Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93347
Title: Contributos para a análise do ato ilocutório de crítica numa perspetiva contrastiva: o caso dos aprendentes chineses de PLE
Other Titles: Contributions to the analysis of the illocutionary act of criticism in a contrastive perspective: the case of Chinese PFL learners
Authors: Xin, Li
Orientador: Rodrigues, Maria da Conceição Carapinha
Keywords: ato ilocutório de crítica; competência linguística; competência pragmática; português língua estrangeira (PLE); aprendentes chineses; illocutionary act of criticism; language competence; pragmatic competence; Portuguese as foreign language (PFL); Chinese learners
Issue Date: 15-Oct-2019
Serial title, monograph or event: Contributos para a análise do ato ilocutório de crítica numa perspetiva contrastiva: o caso dos aprendentes chineses de PLE
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Os atos ilocutórios constituem um objeto de estudo analisado por um ramo da Pragmática Linguística, a Pragmática Ilocutória, e têm vindo a ser explorados com base nas teorias pioneiras de Austin e de Searle, embora, hoje em dia, se encontre já investigação que desenvolve o tópico bem para lá desses estudos iniciais. Parte dessa investigação mais recente reflete as preocupações dos analistas com a aquisição da competência pragmática dos alunos que aprendem uma língua estrangeira, isto é, com a pragmática da interlíngua e, nomeadamente, com a capacidade de falantes não-nativos usarem uma língua estrangeira para fins específicos, como os diferentes tipos de atos ilocutórios. A presente dissertação alicerça-se numa investigação sobre a realização do ato ilocutório de crítica, uma subcategoria de atos ilocutórios ainda pouco explorada no âmbito das pesquisas efetuadas na área, com o objetivo de analisar a produção do ato de crítica por alunos chineses que aprendem o português europeu como língua estrangeira (PLE), em comparação com os usos desse ato ilocutório produzidos pelos falantes nativos portugueses. Saber formular adequadamente uma crítica numa língua (e numa comunidade) estrangeira constitui um desafio para qualquer aprendente de LE, pelo que os aprendentes de PLE sentirão, certamente, dificuldades em verbalizá-la. Para levar a cabo a nossa análise, foram recolhidos, no total, 30 conjuntos de produções escritas (transcritas nos anexos) de um inquérito elaborado com 5 situações que serviram de estímulo. O grupo dos informantes do presente estudo é constituído por 10 aprendentes chineses do nível intermédio, 10 do nível avançado e 10 alunos nativos da língua portuguesa europeia. A análise do corpus recai principalmente sobre os seguintes aspetos: (i) orientação da crítica; (ii) estratégias de realização; e (iii) estratégias de modificação linguística (atenuação e intensificação). E as variáveis consideradas dizem respeito aos aspetos como o nível de proficiência linguística, ao grau de formalidade, ao grau de imposição do ato ilocutório, e às características do grupo e do seu ethos, entre outros. A investigação desenvolvida, enquadrada no âmbito da Pragmática, considerou ainda questões relacionadas com a Pragmática da Interlíngua e a Pragmática Intercultural.
Illocutionary acts, which have been analyzed by the pioneering theories of Austin and Searle and developed by a good deal of recent research, constitute a research object of Illocutionary Pragmatics, a subfield of Linguistic Pragmatics. Part of the latest research reflects analysts’ concerns with non-native speakers’ acquisition of pragmatic competence during the process of learning a foreign language. Second language (L2) pragmatics or interlanguage pragmatics studies how learners acquire the ability to use a foreign language for specific purposes, such as different types of illocutionary acts. This study focuses on a subcategory of illocutionary acts still little explored in the research done in the area of Illocutionary Pragmatics: the act of criticism. In fact, knowing how to formulate a criticism in a foreign language is a prominent challenge for any FL learner, who will positively have difficulty in producing this illocutionary act. To carry out the analysis, a corpus was compiled for this study with a total of 30 sets of written samples (transcribed in the appendix). For the purposes of the study, five different stimulus situations were presented to the students. The data that sustain this analysis were produced by 30 volunteers, distributed in three different groups, 10 of them being Chinese intermediate learners, 10 advanced learners and 10 native speakers of European Portuguese. The analysis focuses mainly on the following aspects: (i) orientation of criticism; (ii) realization strategies; and (iii) language modification strategies (mitigation and intensification). The variables underlying this research include aspects such as the level of language proficiency, the degree of formality, and the characteristics of the group and its ethos, among others. Developed within the scope of Pragmatics, the present research also considers issues related to Interlanguage Pragmatics and Intercultural Pragmatics.
Description: Dissertação de Mestrado em Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS) apresentada à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93347
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
LiXin_versaofinal.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

37
checked on Jul 29, 2021

Download(s)

14
checked on Jul 29, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons