Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92138
Title: Acoustic Ecology of Red Deer in a Mediterranean Landscape
Other Titles: Ecologia Acústica do Veado numa Paisagem Mediterrânica
Authors: Miranda, Raquel Martins Pinto
Orientador: Alves, Joana Alexandra Silva
Sousa, José Paulo Filipe Afonso de
Keywords: Cervus elaphus; Ecologia acústica; Paisagem sonora; AudioMoths; vocalizações; Cervus elaphus; Acoustic ecology; Soundscape; AudioMoths; roars
Issue Date: 16-Nov-2020
Serial title, monograph or event: Acoustic Ecology of Red Deer in a Mediterranean Landscape
Place of publication or event: Centre for Functional Ecology - Science for People & the Planet
Abstract: A relação mediada pelo som entre os animais e o ambiente que os rodeia, designa-se de Ecologia Acústica. A Ecologia Acústica é nos dias de hoje, uma das áreas de estudo mais emergente e inovadora, sendo de extrema relevância o estudo dos sons nos meios em que os animais vivem, principalmente em estudos comportamentais. Os veados são animais que apresentam um elevado dimorfismo sexual. Uma das grandes diferenças entre os sexos é o facto de os machos emitirem vocalizações na época de reprodução, comummente chamados bramidos. Durante esta época de reprodução, os machos bramam para competir pela atração das fêmeas e defendê-las de possíveis machos rivais. Nesta fase, os machos começam a adotar um comportamento cada vez mais agressivo separando-se dos outros machos, e emitindo bramidos para constituírem os seus haréns.Este estudo tem como objetivo estudar os padrões espaciais e temporais destas vocalizações emitidas pelos machos. Através da colocação de AudioMoths, na Serra da Lousã, foi possível fazer uma análise dos bramidos dos machos durante a sua época de brama, que ocorre entre setembro e outubro. Os nossos resultados mostraram que os machos têm a sua atividade de brama concentrada durante a noite, apresentando um comportamento noturno. Um aumento significativo de bramidos foi observado durante o pico da brama. Também notamos que alguns parâmetros climáticos, como a temperatura e o vento, e alguns parâmetros ambientais, como a altitude e o declive, podem ter um impacto negativo na emissão destas vocalizações. Relativamente ao tipo de habitat escolhido pelo veado para bramar na área de estudo, foi notório um maior número de bramidos nas florestas de coníferas, que são zonas mais recatadas e com menor ruido antropogénico. Embora este estudo proporcione novas informações sobre a época de brama do veado, a ausência de estudos sobre esta temática noutras populações de veado não permite efetuar comparações ou retirar conclusões mais globais. Estudos futuros são necessários para comparar estes resultados com resultados de outros ambientes e outras populações de veado, bem como a caracterização destas vocalizações para entender verdadeiramente o papel dos bramidos durante uma das épocas mais importantes para o veado, que é a época de acasalamento.
The relationship mediated by sound between animals and the environment around them is designated Acoustic Ecology. Acoustic Ecology is nowadays one of the most emerging and innovative areas of study, and the study of sounds in the habitat in which animals live is extremely important, especially in behavioural studies. Red deer are animals with a high sexual dimorphism. One of the great differences between the sexes is in the fact that males emit vocalizations at the rut season. During this season, males roar to compete for the attraction of females and defend them from possible rival males. At this point, males begin to adopt increasingly aggressive behaviour moving away from the other males and emitting roars to constitute their harems.This study aim is to understand the spatial and temporal patterns of these vocalizations emitted by males. By placing AudioMoths in the Lousã Mountain, it was possible to analyze the roars of males during their roaring season, between September to October. Our results showed that males have their roaring activity focused at night, showing a nocturnal behaviour. A significant increase in roars was observed during the peak of the roaring season. We also noticed that some climatic parameters, such as temperature and wind, and some environmental parameters, such as altitude and slope, can have a negative impact on the production of vocalizations. Regarding the type of habitat chosen by the red deer to roar in the study area, is was noticeable a higher number of roars in coniferous forests, which are more reserved areas and with lower anthropogenic noise.Although this study brings new insights on red deer roaring season, the lack of other studies on this subject in other red deer populations does not allow further comparisons and conclusions. Future studies are needed to compare these results with results from other habitats and other red deer populations, as well as the characterization of these vocalizations to truly understand the role of the roars during one of the most important season for red deer, which is the rut season.
Description: Dissertação de Mestrado em Ecologia apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92138
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação-Raquel-Miranda.pdf1.82 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

8
checked on Jan 14, 2021

Download(s)

2
checked on Jan 14, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons