Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93787
Title: Análise das Networks Ofensivas em Equipas do Futebol Juvenil: Estudo caso com equipa de sub-17
Other Titles: Offensive Network Analysis in Youth Football Teams: Case study with u-17 team
Authors: Amado, Carlos Pacheco
Orientador: Sarmento, Hugo Miguel Borges
Keywords: performance; jogador-chave; padrões de jogo; análise de jogo; jovens atletas; performance; key-player; network; match analysis; youth
Issue Date: 30-May-2019
Serial title, monograph or event: Análise das Networks Ofensivas em Equipas do Futebol Juvenil: Estudo caso com equipa de sub-17
Place of publication or event: Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
Abstract: O objetivo deste estudo foi analisar a ação e desempenho em termos ofensivos (estruturas regulares de comportamento), bem como, o perfil antropométrico de uma equipa de futebol juvenil no escalão de sub-17.A amostra foi constituída por 28 jogadores (16.86±0.35 anos) do sexo masculino, escalão Juniores B (sub-17), pertencentes ao clube Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC-OAF). Para avaliação antropométrica e maturacional dos atletas dos jogadores presentes no estudo, foram mensuradas as seguintes variáveis: 1) idade decimal; 2) estatura; 3) altura sentado; 4) massa corporal; 5) somatória das pregas de gordura subcutâea; 6) comprimento do membro inferior; 7) estatura matura predita; 8) idade no pico de velocidade de crescimento. Foi ainda analisado o nível de interação dos jogadores e o desempenho do jogador-chave (key-player) através da análise de 12 jogos, da equipa referida, no campeonato nacional de Juniores B na época 2016/2017. Para análise das networks, utilizou-se o SocNetTV 2.4.Os resultados obtidos para a estatura demonstram que existe grande variabilidade nos valores antropométricos da equipa. A nível de interação e conetividade dos jogadores, os resultados demonstraram que não há um padrão indentificável nesta equipa, variando muito tanto em termos de esquemas táticos, de jogadores titulares bem como os key-players de jogo para jogo. Não foi encontrado um perfil antropométrico em relação aos key-players o que sugere que as variáveis antropométricas não influenciam o desempenho dos atletas em termos de interação e conetividade com os seuspares. Tendo em conta o desempenho e as interações estabelecidas durante o jogo, o key-player apresenta-se como um jogador preponderante na dinâmica ofensiva da equipa e na operacionalização das ações de jogo.
The purpose of this study was to analyze the action and performance in offensive terms, as well as the anthropometric profile of a U-17 youth football team. The sample consisted of 28 male players (16.86±0.35 years); Juniors B (U-17), from the “Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC-OAF)”. For the anthropometric and maturational evaluation of the athletes present in the study, the following variables were measured: 1) decimal age; 2) stature; 3) sitting height; 4) body mass; 5) sum of subcutaneous fat folds; 6) lower limb length; 7) predicted maturation; 8) age at growth velocity’s peak. It was also analyzed the level of player interaction and key player performance by analyzing 12 games of the mentioned team in the national Juniors B championship in the 2016/2017 season. The software adopted was the SocNetTV 2.4 program to perform the networks. The height results obtained demonstrate that there is a great variability in the anthropometric values of the team. At the level of interaction and connectivity of the players the results demonstrate that there is no identifiable pattern in this team, greatly varying the tactical schemes and first team players as well as key-players from game to game. An anthropometric profile was not found in relation to the key players, which suggests that the anthropometric variables do not influence the performance of the athletes in terms of interaction ad connectivity with their peers. Taking into account the performance and interactions established during the game, the key-player presents itself as a preponderant player in the offensive dynamics of the team and in the operationalization of the game actions.
Description: Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/93787
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação de Mestrado - Carlos Pacheco.pdf1.28 MBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

3
checked on Jul 22, 2021

Download(s)

1
checked on Jul 22, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons