Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/91067
Title: A naturalização do estranhamento: O caso do ruído urbano
Authors: Fortuna, Carlos 
Keywords: Cidade; Modernidade; Ruído
Issue Date: 2020
Publisher: Associação Portuguesa de Sociologia
Serial title, monograph or event: X Congresso Português de Sociologia. Na era da "pós-verdade"? Esfera pública, cidadania e qualidade da democracia no Portugal contemporâneo
Place of publication or event: Lisboa
Abstract: No contexto urbano de hoje, conviver com o ruído deixou de ser surpreendente e inusitado à medida que através de dispositivos sociopsicológicos que o ruído foi naturalizado e tornado banal. Perante a novidade ruidosa da cidade moderna, surgiram argumentos artísticos em prol da domesticação do ruído (Russolo, Álvaro de Campos, Boccioni), a que se juntaram académicos (Simmel e Lessing) a sustentar um espaço sensorial que reavalia o significado dos sons urbanos. Este texto expõe alguns destes contributos e assinala a ausência desta discussão nas agendas de análise sociológica em Portugal.
URI: http://hdl.handle.net/10316/91067
ISBN: 978-989-97981-5-1
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A naturalizacao do estranhamento.pdf614.89 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

2
checked on Oct 27, 2020

Download(s)

2
checked on Oct 27, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.