Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92951
Title: Resistência aos Antibióticos em Infeções Adquiridas na Comunidade
Other Titles: Antibiotic Resistance in Community-Acquired Infections
Authors: Domingues, Inês Ladeiro
Orientador: Silvestre, Cláudia C.S. C. Correia Dias
Domingues, Sara Margarida dos Santos
Keywords: Infeções adquiridas na comunidade; Resistência aos antibióticos; Streptococcus pneumoniae; Staphylococcus aureus meticilina resistente; Escherichia coli uropatogénica; Community-acquired infections; Antibiotic resistance; Streptococcus pneumoniae; Methicillin-resistant Staphylococcus aureus; Uropathogenic Escherichia coli
Issue Date: 16-Jul-2020
Serial title, monograph or event: Resistência aos Antibióticos em Infeções Adquiridas na Comunidade
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e Farmácia de Celas
Abstract: As infeções adquiridas na comunidade têm uma prevalência relativamente elevada variando consoante o tipo de infeção, o microrganismo responsável, a localização geográfica, entre outros fatores. Normalmente, estas infeções são resolvidas mais facilmente do que as nosocomiais, contudo tem havido um aumento do número de infeções por bactérias multirresistentes na comunidade levando a falhas terapêuticas.Infeções como a pneumonia adquirida na comunidade, as infeções da pele e tecidos moles e as infeções do trato urinário são as mais comuns e diversos fatores têm contribuído para o aumento da circulação de bactérias resistentes a vários antibióticos na comunidade. Resistências a fármacos como os -lactâmicos, macrólidos e fluoroquinolonas são tanto mais baixas ou mais elevadas consoante a localização geográfica e a sua utilização, contudo bactérias como Staphylococcus aureus resistente à meticilina e Escherichia coli produtora de -lactamases de largo espetro são resistentes à maioria dos -lactâmicos e a sua prevalência na comunidade tem aumentado. É necessário a criação de sistemas de vigilância dos perfis de resistência de modo a ser possível uma melhor seleção dos antibióticos para o tratamento de uma determinada infeção. Devemos também atuar junto dos profissionais de saúde para que se consiga educar a população para uma correta utilização dos antibióticos. .
Community-acquired infections have a relatively high prevalence varying accordingly to the type of infection, the microorganism responsible, the geographic location, among other factors. Typically, these types of infection are solved more easily than the nosocomial ones. However, there has been an increase in the number of infections caused by multidrug-resistant bacteria in the community, leading to therapeutic failure. Infections such as community-acquired pneumonia, skin and soft tissue infections and urinary tract infections are the most common, and several factors have contributed to the increased circulation of bacteria resistant to several antibiotics in the community. Resistance to drugs such as -lactams, macrolides and fluoroquinolones are either lower or higher depending on the region and its use, however, bacteria such as methicillin-resistant Staphylococcus aureus and extended-spectrum -lactamase-producing Escherichia coli are resistant to the majority of -lactams and their prevalence in the community is increasing. The creation of surveillance systems for monitoring the resistance profiles is essential in order to optimize the selection of antibiotics for the treatment of a certain infection. We should also act close to the health care professionals in order to educate the population on the correct use of antibiotics. .
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92951
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Documento único - Inês Domingues.pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

14
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

5
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons