Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92771
Title: Força dos Sistemas de Práticas de Gestão de Pessoas: o Bem-estar como antecedente ao apoio à mudança organizacional
Other Titles: People Management Practices Systems Strength: Well-being as an antecedent to support organizational change
Authors: Moreira, Fernando Itapá
Orientador: Oliveira, Teresa Carla Trigo de
Keywords: força do sistema de recursos humanos; atribuições; práticas de gestão de pessoas; comprometimento afetivo; suporte organizacional; human resources system strength; attributions; people management practices; affective commitment; organizational support
Issue Date: 16-Dec-2020
Serial title, monograph or event: Força dos Sistemas de Práticas de Gestão de Pessoas: o Bem-estar como antecedente ao apoio à mudança organizacional
Place of publication or event: Universidade de Coimbra
Abstract: O mundo globalizado tem deixado as sociedades contemporâneas excessivamente expostas às alterações cada vez mais aceleradas. Para sobreviverem nestes contextos tão dinâmicos, as organizações são obrigadas a promoverem mudanças e emerge nestas circunstâncias a importância da gestão de pessoas. As sucessivas crises vêm impondo sérias dificuldades econômicas aos governos, sociedades, empresas e pessoas, agravando diferenças e trazendo acentuada insegurança com preocupantes resultados na saúde das pessoas. O panorama atual impõe que sejam repensadas as políticas, as práticas de gestão e suas atribuições, as quais, até aqui, têm priorizado os objetivos estratégicos das organizações, abandonando em um plano inferior o bem-estar dos funcionários. Nas últimas décadas, acadêmicos têm destacado o importante papel dos Recursos Humanos (RH) nas organizações como agente de mudança, propondo estratégias para integrar práticas de trabalho que privilegiam o desempenho, mas pouco se sabe sobre até que ponto o RH influencia o contexto da mudança para promover respostas positivas dos funcionários e dar suporte organizacional. Diversos indicadores apontam para melhoria dos índices organizacionais através da implementação de sistemas de trabalho de elevado desempenho e comprometimento, mas o entendimento de como o comprometimento dos funcionários contribui para o sucesso dos processos de mudança organizacional, além de como motivar esse comprometimento com vistas a gerar bem-estar, ainda é escasso. A compreensão do contexto da mudança pode ser um fator diferenciador para que os funcionários a entendam e se comprometam com ela, o que pode ser um eficaz mediador para o bem-estar e estar perfeitamente alinhada com os objetivos estratégicos da organização. Entender as maneiras pelas quais o RH pode ser o principal agente motivacional para a implementação de novas diretrizes e mudanças é relevante para compreender os mecanismos que levam a um maior comprometimento com a estratégia organizacional de forma integrada ou isolada, beneficiando indivíduos e organizações em alinhamento com o modelo de ganhos mútuos.
The globalized world has left contemporary societies excessively exposed to ever more accelerating changes. To survive in such dynamic contexts, organizations are obliged to promote changes and the importance of people management emerges in these circumstances. Successive crises have been imposing serious economic difficulties on governments, societies, companies and people, aggravating differences and bringing marked insecurity with worrying results in people's health. The current scenario requires that policies, management practices and their attributions be rethought, which, until now, have prioritized the strategic objectives of organizations, abandoning the well-being of employees and people management at a lower level. In recent decades, academics have highlighted the important role of Human Resources (HR) in organizations as an change agent, proposing strategies to integrate work practices that privilege performance, but little is known about the extent to which HR influences the change context to promote positive employee responses and provide organizational support. Several indicators point to the improvement of organizational indexes through the implementation of high performance and commitment work systems, but the understanding of how employee commitment contributes to the success of organizational change processes, as well as how to motivate this commitment to generate well-being is still scarce. Understanding the context of change can be a differentiating factor for employees to understand and commit to it, which can be an effective mediator for well-being and be perfectly aligned with the organization's strategic objectives. Understand how HR can be the main motivational agent for the implementation of new guidelines and changes is relevant to understand the mechanisms that lead to a greater commitment to the organizational strategy in an integrated or isolated way, benefiting individuals and organizations in alignment with the mutual gains model.
Description: Dissertação de Mestrado em Administração Público-Privada apresentada à Faculdade de Direito
URI: http://hdl.handle.net/10316/92771
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_Fernando Moreira_2018239825.pdf739.83 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

5
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

16
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons