Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90162
Title: Gestão da Manutenção de Edifícios Públicos - Património da Direção Regional da Cultura dos Açores
Other Titles: Maintenance Management of Public Buildings - Heritage of the Regional Directorate for Culture of the Azores
Authors: Ferreira, Lélia Maria Vieira
Orientador: Paiva, Anabela Gonçalves Correia de
Silva, José António Raimundo Mendes da
Keywords: Modelo; Manutenção; Edifícios; DRC; Model; Maintenance; Buildings; DRC
Issue Date: 19-Mar-2020
Serial title, monograph or event: Gestão da Manutenção de Edifícios Públicos - Património da Direção Regional da Cultura dos Açores
Place of publication or event: DEC-FCTUC
Abstract: A manutenção e reabilitação dos edifícios públicos da Região Autónoma dos Açores não é ainda uma realidade suficientemente consolidada, dando constantemente lugar à construção de novos edifícios. Por um lado, por questões políticas, por outro lado, por questões financeiras, uma vez que as comparticipações são maioritariamente direcionadas para a construção de edifícios novos.Nesta dissertação, pretende-se desenvolver um modelo de plano de gestão da manutenção para os edifícios a cargo da Direção Regional da Cultura (DRC), que posteriormente poderá ser adaptado, por esta entidade, a cada um dos seus edifícios, em função das suas especificidades. O modelo desenvolvido é simples e esquemático, por forma a que, o representante do edifício, tendo ou não experiência na área, consiga executá-lo com facilidade e de forma o mais autónoma possível. Foram ainda desenvolvidos 3 submodelos, com base no modelo base, devido à grande diversidade dos edifícios em estudo. Devido à insularidade do arquipélago, pretendeu-se ainda testar a utilização de ferramentas tecnológicas de comunicação à distância.Para o desenvolvimento do modelo e submodelos foi feito o levantamento e caracterização dos 49 edifícios a cargo da DRC. O modelo de plano de gestão inicia-se com a identificação edifício e com a escolha do submodelo. Com base na calendarização do submodelo identificam-se os elementos construtivos que serão alvo de inspeção. Seguidamente determina-se se há necessidade de intervenção e, por fim, regista-se a decisão/intervenção e dá-se por fim o ciclo de manutenção O modelo de plano de gestão da manutenção foi aplicado a três casos práticos, sendo aplicado cada um dos submodelos a um dos casos práticos. Em dois dos casos a aplicação foi feita presencialmente e no terceiro utilizando ferramentas de comunicação à distância.Conclui-se que o modelo e submodelos desenvolvidos são de fácil aplicação pelos representantes dos edifícios, mesmo que não sejam especializados na área da manutenção e estão adaptados ao universo de edifícios da DRC. Este modelo poderá ser aplicado recorrendo-se à utilização de ferramentas de comunicação à distancia. Estas ferramentas permitem que a DCR dê um maior apoio aos representantes dos edifícios, reduza os custos associados às deslocações e às estadias dos técnicos, bem como otimize o seu tempo de trabalho, dado que o número de viagens a realizar pode ser reduzido substancialmente.
The maintenance and rehabilitation of public buildings in the Autonomous Region of the Azores is not yet a consolidated reality, as decisions are constantly giving way to the construction of new buildings. On the one hand, for political reasons, on the other hand, for financial reasons, since the contributions are mostly directed towards the construction of new buildings.This dissertation intends to develop a model of maintenance management plan for buildings under the responsibility of the Regional Directorate for Culture (DRC), which can later be adapted, by this entity, to each of its buildings, depending on their specificities. The model developed is simple and schematic, so that the building representative, whether having experience in the area or not, they can execute it easily and in the most autonomous way possible. Three sub-models were also developed, based on the original model, due to the great diversity of the buildings under study.Due to the insularity of the archipelago, it was also intended to test the use of remote communication tools.For the development of the model and sub-models, a survey and characterization of the 49 buildings under the responsibility of the DRC was carried out.The management plan model starts with building identification and choosing the sub-model. Based on the schedule of the sub-model, the construction elements that will be the target of inspection are identified. Then it is determined if there is a need for intervention and finally, the decision / intervention is registered and the maintenance cycle is finally given.The maintenance management plan model was applied to three practical cases, with each of the sub-models being applied to one of the practical cases. In two of the cases, the application was made on site and in the third one, using remote communication tools.It is concluded that the model and sub-models developed are easy to apply by the representatives of the buildings, even if they are not specialized in the maintenance area and are adapted to the universe of DRC buildings. This model can be applied using remote communication tools. These tools allow DCR to give greater support to building representatives, reduce costs associated with travel and technicians' stays, as well as optimize technicians' working time, as the number of trips to be made can be substantially reduced.
Description: Dissertação de Mestrado em Reabilitação de Edifícios apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/90162
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

9
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

4
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons