Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93702
Title: Prescrição e controlo de treino de natação pura desportiva na zona de intensidade do limiar anaeróbio
Other Titles: Prescription and monitoring lactate threshold training intensity on swimming
Authors: Varandas, Rita Joana Batista
Orientador: Sarmento, Hugo Miguel Borges
Rama, Luís Manuel Pinto Lopes
Keywords: natação; lactato; consumo de oxigénio; RPE; custo energético; swimming; lactate; oxygen consuption; RPE; energy cost
Issue Date: 30-May-2019
Serial title, monograph or event: Prescrição e controlo de treino de natação pura desportiva na zona de intensidade do limiar anaeróbio
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A natação pura desportiva, em termos bioenergéticos, deve ser considerada uma modalidade de resistência e, como tal, o desenvolvimento desta capacidade assume elevada importância. Para correta prescrição é necessário avaliação e controlo de treino. Estes processos têm vindo a sofrer constantes evoluções face ao avanço tecnológico e exigências de rendimento desportivo. Neste âmbito e com o objetivo de identificar e sintetizar artigos recentes, surge o estudo I, uma revisão sistemática com base nas linhas orientadoras PRISMA. Para identificação dos artigos recorreu-se às bases de dados Web of Science, SportDiscus e PubMed. Após aferição tendo por base os critérios de inclusão e exclusão previamente definidos, procedeu-se à análise integral de 36 artigos. As principais conclusões foram: (1) a prescrição de cargas de treino ótimas é uma preocupação dos treinadores e os protocolos de monitorização das adaptações do atleta ao treino são de extrema importância; (2) o desempenho é afeto a vários parâmetros pelo que a avaliação e controlo de treino deve ser multidimensional, englobando análise de indicadores fisiológicos, psicológicos, biomecânicos e energéticos. Com vista a aplicação direta na prescrição do treino, surge o estudo II, de natureza experimental, avaliando a nível multimensional o rigor de uma tarefa prescrita na zona de intensidade limiar anaeróbio. A amostra do estudo foi constituída por 8 atletas (16,5 ± 1,25 anos) com valia técnica que lhes permite competir a nível nacional. Realizou-se um protocolo incremental de 5x300m crol para determinação e caracterização dos limiares metabólicos e valores máximos, tendo em conta variáveis fisiológicas, RPE, cinemáticas e bioenergéticas. Os valores estimados foram comparados com os obtidos na tarefa de 20x100m crol (intervalo 15’’) prescrita pelo treinador. Foram encontradas diferenças significativas entre a velocidade adoptada na tarefa e as velocidades prescrita e prevista em situação protocolar. Também foram encontradas diferenças significativas entre os valores de frequência cardíaca e frequência gestual da tarefa com os encontrados através do protocolo incremental. Comparativamente com o proposto na literatura os resultados parecem enquadrar-se de modo geral na zona de intensidade para LAn proposta por Maglischo (2003). Assim, houve atletas que cumpriram com a zona de intensidade objetivada, pelo que se aconselha cautela aos treinadores na prescrição de velocidades de treino unicamente com base em valores percentuais da melhor marca. A avaliação individualizada e multidimensional é fundamental.
Swimming is an endurance sport. Therefore, prescribing an effective training is very important. The protocols to evaluate and monitor the training process and performance demands, have improved due to the technological evolution. The purpose of the first study was to systematically review recent methods to assess and monitor swimming training providing theoretical basis for an experimental study. The Web of Science, SportDiscus and PubMed databases were searched for relevant published studies. A total of 36 articles were fully reviewed. The main conclusions were (1) prescribing accurate intensity training zones is a primary concern of coaches, (2) monitoring tools to evaluate training adaptions are most important and (3) performance is related to several factors so it should be evaluated on that premises, considering physiological, pshycological, biomechanics and energetic dimentions. The second study aim to evaluate the precision of a prescribed typical training bout at anaerobic threshold intensity. 8 national level swimmers (16,5 ± 1,25 years) were included in the study. An incremental swimming test 5x300m crawl was apllied to determine and characterize metabolic thresholds and maximal values regarding physiological, RPE, kinematical and energetics parameters. The results where then compared with the training bout prescribed by the coach, 20x100m crawl aiming the anaerobic threshold intensity. Results show significant differences between velocity in the training task and the time estimated throught 80% of the personal best time in 400m crawl. In comparission with the parameters derived from the protocol, significant diferences were found in velocity, heart rate and stroke frequency. According to the literature, not every swimmer accomplished the intended training zone. Results show some agreement with the proposed by Maglischo (2003) for anaerobic threshold intesity. Prescribing training velocities should not be based only on percentages of the personal best time. Individual evaluation at a multidimensional level is required.
Description: Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/93702
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado - Rita Varandas.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

10
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

8
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons