Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93368
Title: "Who's got the Blues?" The Artistic Expression of African-Americans and Its Impact on Contemporary Popular Music
Other Titles: "Who's got the Blues?" A expressão artística dos Afro-Americanos e o seu impacto na música popular contemporânea
Authors: Nunes, Sílvia Isabel Simões
Orientador: Aidos, Maria Isabel Carvalho Gomes Caldeira Sampaio dos
Keywords: Blues; Música Popular; Cultura Americana; Poesia; Modelo teórico de análise do comportamento verbal de Skinner; Blues; Popular Music; American Culture; Poetry; Skinner's Framework of Verbal Behaviour
Issue Date: 17-Oct-2019
Serial title, monograph or event: "Who's got the Blues?" The Artistic Expression of African-Americans and Its Impact on Contemporary Popular Music
Place of publication or event: Universidade de Coimbra
Abstract: The Blues are a musical genre that is first and foremost the product of the African-American experience in a context of violence, racism, and segregation. They also express a set of feelings permeated by culture. The name of the genre seems to be tied with emotions such as loss and heartbreak.Since the 1960s, when the Blues began to be considered a sophisticated musical genre, many scholars and artists have dedicated their lives to studying them, performing them and recreating them. The Blues are now considered the bedrock of modern popular American music and, bearing in mind the global impact of popular American music, it is legitimate to claim that the Blues are the bedrock of most modern popular music worldwide. This dissertation aims to show that the Blues, aside from being a pioneering form of African-American artistic expression which changed American culture, are also a way to express the diversity and complexity of all human emotions. I argue against the idea that the Blues are solely the expression of negative emotions, since they have always been feel-good music that people danced to. In this dissertation, I seek to expose the social construction of the emotions that led this group of people to come up with this musical genre. For that reason, the present work looks at blues lyrics from a literary perspective and analyses several examples, focusing on their cultural references and the emotions they express, and using Skinner’s Framework of Verbal Behaviour, bearing in mind how those emotions are the product of a particular historical and cultural experience.
Os Blues são um género musical nascido da experiência afro-americana num contexto de racismo, segregação e violência. São também a expressão de emoções permeadas de cultura. A designação que ganharam parece prender-se com estados emocionais como a perda e o desgosto amoroso. Desde a década de 60 do século XX, década em que os Blues começaram a ser considerados um género musical sofisticado, vários académicos dedicaram a sua carreira a estudá-los e muitos artistas a praticá-los e a recriá-los. Os Blues são considerados hoje a raiz da música popular moderna e contemporânea nos Estados Unidos e, tendo em conta o impacto global da mesma, é legítimo afirmar que os Blues são a raiz de grande parte da música popular moderna internacional. O objetivo desta dissertação é mostrar que os Blues, além de constituírem um contributo musical original e pioneiro afro-americano, capaz não só de marcar a cultura americana, mas também a música popular moderna internacional, são uma forma de expressar emoções humanas em toda a sua diversidade e complexidade. Contradizendo a ideia de que os Blues expressam apenas sentimentos negativos, pois eles também sempre caracterizaram pela sua capacidade de animar e fazer dançar, neste trabalho procuro evidenciar a construção cultural das emoções que levaram este grupo a exercitar estratégias de sobrevivência e resistência. Por isso também, esta dissertação valoriza as letras de Blues na sua qualidade literária e procura analisar como exemplo várias das letras, atentando às suas referências culturais e à carga emocional que expressam, seguindo para isso o modelo teórico de análise do comportamento verbal de Skinner, e tendo em conta como essas emoções são construídas por uma experiência histórico-cultural específica.
Description: Dissertação de Mestrado em Estudos de Cultura, Literatura e Línguas Modernas apresentada à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93368
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
SilviaNunes_versaofinal.pdf976.22 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

2
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

1
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons