Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92948
Title: Relatório de Estágio e Monografia Intitulada "A enxaqueca enquanto reação adversa ao medicamento"
Other Titles: Internship and Monograph reports entitled"A migraine as an adverse drug reaction"
Authors: Luxo, Maria Margarida Canas Lousado de Melo
Orientador: Alves, Carlos Miguel Costa
Marques, Gilda Pereira Dias
Keywords: Cefaleias; Enxaqueca; RAM; Farmacovigilância; Notificações; Headache; Migraine; RAM; Pharmacovigilance; Notification
Issue Date: 27-Jul-2020
Serial title, monograph or event: Relatório de Estágio e Monografia Intitulada "A enxaqueca enquanto reação adversa ao medicamento"
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e Farmácia Universal
Abstract: A enxaqueca é uma cefaleia primária, que afeta cerca de 15% da população adulta, classificada como a segunda doença mais incapacitante do mundo, podendo estar associada a um impacto negativo considerável na qualidade de vida do indivíduo. A enxaqueca pode ser classificada em enxaqueca com aura e enxaqueca sem aura. Pode estar associada a variadas causas, e por vezes, pode estar mesmo subdiagnosticada.Existe terapêutica não farmacológica (co-adjuvante da prevenção) e farmacológica (sintomático/agudo e/ou profilático), que pode ser adequada consoante o perfil do doente, frequência/gravidade das crises, bem como, comorbilidades associadas. Através da análise e interpretação das notificações de Reação Adversa ao Medicamento (RAM) ‘enxaqueca’ recebidas pelo Sistema Nacional de Farmacovigilância (SNF), foi possível perceber a prevalência do género feminino, as Hormonas e Medicamentos usados no tratamento de doenças endócrinas e os Medicamentos que atuam no Sistema Nervoso Central como os grupos terapêuticos mais notificados.A enxaqueca embora seja notificada como reação adversa, com base na causalidade imputada, tem pouca probabilidade de ocorrer. Existe, efetivamente, subnotificação, por parte dos profissionais de saúde e dos utentes, em geral.É importante efetuar um enquadramento geral da doença, da sua terapêutica não farmacológica e farmacológica e perceber o papel da enxaqueca enquanto reação adversa associado à toma de um medicamento. Neste trabalho foram analisadas as notificações de Reação Adversa ao Medicamento (RAM) ‘enxaqueca’ que foram reportadas ao Sistema Nacional de Farmacovigilância (SNF) entre janeiro de 2010 e dezembro de 2019. Desta forma, pretende-se fazer uma análise descritiva dos casos, avaliando, a média de idade dos doentes, a proporção de doentes de cada sexo, medicamentos suspeitos mais frequentes, a proporção de casos graves, a avaliação do conhecimento prévio e da causalidade.
Migraine is primary headache, which affect roughly 15% of the adult population, classified as the second most disabling disease, which can also be associated with a negative impact in an individual’s life. Migraine can be classified as migraine with aura or migraine without aura. They can be associated with a lot of different causes, and many times can be under diagnosed. There is none pharmacological therapy (that help prevention), and pharmacological therapy that has to be modified to fit the profile of the patient in question, the frequency and severity of the migraines, and other associated comorbidities. Through the analysis and interpretation of the RAM ‘migraine’, received by SNF, it was possible to understand that there is prevalence in individuals of the female gender, the hormones and medicines used to treat endocrine diseases and the medicines that act on the Central Nervous System. Although migraine is classified as the adverse reaction, there is a small probability of it happening.There is, indeed, underreporting by health professionals and patients in general.It is important to make a general picture of the disease, its non-pharmacological and pharmacological therapy and understand the role of migraine as an adverse reaction associated with taking a medication. In this work, the 'Migraine' Adverse Reaction to Medicines (RAM) notifications that were reported to the National Pharmacovigilance System (SNF) between January 2010 and December 2019 were analyzed. In this way, it is intended to make a descriptive analysis of the cases, evaluating, the average age of the patients, the proportion of patients of each sex, most frequent suspicious drugs, the proportion of serious cases, the assessment of previous knowledge and causality.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92948
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Margarida Luxo Documento Unico.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

27
checked on May 13, 2021

Download(s)

27
checked on May 13, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons