: Sistema Semafórico; Contagem Regressiva; Violação do sinal vermelho; Comportamento do peão; Atravessamento pedonal; Traffic signal system; Countdown display; Breaching of the red light; Pedestrian’ behaviour; Pedestrian crossing
Issue Date: 13-Nov-2020
Serial title, monograph or event: Impacto de Sistemas Semafóricos de Contagem Regressiva no Comportamento dos Peões
Place of publication or event: DEC-FCTUC
Abstract: Todos os dias, em todo o mundo, milhões de pessoas deslocam-se a pé. Sabendo-se que os peões se constituem como os utilizadores mais vulneráveis do sistema de transportes, esta dissertação centra-se essencialmente na avaliação da eficácia dos atravessamentos da rede viária e, em particular, nas travessias controladas com sinais luminosos incorporando contagem regressiva. Para o efeito, este estudo procura avaliar o comportamento que o peão assume face a este tipo de equipamento comparativamente aos sistemas sem contagem regressiva, procurando perceber-se até que ponto estes sistemas apresentam potencial para influenciar o comportamento dos peões e, por esta via, tornar as travessias pedonais semaforizadas mais seguras e apelativas para os peões. Inicialmente é apresentada uma pesquisa bibliográfica centrada nas travessias com contagem regressiva, designadamente em temáticas como a capacidade de interseções, segurança dos peões, tempos de espera e casos de não acatamento do vermelho. Posteriormente, foi criada uma base de dados real a partir de contagens efetuadas em diferentes sistemas semafóricos existentes na cidade de Coimbra, a qual suportou o desenvolvimento de um conjunto de análises estatísticas conducentes a um conjunto de conclusões.Recorreu-se a duas fases sequenciais e complementares de observação comportamental. A primeira fase de recolha de dados permitiu verificar qual o tipo de peão que mais tende a transgredir o sinal vermelho e de que modo as condições oferecidas pela via podem influenciar o seu comportamento. O teste de t-student foi usado para testar a existência de fatores explicativos de diferenças comportamentais nomeadamente aos níveis de violação dos sinais luminosos, tendo-se recorrido também para o efeito à aplicação de regressões múltiplas. Já na segunda fase procurou perceber-se se o comportamento do peão difere consoante a hora do dia ou se caminha em grupo ou sozinho. Complementarmente e recorrendo aos mesmos métodos de análise foi verificado se se registam variações significativas entre tempos de espera para casos em que há ou não contagem regressiva nas travessias. De um modo geral, apesar de um estudo deste tipo não permitir tirar conclusões detalhadas e definitivas, foi possível identificar a existência de alguma melhoria comportamental na presença de contagem regressiva.
Every day, all around the world, millions of people move around by foot. Knowing that the pedestrians constitute the most vulnerable users of the transports’ system, this dissertation focuses essentially in the evaluation of the efficacy of the crossings in the transport network and, in particular, in the crossings controlled with light signals embedding countdown display.For that effect, this study seeks to evaluate the behaviour that the pedestrian takes when faced with this kind of equipment in comparison with the systems without countdown display, seeking to understand to what degree this systems have the potential to influence pedestrian’ behaviour and, this way, make the walking crossings with traffic signals safer and more appealing to the pedestrians.Initially a bibliographic research focused on the crossings with countdown display is presented, namely on topics such as the intersection capacity, pedestrians’ safety, waiting times and cases of non-obeying to the red light.Afterwards, a real database was created taking as starting point counts made in different traffic signals existing in the city of Coimbra, which supported the development of a set of stochastic analysis which led to a set of conclusions.Two sequential and complementary phases of behavioural observation were considered. The first phase of data collection allowed the verification of which kind of pedestrian most tends to trespass the red light and how the conditions offered by the way may influence his behaviour. The t-student test was used to test the existence of explanatory factors for behavioural differences, namely breaching levels of the light signals, and application of multiple regressions for this purpose too. In the second phase the target was to understand how the behaviour of the pedestrian differs depending on the time of the day or if he is walking in a group or alone. Complementing and recurring to the same analysis methods it was verified that if significative variations between waiting times are registered on cases where there is or there is no countdown display in the ways. In a general way, even though a study like this does not allow taking detailed and definitive conclusions, it was possible to identify the existence of some behavioural improvement in the presence of the countdown display.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Civil apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93882
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Impacto de Sistemas Semafóricos de Contagem Regressiva no Comportamento dos Peões.pdf2.28 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

2
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

1
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons