Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92551
Title: Estimativa da Idade pela medição dos ápices dos dentes mandibulares permanentes: Validação do Método de Cameriere em crianças moçambicanas
Other Titles: Age estimation in Mozambican children by measurement of open apices in mandibular permanent teeth
Authors: Mathe, Jacinto Adriano
Orientador: Cunha, Eugénia Maria Guedes Pinto Antunes da
Cameriere, Robert
Keywords: Estimativa da idade; Método de Cameriere; Ortopantomografias; Crianças moçambicanas; Antropologia Forense; Age estimation; Cameriere’s method; Orthopantomographs; Mozambican children; Forensic Anthropology
Issue Date: 15-Jul-2020
Serial title, monograph or event: Estimativa da Idade pela medição dos ápices dos dentes mandibulares permanentes: Validação do Método de Cameriere em crianças moçambicanas
Place of publication or event: Maputo, Moçambique
Abstract: A estimativa de idade em subadultos é fundamental na tomada de decisões sobre o trabalho infantil, adoções, responsabilidade criminal dos supostos menores de idade, sobre o pedido de estatuto de refugiado/asilo político, prostituição, pornografia de menores, entre outros. A Antropologia Forense tem vindo a desempenhar um papel importante na avaliação da idade de menores. Os métodos não invasivos, baseados na idade dentária e na idade óssea, e com elevadas precisão e acurácia são legalmente aceites para a estimativa de idade de menores vivos. O método de Cameriere é um método de avaliação da idade dentária radiológico legalmente aceite e já validado em variadas populações, para as quais foram criadas equações de regressão específicas. Não existindo nenhum método de estimativa da idade de menores que tenha sido desenvolvido com base em amostras moçambicanas, a presente dissertação visou, precisamente, fazê-lo, nomeadamente testando o método de Cameriere et al. (2006) na estimativa da idade em crianças Moçambicanas. Para o efeito, analisou-se uma amostra de 120 ortopantomografias (OPTs) realizadas entre 2014 e 2020 na clínica DentalCare em Moçambique. As OPTs pertencem a pacientes da clínica (78 masculinos e 42 femininos) com idades entre os 6 e 16 anos. Foram testadas as equações de regressão de Cameriere et al. (2006) desenvolvida com base numa amostra italiana e de Angelakopoulos et al. (2019) desenvolvida com base numa amostra sul-africana. O objetivo era assim validar as equações de Cameriere et al (2006) e, mediante os resultados, desenvolver equações específicas para Moçambique. A equação de Cameriere apresentou diferenças significativas (p<0.05) com subestimativa da idade em ambos sexos (-1.288 masculinos e -0.671 femininos), enquanto a equação de Angelakopoulos et al. (2019) não apresentou diferenças significativas (p>0.05), tendo subestimado a idade dos rapazes e das raparigas em apenas -0.63 e -0.36 anos, respetivamente. A equação de regressão para a amostra moçambicana foi criada com base na regressão linear múltipla e nesta equação não foram verificadas diferenças estatisticamente significativas entre os sexos. Concluiu-se que o método de Cameriere adaptado, ou seja, a equação de regressão obtida na presente investigação, é aplicável nos menores moçambicanos entre 6 e 16 anos de idade. Porém, mais estudos são recomendados com uma amostra maior, abrangendo as três regiões de Moçambique (sul, centro e norte) e, também, com uma faixa etária mais alargada não só para a validação imprescindível do modelo criado neste estudo, como também para melhorar a sua acurácia.
Estimating age in sub-adults is essential in decision-making regarding adoption, criminal liability of alleged minors, child labor, political asylum requests, prostitution, child pornography, among others. Forensic Anthropology has played an important role in age estimation of sub-adults. Non-invasive methods based on dental and bone ages with high accuracy and precision are legally accepted in age determination of living sub-adults. The Cameriere method of dental-age estimation is a radiographic method that is legally accepted for estimating the age of living minors and has been validated in several regions, resulting in the creation of population-specific regression models. Nevertheless, a model is yet to be developed for Mozambique. This dissertation aims to validate the applicability of the method of Cameriere in the age estimation of Mozambican minors and to formulate a regression model specific to this population. The Cameriere method is tested by comparing a sample of the subadult population of Mozambique with the original regression model developed by Cameriere et al. (2006) from an Italian population and an adapted model developed by Angelakopoulos et al. (2019) from a South African population. This sample consists of 120 orthopantomographs (OPT) of 78 males and 42 females aged between 6 and 16 years, carried out between 2014 and 2020 at the DentalCare clinic located in Maputo, Mozambique. Data analysis revealed that the age estimated by Cameriere et al. (2006)’s model was significantly different from the real age with age underestimated by 1.288 in males and 0.671 years in females, while Angelakopoulos et al. (2019)’s model was not significantly different with age underestimated by -0.63 in males and -0.36 years in females. The Mozambican multiple linear regression model, adapted from the Carmeriere method, was successfully created and no significant difference between sexes was found. It is concluded that this model is applicable to the Mozambican population aged between 6 and 16 years old. However, more studies with larger samples and broader age groups, covering the three Mozambican regions (south, center and north), are recommended not only to validate the model created in this study, but also to improve its accuracy.
Description: Dissertação de Mestrado em Antropologia Forense apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92551
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação_MSc_Mathe_2020.pdf6.93 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

4
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

2
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons