Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93089
Title: Relatórios de Estágio e Monografia intitulada “Psoríase: Perspetivas futuras com um olhar no passado”
Other Titles: Internship and Monograph reports entitled “Psoriasis: Future perspectives with a look at the past”
Authors: Fonseca, Mariana Soares Ventura Lopes
Orientador: Figueiras, Ana Rita Ramalho
Gonçalves, Dália Isabel Reis
Pedro, Sara Carolina C.
Keywords: Psoríase; Psoríase Tipo Placa; índice PASI; terapêutica tópica; combinação da terapia; Psoriasis; Plaque Psoriasis; PASI index; Topical therapy; Combination of therapy
Issue Date: 23-Sep-2020
Serial title, monograph or event: Relatórios de Estágio e Monografia intitulada “Psoríase: Perspetivas futuras com um olhar no passado”
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, Farmácia Monte Formoso .Coimbra e Farmalabor
Abstract: Psoriasis is a chronic, benign and immune-mediated skin inflammation. Among the several forms of Psoriasis, the most common and the one focused on this monograph is the so-called Plaque Psoriasis (PP), characterized by the appearance of well-defined red plaques with raised white surfaces, called crusts. The pathogenesis of the disease, not yet fully understood, is a complex phenomenon that involves not only keratinocytes, but also inflammatory cells and cells belonging to adaptive and innate immunity. Currently, studies indicate the existence of a genetic predisposition related to the onset of PP. However, the absence of disease in subsequent generations suggests that other factors, such as the exposure to sunlight, are implicated in the development of this pathology. Despite being a benign pathology, PP has several associated diseases and complications, which contribute to the decrease in patient's quality of life and lead to the need to establish an effective therapeutic regimen. The Psoriasis Severity Index by Area and the Dermatology Quality of Life Index are tools used to assess the degree of Psoriasis and select the most appropriate therapy for each case. The so far available therapies for Psoriasis are only suppressive therapies, as there is still no cure for this disease. These therapies include topical drugs, phototherapy, systemic oral agents and biological drugs (BD). However, current and most widely used treatments present some drawbacks. Considering these disadvantages and combining the fact that more is known about the pathogenesis of the disease, many studies have been developed on the therapeutics to be instituted as well as research into new drugs. In the context of innovations in the treatment of Psoriasis we highlight the BD that have recently entered the market and those that are in the final phase of development, the biosimilars and changes in topical formulations in order to improve therapeutic efficacy.
A Psoríase é uma doença inflamatória cutânea, crónica, benigna e imunomediada. Existem várias formas de Psoríase, sendo a mais comum e a focada nesta monografia a chamada Psoríase Tipo Placa (PTP). Caraterizada pelo aparecimento de placas vermelhas bem demarcadas e com superfícies elevadas brancas, apelidadas de crostas. A patogénese da doença, ainda não totalmente compreendida, é um fenómeno complexo que envolve não só os queratinócitos, mas também células inflamatórias e células pertencentes à imunidade adaptativa e inata. Na atualidade, estudos indicam a existência de uma predisposição genética relacionada com o aparecimento da PTP. Contudo, a ausência de doença nas gerações seguintes sugere que outros fatores, como exposição à luz solar, estejam implicados no desenvolvimento desta patologia A PTP é uma patologia benigna, mas com várias doenças associadas e complicações, que contribuem para a diminuição da qualidade de vida do doente e para a necessidade de instituição de um esquema terapêutico eficaz. Para avaliar o grau de Psoríase e selecionar a terapêutica mais adequada para cada caso, calcula-se o Índice da Gravidade da Psoríase por Área e o Índice de Qualidade de Vida em Dermatologia.As terapêuticas existentes até ao momento para a Psoríase são apenas terapias supressoras, na medida em que ainda não existe uma cura para a doença. Nestas terapêuticas encontram-se fármacos tópicos, fototerapia, agentes orais sistémicos e medicamentos biológicos (MB). Contudo, os tratamentos atuais e mais utilizados apresentam alguns inconvenientes. Considerando-se essas desvantagens e aliando-se o facto de se saber cada vez mais sobre a patogénese da doença, têm sido desenvolvidos mais estudos sobre a terapêutica a instituir e novos fármacos a utilizar. No âmbito das inovações no tratamento da Psoríase destaca-se os MB que recentemente entraram no mercado e os que se encontram na fase final de desenvolvimento, os biossimilares e alterações nas formulações tópicas com o intuito de melhorar a eficácia terapêutica.A presente monografia pretende realizar uma caraterização da Psoríase, colocando em confronto as abordagens terapêuticas tradicionais e as inovações farmacológicas desenvolvidas nos últimos anos.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93089
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Mariana Soares Ventura Lopes Fonseca 2014210078.pdf10.88 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

51
checked on Jul 23, 2021

Download(s)

60
checked on Jul 23, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons