Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93021
Title: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “ Novas Abordagens Terapêuticas na Depressão"
Other Titles: Internship and Monograph reports entitled”New Therapeutic Approaches in Depression"
Authors: Fernandes, Filipe André Pimenta
Orientador: Lemos, Ana Filipa Fontelonga de
Silvestre, Cláudia C.S. C. Correia Dias
Santos, Sónia Alexandra Pinto Ribeiro Silva
Keywords: Depressão; Antidepressivos; Terapia Eletroconvulsiva; Ketamina; Psilocibina; Depression; Antidepressants; Electroconvulsive Therapy; Ketamine; Psilocybin
Issue Date: 28-Sep-2020
Serial title, monograph or event: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “ Novas Abordagens Terapêuticas na Depressão"
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, Farmácia de Celas -Coimbra e Bluepharma
Abstract: A Depressão é uma doença que afeta cada vez mais pessoas no mundo. Atualmente, várias são as hipóteses fisiopatológicas elucidadas para explicar esta patologia. É caracterizada por um conjunto de sinais e sintomas e o seu diagnostico baseia-se na presença de pelo menos cinco. Os antidepressivos são utilizados como primeira linha no tratamento da depressão, no entanto apresentam várias limitações e, para alem disso, uma fração de doentes demonstra ser resistente ao tratamento, refletindo as elevadas taxas de insucesso terapêutico. Atualmente, existem abordagens alternativas desenvolvidas com o objetivo de minorar as limitações do tratamento. Como abordagens terapêuticas não farmacológicas, temos a Terapia Eletroconvulsiva e como abordagens terapêuticas farmacológicas, destaca-se os antidepressivos de ação rápida, mais precisamente, a Ketamina e Esketamina e também fármacos com efeitos alucinogénicos, sendo a Psilocibina a que apresenta maior evidencia científica.A Depressão é uma doença que afeta cada vez mais pessoas no mundo. Atualmente, várias são as hipóteses fisiopatológicas elucidadas para explicar esta patologia. É caracterizada por um conjunto de sinais e sintomas e o seu diagnostico baseia-se na presença de pelo menos cinco. Os antidepressivos são utilizados como primeira linha no tratamento da depressão, no entanto apresentam várias limitações e, para alem disso, uma fração de doentes demonstra ser resistente ao tratamento, refletindo as elevadas taxas de insucesso terapêutico. Atualmente, existem abordagens alternativas desenvolvidas com o objetivo de minorar as limitações do tratamento. Como abordagens terapêuticas não farmacológicas, temos a Terapia Eletroconvulsiva e como abordagens terapêuticas farmacológicas, destaca-se os antidepressivos de ação rápida, mais precisamente, a Ketamina e Esketamina e também fármacos com efeitos alucinogénicos, sendo a Psilocibina a que apresenta maior evidencia científica.
Depression is a disease that affects an increasing number of people worldwide. Several pathophysiological hypotheses have been elucidated to explain this pathology. It is characterized by a set of signs and symptoms and its diagnosis is based on the presence of at least five. Antidepressants drugs are used as a first line in the treatment of depression however, they display several limitations, and, in addition, a fraction of patients prove to be resistant to treatment, thus reflecting in high rates of therapeutic failure. Currently, there are alternative approaches developed to decrease treatment limitations. As non-pharmacological therapeutic approaches, we have Electroconvulsive Therapy and as pharmacological therapeutic approaches, fast-acting antidepressants stand out, primarily, ketamine and esketamine, but also drugs with hallucinogenic effects, being Psilocybin the one with the most scientific evidence.Depression is a disease that affects an increasing number of people worldwide. Several pathophysiological hypotheses have been elucidated to explain this pathology. It is characterized by a set of signs and symptoms and its diagnosis is based on the presence of at least five. Antidepressants drugs are used as a first line in the treatment of depression however, they display several limitations, and, in addition, a fraction of patients prove to be resistant to treatment, thus reflecting in high rates of therapeutic failure. Currently, there are alternative approaches developed to decrease treatment limitations. As non-pharmacological therapeutic approaches, we have Electroconvulsive Therapy and as pharmacological therapeutic approaches, fast-acting antidepressants stand out, primarily, ketamine and esketamine, but also drugs with hallucinogenic effects, being Psilocybin the one with the most scientific evidence.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93021
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relatórios de Estágio e Monografia- Filipe Fernandes.pdf2.22 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

5
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

5
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons