Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92917
Title: Relatório de Estágio e Monografia "Causas e consequências da resistência aos antibióticos"
Other Titles: Internship Report and Monography "Causes and consequences of antibiotic resistance"
Authors: Morgado, Ana Margarida Manaia
Orientador: Martins, Isabel Maria Cunha
Domingues, Sara Margarida dos Santos
Keywords: Farmácia Moderna; Análise SWOT;; Resistência aos antibióticos;; Atividade antropogénica;; Bactéria; Saúde pública;; Disseminação; Farmácia Moderna; SWOT analysis;; Antibiotic resistance;; Anthropogenic activity;; Bacteria; Public health;; Dissemination
Issue Date: 10-Jul-2020
Serial title, monograph or event: Relatório de Estágio e Monografia "Causas e consequências da resistência aos antibióticos"
Place of publication or event: FFUC (Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra); Farmácia Moderna - Arganil
Abstract: Este relatório de estágio descreve as atividades realizadas durante o estágio curricular em farmácia comunitária (Farmácia Moderna – Arganil) sob a forma de uma análise SWOT (Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças). No final, são ainda descritos alguns casos práticos de aconselhamento na farmácia. O meu estágio curricular decorreu entre 6 de janeiro de 2020 e 19 de junho de 2020. Relativamente à monografia, os antibióticos têm como função matar bactérias ou impedir o seu crescimento e representam avanços muito importantes em saúde pública, podendo ser utilizados para tratamento ou profilaxia de doenças causadas por bactérias. No entanto, estes podem tornar-se ineficazes devido à resistência bacteriana. A resistência aos antibióticos é considerada uma ameaça à saúde pública pela Organização Mundial de Saúde. Os antibióticos podem atuar em diferentes alvos nas bactérias, nomeadamente a parede celular, membrana celular, síntese proteica, síntese de ácidos nucleicos e metabolismo do ácido fólico. As bactérias desenvolveram alguns mecanismos de resistência, como a diminuição da entrada do antibiótico ou o seu efluxo, inativação dos antibióticos por hidrólise ou modificação enzimática e a alteração dos alvos dos antibióticos. O aumento da resistência aos antibióticos é causado por atividades de origem humana (antropogénicas), incluindo a prescrição inadequada de antibióticos, automedicação com antibióticos, viagens internacionais, higiene das mãos inadequada, o uso de antibióticos promotores do crescimento em animais e contaminação ambiental, e ainda por mecanismos de genética bacteriana (mutações e transferência vertical e horizontal de genes), que contribuem para a disseminação dos genes de resistência. As consequências da resistência aos antibióticos incluem o aumento de infeções por bactérias resistentes (MRSA, por exemplo), dificuldades na realização de procedimentos cirúrgicos, perdas económicas, impactos no microbioma e produção de alimentos. É urgente tomar medidas para combater a resistência aos antibióticos e deve haver cooperação entre vários elementos (incluindo farmacêuticos, médicos e comunidade em geral) nos programas de Antimicrobial Stewardship.
This internship report describes activities carried out during the internship in community pharmacy (Farmácia Moderna – Arganil) in the form of a SWOT analysis (Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats). In the end of this report, there are still some practical cases of counseling in the pharmacy. My curricular internship took place between January 6, 2020 and June 19, 2020. Regarding the monography, antibiotics kill bacteria or prevent their growth, and they represent very important advances in public health. Antibiotics can be used for the treatment or prophylaxis of diseases caused by bacteria. However, they can become ineffective due to bacterial resistance. World Health Organization considers Antibiotic Resistance a threat to public health. Antibiotics can act on different targets in bacteria, such as the cell wall, cell membrane, protein synthesis, nucleic acid synthesis and folic acid metabolism. Bacteria have developed some resistance mechanisms, such as decreasing the entry of the antibiotic, efflux pumps, inactivation of antibiotics by hydrolysis or enzymatic modification and alteration of antibiotic targets.The increase in resistance to antibiotics is caused by activities of human origin (anthropogenic activities), including inappropriate prescription, self-medication with antibiotics, international travel, inadequate hand hygiene, the use of antibiotics that promote growth in animals and environmental contamination, and also by mechanisms of bacterial genetics (mutations and vertical and horizontal gene transfer), which contribute to the spread of resistance genes.The consequences of antibiotic resistance include increased infections by resistant bacteria (MRSA, for example), difficult in performing surgical procedures, economic losses, impacts on the microbiome and food production.There is an urgent need to take measures to combat antibiotic resistance and there must be cooperation between various elements (including pharmacists, doctors and community) in Antimicrobial Stewardship programs.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92917
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DOCUMENTO UNICO FINAL.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

6
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

5
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons