Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92973
Title: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “Escherichia coli nas Infeções do Trato Urinário"
Other Titles: Internship and Monograph reports entitled”Escherichia coli in Urinary Tract Infections"
Authors: Gonçalves, Hélder Manuel Figueiredo
Orientador: Silva, Gabriela Conceição Duarte Jorge
Pedrosa, Maria Raquel Gomes
Keywords: Escherichia coli; Infeções do trato urinário; Populações de risco; Resistências a antibiótico; Vacina; Escherichia coli; Urinary tract infections;; Risk populations; Antibiotic resistance; Vaccine
Issue Date: 9-Nov-2020
Serial title, monograph or event: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “Escherichia coli nas Infeções do Trato Urinário"
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra; Farmácia das Marinhas- Esposende
Abstract: As infeções do trato urinário (ITU), são a segunda infeção mais comum nos seres humanos. Anualmente são referenciados mais de 150 milhões de casos a nível mundial, o que representa enormes custos económicos e sociais, já que o diagnóstico e tratamento destas infeções tem um custo associado superior de 6 biliões de dólares por ano. A grande maioria das ITU é causada pela presença de Escherichia coli (E. coli) no trato urinário. A incidência e a gravidade das ITU dependem não só de fatores da bactéria, mas também de fatores do hospedeiro. Alguns dos fatores de virulência da E. coli mais bem descritos incluem adesinas, flagelo, cápsula, toxinas e sideróforos, que são essenciais para a adesão, invasão, colonização e sobrevivência da E. coli no trato urinário. No caso de fatores de risco do hospedeiro incluem-se por exemplo idade, sexo, comorbidades, alterações genéticas entre outros.Atualmente a escolha da terapêutica para as ITU é sobretudo empírica e existem vários antibióticos que podem ser considerados uma opção, como trimetoprim-sulfametoxazol (sulfonamida), quinolonas, antibióticos β-lactâmicos ou aminoglicosídeos. Contudo e tendo em conta o enorme aumento das resistências bacterianas a estas classes de antibióticos, atualmente para o tratamento empírico de cistites não complicadas, as melhores opções parecem ser a fosfomicina ou a nitrofurantoína.Tendo em conta a elevada prevalência de ITU e de resistências a antibióticos, uma boa estratégia é apostar na prevenção. Esta prevenção pode incluir medidas não farmacológicas e/ou medidas farmacológicas, sendo que o cenário ideal seria a descoberta de uma vacina eficaz e segura contra este tipo de infeções. Apesar dos esforços ainda não se conseguiu desenvolver uma vacina eficaz contra as ITU. Contudo, no mercado português temos disponível um imunoestimulante (Uro-Vaxon) que demonstrou ser eficaz e seguro a diminuir as ITU recorrentes.
The urinary tract infections (UTI), are the second most frequent infection in humans. More than 150 million cases are referenced annually worldwide, representing enormous economic and social costs, since the diagnosis and treatment of these infections has an associated cost of more than 6 billion dollars per year. Being, the presence of Escherichia coli (E. coli), in the urinary tract, the main cause of UTI.The incidence and severity of UTI are dependent of bacterial and host factors. Adhesins, flagellum, capsule, toxins and siderophores, are some of E. coli virulence factors, that are essential for E. coli adhesion, invasion, colonization and survival in the urinary tract. The host risk factors include age, sex, comorbidities, genetic alterations, among others.Nowadays, the treatment of UTI is mainly empirical and several antibiotics can be considered, namely trimethoprim-sulfamethoxazole (sulfonamide), quinolones, β-lactam antibiotics or aminoglycosides. However, considering the high levels of bacterial resistance, fosfomycin or nitrofurantoin are the best option to treat uncomplicated cystitis.Taking in consideration the high prevalence of UTI and the high levels of bacterial resistance, prevention should be the focus, when managing this disease. This prevention could be accomplished by behavioral, antibiotic and or non-antibiotic measures. The ideal is to discover an effective and safe vaccine against UTI. Despite the efforts of the scientific community this goal was has not yet been accomplished. However, an immunomodulator (Uro-Vaxon), that proved to be safe and effective to reduce recurrent UTI, is available in Portugal.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92973
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Documento Único Helder Gonçalves .pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

2
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

3
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons