Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93056
Title: DETERMINAÇÃO DO VERDE DE MALAQUITE EM AMOSTRAS DE PEIXE DE AQUACULTURA
Other Titles: DETERMINATION OF MALACHITE GREEN IN AQUACULTURE FISH SAMPLES
Authors: Lima, Lucileida Ramos
Orientador: Pereira, André Monteiro Pais Teixeira
Pena, Angelina Lopes Simões
Keywords: Verde de Malaquite; Resíduos; LMDR; Aquacultura;; Segurança Alimentar; Toxicologia; ELISA; Malachite green; Residues; MRPL; Aquaculture; Food Safety; Toxicology; ELISA
Issue Date: 3-Dec-2020
Serial title, monograph or event: DETERMINAÇÃO DO VERDE DE MALAQUITE EM AMOSTRAS DE PEIXE DE AQUACULTURA
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
Abstract: O uso de medicamentos veterinários (MVs) em aquacultura, é muito importante paraassegurar uma boa produtividade, nomeadamente nos sistemas de produção intensiva. Com ouso inadequado de MVs e com a falta de legislação específica em alguns países existemproblemas relativamente ao uso de substâncias ilícitas nesta atividade.Devido à sua toxicidade, a utilização do verde de malaquite (VM) apresenta riscos para a saúdehumana e ambiental, sendo por isso proibida a sua utilização na produção de peixes destinadosao consumo humano. Apesar desta proibição, a sua utilização é feita em todo mundo,ilegalmente, como agente antimicrobiano e antiparasitário para a prevenção e controlo dosparasitas e fungos em peixes.Apesar de não existir um limite máximo de resíduo para VM em peixes para consumo humano,foi estabelecido um Limite Mínimo de Desempenho Requerido (LMDR) de 2 μg/kg para a somado VM e do seu metabolito verde de leucomalaquite (VLM). O LMDR é o conteúdo mínimode um analito a analisar numa amostra, que pelo menos deve ser detetado e confirmado e temcomo objetivo harmonizar o desempenho analítico de métodos em relação as substâncias paraas quais não tem estabelecido um limite permitido.O objetivo deste trabalho foi detetar a presença do VM e do seu metabolito VLM em 28peixes de aquacultura à venda em estabelecimentos comerciais de Coimbra através do testede ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay).Das 28 amostras analisadas por ELISA, verificou-se a presença de resíduos de VM e VLM em5 amostras, tendo-se confirmado o resultado por espectrometria de massa em uma amostra.Estes dados realçam o uso ilegal do VM nos peixes de aquacultura, realçando a importância damonitorização desta substância.
The use of veterinary medicines (VM) in aquaculture is very important to ensure a goodproductivity namely in intensive production system. With the inappropriate use of VM and thelack of specific legislation in some countries in the world, there are problems in relation tothe use of illegal substances in this activity.Due to its toxicity, the use of malachite green (MG) presents risks to human andenvironmental health. Although it is not authorized in the production of aquaculture fishintended for human consumption, MG is used illegally in aquaculture worldwide as anantimicrobial and antiparasitic agent for the prevention and control of parasites and fungi infish.There is no maximum residue limit for fish tended for human consumption regarding MG, butthere is a Minimum Required Performance Limit (MRPL) of 2 μg/kg for the residues of MGand its leucomalachite green (LMG) metabolite. The MRPL is the minimum content of ansubstance to be analysed in a sample, which can be detected and confirmed and aims toharmonize the performance of analytical methodologies in relation to substances for which amaximum residue limit have not been established.The objective of this work was to detect the presence of MG and its LMG metabolite in 28aquaculture fish, for sale in commercial establishments in Coimbra, through the ELISA test(Enzyme-Linked Immunosorbent Assay).Of the 28 samples analysed, the presence of MG and LMG residues was verified in 5 sampleswith only one being confirmed through mass spectrometry. Therefore, this reinforces thatthere is still the illegal use of MG dye in aquaculture fish highlighting the importance ofmonitoring studies for this substance.
Description: Dissertação de Mestrado em Segurança Alimentar apresentada à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93056
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

3
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

2
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons