Title: Para-Suicídio - Contributo para uma Compreensão Clínica dos Comportamentos Suicidários Recorrentes. Coimbra, ed. autor, 1997, 1 vol., 341 p.
Authors: SARAIVA, Carlos Manuel Bráz 
Keywords: Neuropsiquiatria
Issue Date: 1998
Abstract: A partir da definição de para-suicídio, o autor elabora uma metodologia de investigação que, não se restringindo a uma perspectiva quantitativa do fenómeno, permite a possibilidade de um estudo sob uma faceta qualitativa e eminentemente clínica. O desenho do trabalho de campo decorre da constatação comum na literatura sobre comportamentos suicidiários de que, apesar de conhecidos os perfis sociodemográficos, permanecem obscuros os esquemas mentais subjacentes. A investigação incide sobre 165 para-suicidas (40 homens e 125 mulheres) entrados no Serviço de Urgência dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC) de 1 de Janeiro de 1994 a 31 de Dezembro de 1995. A amostra não inclui todos os para-suicidas, mas tão somente aqueles que, sendo seguidos clinicamente, concluiram a investigação a partir da Entrevista de Avaliação de Comportamentos Suicidiários - EACOS , criada pela Consulta de Prevenção do Suicídio (CPS) dos HUC, e de uma bateria de testes de avaliação de desesperança, intenção suicida, acontecimentos de vida, psicopatologia geral, estratégias de adaptação, depressão e personalidade. O empirismo clínico, decorrente da observação de centenas de doentes para-suicidas bem como ensaios preliminares psicométricos pelo Inventário da Resolução de Problemas - IRP (Vaz Serra, 1998), permite ao autor postular a existência de dois subgrupos a partir de um ponto de corte: os designados Não Grandes Recorrentes (NGR), com um ou dois para-suicídios nas suas histórias clínicas (n=116), e os Grandes Recorrentes (GR), com três ou mais para-suicídios (n=49). Para além das comparações entre a população para-suicida dos subgrupos NGR e GR, a comparação é estabelecida com o grupo de controlos normais (N) nas áreas sociodemográficas, desenvolvimento, interacção familiar, personalidade, antecedentes, factores circunstanciais, nosologia e psicometria. Os grandes objectivos são conhecer os perfis sociais, psicológicos e psicopatológicos do para-suicida e as diferenças entre os NGR e os GR. Por outro lado, são estudadas as diferenças entre sexos e entre adolescentes e adultos para-suicidas. O ensaio de um modelo hipotético para um compreender e explicar do trajecto ideação, para-suicídio, suicídio é também apresentado.
URI: http://hdl.handle.net/10316/908
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.