Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93018
Title: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “SARS-CoV-2, da China para o Mundo"
Other Titles: Internship and Monograph reports entitled"SARS-CoV-2, from China to the World"
Authors: Santos, Cátia Daniela Pereira
Orientador: Silva, Ana Miguel Duarte Matos
Lopes, Dina Maria Cordeiro
Ezequiel, José Gomes
Keywords: SARS-CoV-2; Proteína Spike; Morcego; Enzima de Conversão da Angiotensina II; Síndrome da Dificuldade Respiratória Aguda; SARS-CoV-2; Spike Protein; Bat; Angiotensin converting enzyme II; Acute Respiratory Distress Syndrome
Issue Date: 25-Sep-2020
Serial title, monograph or event: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “SARS-CoV-2, da China para o Mundo"
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra ; Farmácia Senhora da Ajuda; Infarmed
Abstract: O Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus (SARS-CoV-2) é um vírus da família Coronaviridae do género Betacoronavírus e do subgénero Sarbecovírus. Tal como todos os coronavírus conhecidos, este é um vírus envelopado com uma única cadeia de ácido ribonucleico (RNA) e apresenta uma estrutura esférica e um diâmetro médio de 125 mm. O genoma do SARS-CoV-2 tem 80,26 % de homologia com o genoma do SARS-CoV, daí a sua designação ter origem no último. Até à data de 19 de julho de 2020 já foram relatados mais de 14 milhões de casos positivos para a infeção por SARS-CoV e mais de 600 mil mortes, distribuídos por 228 países e territórios. Algumas proteínas estruturais são consideradas determinantes, como a proteína transmembranar, designada de proteína M, a proteína da nucleocápside, designada de proteína N, a proteína do envelope viral, designada de proteína E e a proteína Spike, designada de proteína S. A proteína S apresenta-se na forma de saliência à superfície do vírus e é responsável pela interação do vírus com o seu recetor, a Enzima de Conversão da Angiotensina II (ACE2). Esta encontra-se à superfície de algumas células, tais como células pulmonares AT2, células epiteliais estratificadas do esófago superior, enterócitos do íleo e cólon. O morcego é o reservatório e o hospedeiro principal do SARS-CoV-2, contudo existem diferentes estudos que sugerem a existência de hospedeiros intermediários, como o pangolim de Guandong e a civeta. As complicações mais comuns são ao nível pulmonar podendo progredir rapidamente e originar a Síndrome da Dificuldade Respiratória Aguda (SDRA). Esta implica lesão pulmonar e disfunção no sistema de oxigenação. Todavia, a infeção pode levar a complicações ao nível de outros órgãos, tais como o coração, vasos sanguíneos, cérebro, olhos, nariz, fígado, rins e intestinos. Até à data não existe tratamento específico para a infeção por SARS-CoV-2 e esta ainda não se encontra totalmente controlada. É essencial prevenir novas infeções e para isso, é crucial o controlo das fontes de infeção, identificação e bloqueio das rotas de transmissão e por último testar primeiramente a população mais suscetível e posteriormente a restante população.
Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus (SARS-CoV-2) is a virus of the Coronaviridae family of the genus Betacoronavirus and of the subgenus Sarbecovirus. Like all known coronaviruses, this is an enveloped virus with a single ribonucleic acid (RNA) strand, has a spherical structure and an average diameter of 125 mm. The SARS-CoV-2 genome has 80.26% homology with the SARS-CoV genome, hence its designation originated from the latter. As of July 19, 2020, more than 14 million positive cases have been reported for SARS- CoV infection and more than 600,000 deaths, spread across 228 countries and territories.Some structural proteins are considered determinants, such as the transmembrane protein, called the M protein, the nucleocapsid protein, called the N protein, the viral envelope protein, called the E protein and the Spike protein, called the S protein. The S protein presents itself as a protrusion on the surface of the virus and is responsible for the interaction of the virus with its receptor, the angiotensin converting enzyme II (ACE2). This is found on the surface of some cells, such as AT2 lung cells, stratified epithelial cells of the upper esophagus, enterocytes of the ileum and colon.The bat is a reservoir and the main host of SARS-CoV-2, however, there are different studies that suggest the existence of intermediate hosts, such as the Guandong pangolin and the civet.The most common complications are at the pulmonary level and can progress rapidly and lead to Acute Respiratory Difficulty Syndrome (ARDS). This implies lung injury and dysfunction in the oxygenation system. However, the infection can lead to complications at the level of other organs, such as the heart, blood vessels, brain, eyes, nose, liver, kidneys, and intestines.To date, there is no specific treatment for SARS-CoV-2 infection, and it is not yet fully controlled. It is essential to prevent new infections and for that it is crucial to control the sources of infection, identify and block transmission routes and, finally, test the most susceptible population first and then the rest of the population.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93018
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Doc. único - Cátia Santos.pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

4
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

2
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons