Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93037
Title: Internship and Monograph reports entitled ”Stem Cells: a Novel Therapy for Neuropathic Pain"
Other Titles: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “Células Estaminais: uma Nova Terapia para a Dor Neuropática"
Authors: Gomes, Sofia Seabra
Orientador: Mendes, Alexandrina Maria Ferreira Santos Pinto
Moço, Maria do Carmo Almeida
Silvério, Nuno Miguel
Keywords: Dor crónica; Dor Neuropática; Gestão da Dor; Células Estaminais; Terapia com Células Estaminais; Chronic Pain; Neuropathic Pain; Pain Management; Stem Cells; Stem Cell Therapy
Issue Date: 17-Sep-2020
Serial title, monograph or event: Internship and Monograph reports entitled ”Stem Cells: a Novel Therapy for Neuropathic Pain"
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, Farmácia Moço-Coimbra e Merck.
Abstract: A dor neuropática é parte integrante do espetro de dor crónica, podendo ser causada por uma lesão ou patologia, afetando o sistema somatossensorial, sendo descrita como uma dor espontânea ou provocada. Esta condição é uma preocupação atual, uma vez que provoca dor intensa que leva a uma redução da qualidade de vida e limita a atividade normal das pessoas que dela sofrem, afetando o seu bem-estar físico e psicológico, resultando num maior número de visitas a profissionais de saúde, maior quantidade medicação prescrita e aumento dos custos de cuidados de saúde. O pouco conhecimento existente sobre a etiologia e a fisiopatologia da dor neuropática faz com que esta seja frequentemente sub-avaliada e sub-tratada. A incidência da dor neuropática tem vindo a aumentar devido ao envelhecimento populacional e ao aumento da prevalência de doenças associadas, como a diabetes mellitus, bem como à maior sobrevivência pós-quimioterapia oncológica, também esta causa de dor neuropática. Os tratamentos disponíveis para esta condição providenciam algum alívio dos sintomas, todavia a literatura não demonstra melhorias significativas na perceção da dor ou na qualidade de vida dos doentes. Uma terapia emergente para o tratamento da dor neuropática é a utilização de células estaminais. Esta monografia descreve algumas das teorias que sustentam a classificação, epidemiologia, fisiopatologia e diagnóstico da dor neuropática e apresenta as terapias farmacológicas, combinadas, intervencionais e multi-disciplinares existentes. Posteriormente são analisadas as investigações feitas em modelos de animais e humanos com células estaminais e é apresentado o possível potencial desta nova terapia para o tratamento da dor neuropática.
Neuropathic pain (NP) is part of the chronic pain spectrum caused by a lesion or disease affecting the somatosensory system and is described as spontaneous or evoked pain. NP is an important health concern because it causes intense pain, which impairs the quality of life and functioning of people that suffer from it, affecting both physical and psychological well-being, resulting in more visits to health care providers, increased drug prescription and greater cost of patient care. In addition, due to current lack of understanding regarding its aetiology and pathophysiology, NP is usually underassessed and undertreated. The incidence of NP appears to have increased in recent years and is likely to continue due to such factors as the rise of the ageing population, increased rates of diabetes mellitus and of post-chemotherapy survival for cancer patients. Current treatments for NP provide some amelioration of symptoms but the literature does not show significant improvement in the pain perception or the quality of the patients’ lives. An emerging therapy in the treatment of NP is the use of stem cells. This monograph presents some of the main theoretical underpinnings of the classification, epidemiology, pathophysiology and diagnosis of NP and presents current pharmacological, combination, interventional and multidisciplinary therapies available. It then goes on to examine the research which has been carried out on animal and human models in the area of stem cell therapy and discusses the possible potential of this new therapy for the treatment of NP.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93037
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_DocumentoFinal_SSG final.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

3
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

5
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons