Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/91210
Title: A Real Barraca da Ajuda: mapeamento e reconstituição históricos
Other Titles: The Real Barraca da Ajuda: historical reconstituition
Authors: Fernandes, Diogo Lemos
Orientador: Lebre, Rui Aristides Bixirão Neto Marinho
Lobo, Rui Pedro Mexia
Keywords: REAL BARRACA DA AJUDA; D.JOSÉ I; PALÁCIO; ARQUITETURA RÉGIA; BELÉM-AJUDA; REAL BARRACA DA AJUDA; D.JOSÉ I; PALACE; ROYAL ARCHITECTURE; BELÉM-AJUDA
Issue Date: 27-Mar-2019
Serial title, monograph or event: A Real Barraca da Ajuda: mapeamento e reconstituição históricos
Place of publication or event: Departamento de Arquitectura, FCTUC
Abstract: Esta dissertação de mestrado tem como principal objetivo analisar, organizar e sistematizar toda a documentação encontrada sobre o extinto palácio apelidado Real Barraca da Ajuda. A procura documental e estudo historiográfico justificam a sua pertinência ao ter-se como premissa expressar visualmente o complexo palaciano da Real Barraca da Ajuda. A investigação pretende, num primeiro plano, remeter o caso de estudo aos seus antecedentes, origens e precedentes, procurando elucidar com precisão não só a sua envolvente urbana e contextos social, político e económico, como também compreende-lo enquanto obra arquitetónica per si.Torna-se importante integrar uma noção mais precisa e “materializada” sobre o caso de estudo, visando uma mais plena compreensão do mesmo. Apesar de existir matéria documental que expresse a lógica organizacional deste complexo arquitetónico, a sua leitura como corpo com “vida” é apenas feita documentalmente, por texto e em poucas e parcas representações de época. Em suma, os poucos registos documentais existentes sobre o palácio não permitem a sua satisfatória compreensão. Neste sentido, foi produzido “material visual” (modelos bi e tridimensionais) que facilitaram a sua leitura enquanto objeto arquitetónico e contexto urbano e que, espero, possa também potenciar outros tipos de investigações sobre temas convergentes. A construção de uma morada régia na zona do Alto da Ajuda - que perdurou na história como Real Barraca - deve-se à catástrofe que foi o terramoto de Lisboa de 1755. Será a partir daqui que o monarca D.José I, fragilizado pelo terror vivido na capital e no reino, se recusará a habitar em edifícios de pedra. Consequentemente, esta atitude de recusa em residir nos palácios reais disponíveis como Mafra, proporcionará que se repense a forma de se produzir arquitetura régia num novo paradigma onde, contrariamente ao reinado anterior de D.João V, se aplicarão materiais mais efémeros mas que acabarão por contribuir para que este palácio arda e se extinga no ano de 1794.Esta investigação trata, portanto, de capturar este breve e efémero momento da história da arquitetura palaciana e régia portuguesa.
This dissertation purposes to analyze, organize and systematize all the documentation regarding the lost palace called Real Barraca da Ajuda. This gathering of information aims to bring a new collected understanding of its background, origins and precedents, elucidating not only its social, political and economic context but architectural form.This dissertation departs from the problem that, although there exists relevant documentary elements and historiographical research expressing the orgazational logic of this architectural complex, its understandings as an architectural body with “life” has been something missing. Most existing representations of it exists in text and through very few original drawings. In other words, the limited documental records about the Real Barraca da Ajuda do not allows its full understanding as once lived architectural complex and urban space. This dissertation therefore, aims to help correting this problem by producing a more precise and “materialized” notion of its architectural shape and urban life.Together with a detailed analysis of existing historical records and relevant research, this wok attemps to visually reproduce the palace, rendering its architectural program and life a more concrete reality. It is this work’s intention this material may serve future research on the subject. This construction of a royal palace at the top of the Alto da Ajuda remembered the Real Barraca was born of the disaster that was the 1755’s Lisbon earthquake. Fearing life in stone constructions, king D.José I refused move to other palaces in the kingdom, ordering instead the erection of a new palace that would put his mind at ease with the possibility of other earthquakes. Unlike the ruler king D.João V, this decision born of fear will produce a new way of conceiving royal architecture, bringing to the fore more ephemeral materials than stone, brick and cement. Ultimately, this will contribute to the demise of the Real Barraca, consumed by fire in 1794. This dissertation is about capturing this brief and ephemeral moment in royal and palatial architecture.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitetura apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/91210
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação MIARQ Diogo Lemos Fernandes 2019.pdf12.54 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

22
checked on Dec 3, 2020

Download(s)

17
checked on Dec 3, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons