Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93358
Title: Viagens pela minha terra
Other Titles: Traveling through my land
Authors: Santos, Valério Nuno da Silva
Orientador: Ribeiro, Ana Isabel Sacramento Sampaio
Keywords: Visitas de estudo; Visitas de estudo virtuais; História local; História regional; Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC); Field trips; Virtual field trips; Local History; Regional History; Information and Communication Technologies (ICT)
Issue Date: 30-Sep-2019
Serial title, monograph or event: Viagens pela minha terra
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Este trabalho foi desenvolvido no contexto das unidades curriculares do segundo ano do Mestrado em Ensino de História no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário e da prática pedagógica com alunos daqueles níveis de ensino, bem como do desenvolvimento de um estudo de natureza científico-didática, cujo tema central foram as visitas de estudo em contexto presencial e em contexto virtual, enquadradas num âmbito de História Local e Regional, aplicadas ao ensino da História com alunos do ensino secundário. Enquanto atividades de carácter prático, mas promotoras de uma consolidação de conhecimentos mais teóricos, as visitas de estudo, quer reais, mais comuns e realizadas com maior frequência, quer virtuais, repletas de potencialidades, mas, ainda assim pouco dinamizadas, requerem um conjunto de etapas fundamentais de planificação, conceção, dinamização e avaliação, de forma a conduzirem os alunos para momentos de descoberta, observação, exploração, interpretação e, consequentemente, de aquisição de conhecimentos e de competências, adequadas às suas características e à legislação mais recente. Como o ensino das disciplinas associadas à História é desenvolvido com base em conteúdos, quase sempre, de uma História geral, neste caso, ajustados ao ensino da disciplina de História da Cultura e das Artes, numa turma do 10º ano de escolaridade, tentámos adequar, tanto quanto possível, os temas à História Local e Regional, como forma de integração dos alunos no meio em que vivem, fomentando a excelência, defesa, preservação e divulgação dos contextos patrimoniais que os rodeiam, incutindo e reforçando atitudes de cidadania, sentimentos de pertença e identitários. Deste modo, não só tem um grande peso, neste nosso trabalho, a História Local e Regional, como as visitas de estudo presenciais, as visitas de estudo virtuais e, associadas a estas últimas, as tecnologias de informação e comunicação, em suportes fixos ou móveis e em plataformas de ambientes virtuais tridimensionais, símbolos da contemporaneidade e dos “novos mundos” que os alunos tão bem conhecem e que se traduzem em ferramentas importantes para o desenvolvimento da prática da docência da área disciplinar da História. As visitas de estudo presenciais possibilitam aos alunos a verdadeira saída do espaço escolar e as visitas de estudo virtuais, ainda que não permitam essa saída, dotam os alunos de uma capacidade de pensamento abstrato, percebendo que também podem viajar sem sair do espaço físico concreto. Ambas possibilitam, portanto, a descoberta e exploração do contexto histórico e patrimonial local (neste caso o do concelho de Miranda do Corvo) e regional (neste caso as NUT III do Baixo Mondego e do Pinhal Interior Norte), conduzindo os alunos ao aprofundamento dos seus conhecimentos sobre o contexto que os rodeia, ao desenvolvimento de competências e ao enraizamento das suas origens. Para além disso, tanto umas, como outras dependem do professor para planeamento, preparação, desenvolvimento e avaliação, assim como os alunos esperam que, para além de professor, este se torne um verdadeiro entusiasta das visitas, um guia. Para a dinamização de atividades de carácter virtual, como as visitas de estudo virtuais, é necessário recorrer a um conjunto de métodos, equipamentos tecnológicos e plataformas virtuais, contudo é importante perceber quais os equipamentos que se adequam às características das plataformas e quais os métodos a ter em conta em cada situação para que as visitas, ainda que planeadas e testadas, decorram de forma correta e eficaz. Os participantes deste trabalho valorizaram o estudo da História local e regional, enquadrado pela participação em visitas de estudo presenciais, todavia as visitas de estudo virtuais mereceram a atenção daqueles, pela novidade e utilização da tecnologia nas aulas de História da Cultura e das Artes. Umas não se sobrepuseram às outras, antes possibilitaram, no conjunto, o desenvolvimento de Viagens pela minha terra.
This work was developed in the context of the curricular units of the second year of the Master's degree in history teaching in the 3rd cycle of basic education and secondary education and pedagogical practice with students of those levels, as well as the development of a study of a scientific-didactic nature, whose central theme was the field trips on site and in a virtual context, framed in a Local and Regional history, applied to the teaching of history with secondary school students. As activities of a practical nature, while promoting a consolidation of more theoretical knowledge, the study visits – whether real, more common and performed more frequently, or virtual, full of potentialities –, require a set of fundamental stages of planning, design, practice and evaluation, in order to lead students to moments of discovery, observation, exploration, interpretation and, consequently, acquisition of knowledge and skills, suitable to their characteristics and to the latest legislation. Because the teaching of the subjects associated with history is frequently developed on the basis of general history contents (in this case, adjusted to the teaching of the subject of History of Culture and Arts, in a class of the 10th grade), we tried to adapt, as much as possible, the themes to Local and Regional history, as a way of integrating students in the environment in which they live, focusing on values as excellence, defense, preservation and dissemination of the patrimonial contexts that surround them, inspiring and reinforcing attitudes of citizenship, feelings of belonging and identity. Thus, in our work, not only the Local and Regional history assumes a main role, through the field trips and the virtual ones, but also its association with the information and communication technologies, through fixed or mobile media and platforms of threedimensional virtual environments, which symbolize contemporaneity and the so well-known "new worlds" by students, that can become essential tools for the development of teaching practice in History as a disciplinary area. The field trips allow students the true output of the school space and virtual field trips, even if they do not allow this exit, they provide students with an abstract thinking capacity, realizing that they can also travel without leaving the concrete physical space. Both allow the discovery and exploration of the local (in this case the municipality of Miranda do Corvo) and regional (in this case the NUT III Baixo Mondego and the Pinhal Interior Norte) historical and patrimonial context, leading the students to the deepening of their knowledge of the surrounding context, the development of competencies and the rooting of their origins. In addition, both depend on the teacher for planning, preparation, development and evaluation, as well as the students hope that, in addition to teacher, he becomes a true enthusiast of visitors, a true guide. For the dynamization of virtual activities, such as virtual field trips, it is necessary to resort to a set of methods, technological equipment and virtual platforms, but it is important to understand which equipment is suitable for the platforms characteristics and which methods are to be taken into each situation so that the visits, even if planned and tested, are correctly and effectively fulfilled and successful. The participants of this work valued the study of local and regional history, framed by participation in field trips, however the virtual field trips deserved the attention of those, for the novelty and use of technology in the History of Culture and Arts classes. Some did not overlap the others, but allowed, as a whole, Traveling through my land.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Ensino de História no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário apresentado à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93358
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
ValerioSantos_versaofinal.pdf3.26 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

25
checked on Jul 29, 2021

Download(s)

32
checked on Jul 29, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons