Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93793
Title: Festival Tremor 2021
Other Titles: Tremor Festival 2021
Authors: Laranjeira, Márcio André da Silva
Orientador: Moreira, Paulo Eugénio Estudante Dias
Keywords: culture; azores; música; festivais; serviço educativo; cultura; açores; music; festivals; education thru music
Issue Date: 2-Dec-2020
Serial title, monograph or event: Festival Tremor 2021
Place of publication or event: Universidade de Letras da Faculdade de Coimbra
Abstract: This paper aims to propose a music festival to take place in the island of São Miguel in the Azores archipelago. The main goal is to write down clearly the conceptualization process, application and production of such event in an unique landscape and community. Unforeseen at the beginning, the impact of the Covid 19 pandemic in the cultural and entertainment industry became fatally part of this project. Music festivals are yearly events, whose program is essentially composed by concerts and recitals, held in different venues” (Marinho 1999). These events, taking into account their DNA and context, may be just a commercial proposal for the live music consumption market, or, a tool that allows experimentation in a controlled environment, where cultural and sociological changes can be seen happening in the community where it happens. It is on this last path that Tremor has written its history. “Tremor appears in 2014 with the purpose of shaking the Azorean culture, with implications at national and international levels. With a careful, risky and contemporary program, the aim is to renew the local artistic fabric, as well as to put São Miguel in the itinerary for the diffusion of new artists and their new expressions, to encourage cultural and interdisciplinary production in the region ”(Sousa , André Belchior, 2017). This event arises from the desire to make a music festival in that geographical coordinate, and contribute to the cultural network of the community were it is rooted.
O presente trabalho pretende propor uma edição de um festival de música na Ilha de São Miguel nos Açores. O objetivo é traduzir de uma forma clara as diretrizes para a conceptualização, aplicação e realização de um evento de tal tipologia numa comunidade tão única. Apesar de quando da idealização deste projecto este cenário não estar em mente, é também um documento que traduz o impacto da pandemia COVID 19 na indústria cultural e de entretenimento.Os “Festivais de música são eventos de carácter plurianual, cujo programa é essencialmente integrado por concertos e recitais, realizados em diversos recintos” (Marinho 1999). Estes eventos, tendo em conta o seu ADN e contexto, podem ser apenas uma proposta comercial para o mercado de consumo de música ao vivo, ou, uma ferramenta que permite a experimentação num ambiente controlado, onde se podem ver de perto as alterações que vão acontecendo na comunidade onde este acontece. É por este último caminho que o Tremor tem escrito a sua história.“Tremor surge em 2014 com o propósito de abalar a cultura açoriana, com implicações aos níveis nacional e internacional. Com uma programação cuidada, arriscada e contemporânea, procura-se renovar o tecido artístico local, assim como colocar São Miguel no roteiro de difusão de novos artistas e das suas novas expressões, e incentivar à produção cultural e interdisciplinar em toda a região” (Sousa, André Belchior, 2017). Este evento surge pela vontade de fazer um festival de música naquela coordenada geográfica, contribuindo para o tecido cultural da comunidade.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado em Estudos Artísticos apresentado à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93793
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
MarcioLaranjeira_versaofinal.pdf5.23 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

3
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

7
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons