Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93606
Title: Acidentes e incidentes com veículos de combate em contexto de incêndio florestal
Other Titles: Accidentes and incidents with vehicles in the context of forest fire
Authors: Muacho, João Carlos Silva
Orientador: Viegas, Domingos Xavier Filomeno Carlos
Keywords: Acidente; Incidente; Veículos de combate a incêndios; Comportamento do fogo; Proteção; Accident; Incident; Fire-fighting vehicle; Fire behavior; Protection
Issue Date: 21-Oct-2019
Serial title, monograph or event: Acidentes e incidentes com veículos de combate em contexto de incêndio florestal
Place of publication or event: Aveiro
Abstract: Nos últimos anos, Portugal tem vindo a assistir a cada vez um maior número de ignições de incêndios florestais. Não só o número de ocorrências tem aumentado mas, também, a severidade e intensidade com que se desenvolvem os incêndios em Portugal são superiores aquando comparados com anos anteriores.Habitações são destruídas, perdem-se bens materiais e, infelizmente com fortes evidências nos últimos anos e particularmente no ano de 2017, perdem-se vidas humanas. Contudo, não nos podemos olvidar dos operacionais presentes em cada teatro de operações (TO) que a tantos riscos estão sujeitos muitas vezes com a consequência da própria vida.Portanto, de forma a enquadrar a temática dos incêndios florestais estes serão estudados integrando escalas de análise espaciotemporais em que serão comparados eventos à escala mundial com o território nacional português. Facilmente foi identificável que somos dos países da União Europeia com o maior número de ignições, bem como, de área ardida. Espero, com este estudo espaciotemporal da problemática dos incêndios florestais chegar a ilações como a identificação de diferenças e aspetos evolutivos aquando o combate ao mesmo.Ao mesmo tempo, proceder-se-á, de uma forma sintética, à descrição da evolução do combate aos incêndios florestais quer ao nível dos meios humanos e materiais, quer ao nível de equipamentos de proteção individual (EPI) e coletivos. Destacam-se evoluções, por exemplo, ao nível da capacidade crescente da resistência do calçado dos operacionais às altas temperaturas, a evolução no vestuário utilizado e até nos próprios veículos.Com o detalhe possível tentar-se-á, também, caracterizar alguns acidentes e incidentes ocorridos no passado. Para isso, utilizou-se como caso de estudo os CB do distrito de Aveiro às quais se distribuíram questionários com o objetivo da criação de uma base de dados. Tal terá como finalidade a retirada de ilações ou, pelo menos, a tentativa para que no futuro sirvam como forma de mitigação em situações similares quer no presente, quer no futuro.Provenientes das respostas desses mesmo questionários destacam-se, desde já como principais fatores responsáveis dos acidentes e incidentes a falta de formação dos operacionais, a falta de capacidade de previsão do comportamento do fogo, o cansaço e desgaste dos operacionais, a falta de resistência a altas temperaturas de certos componentes do veículo, entre outros.
In recent years, Portugal has witnessed an increasing number of ignitions of forest fires. Not only the number of occurrences has increased, but also the severity and intensity of forest fires in Portugal are higher when compared to previous years.Inhabitations are destroyed, material goods are lost and, unfortunately with strong evidence in recent years, particularly in 2017, human lives are lost. However, we cannot forget the risks that operational personnel face in each theater of operations (OT), many times, with dramatic consequences such as the loss of own lives. Therefore, in order to frame the issue of forest fires, the subject will be studied by integrating spatiotemporal analysis scales in which world events will be compared to the Portuguese territory. It was easy to conclude that within the European Union, Portugal is one of the countries with the largest number of ignitions, as well as, of burning area. I hope that with this spatiotemporal method applied to the problem of forest fires, we can reach some conclusions related to the identification of differences and evolutionary methodologies used to fight this situation. At the same time, it will be made a brief description of the evolution in forest fire fighting not only in terms of human resources, but also in terms of individual protection equipment (IPE). There are some developments to highlight, such as the increasing temperature resistance capacity of the operative’s shoes, the evolution in the garments used and even in firefighting vehicles. With the possible detail, we will also try to characterize some accidents and incidents that occurred in the past. Aveiro District firefighting corporations (FC) were used as a case study to whom enquiries were distributed with the purpose of creating a database. We intend to reach some conclusions which help to mitigate the consequences in similar future situations. According to the answers of the referred enquiries, accidents and incidents are caused mainly by the following factors: the lack of training of the operatives, the lack of predictive capacity of the fire behavior, the fatigue of the operational personnel, the lack of resistance to high temperatures of certain vehicle components, among others.
Description: Dissertação de Mestrado em Dinâmicas Sociais, Riscos Naturais e Tecnológicos apresentada à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93606
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
JoaoMuacho_versaofinal.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

7
checked on Jul 29, 2021

Download(s)

27
checked on Jul 29, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons