Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90150
Title: "Estimativa da ancestralidade em indivíduos de uma amostra portuguesa contemporânea através da morfologia dentária"
Other Titles: "Ancestry estimation in individuals from a contemporary Portuguese sample through dental morphology"
Authors: Matos, Sara Isabel Ferreira de
Orientador: Silva, Ana Maria Gama da
Moreira, Luís Miguel do Carmo Rocha Marado
Keywords: Antropologia Forense; afinidades populacionais; Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI; sistema ASUDAS; carateres não métricos; Forensic Anthropology; population affinities; 21st Century Identified Skeletal Collection; ASUDAS system; nonmetric traits
Issue Date: 18-Feb-2020
Serial title, monograph or event: "Estimativa da ancestralidade em indivíduos de uma amostra portuguesa contemporânea através da morfologia dentária"
Place of publication or event: DCV
Abstract: Em antropologia forense, o perfil biológico é composto por quatro parâmetros e a estimativa da ancestralidade é um dos mais difícil de identificar. A dentição humana é útil na estimativa da ancestralidade, sendo a melhor evidência da sua utilidade a morfologia dentária que se baseia no registo de carateres discretas da dentição cuja variação tem uma importante componente de controlo genético. Na presente dissertação foram registados, com recurso ao Arizona State University Dental Anthropology System (ASUDAS), os carateres morfológicos presentes na dentição de 60 indivíduos da Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI da Universidade de Coimbra. Para avaliar o erro intra-observador foram realizados métodos estatísticos, o Kendall’s tau-b, que apresentou resultados com correlações estatísticas de moderadas a fortes e cálculos de precisão das observações, que apresentaram valores de precisão superiores a 90%. Para estimar a ancestralidade, com base na morfologia dentária dos indivíduos foram utilizados o programa rASUDAS (Scott et al., 2018) e o método de Edgar (2013). Os métodos foram comparados limitando assim o número de afinidades populacionais.Os resultados obtidos através da morfologia dentária foram comparados aos resultados obtidos, por Bessa (2017), com o uso do programa 3D-ID e com recurso à morfometria geométrica craniana de indivíduos pertencentes à Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI. Essa comparação foi realizada para demonstrar que a morfologia dentária pode ser uma mais valia para a antropologia forense aquando a estimativa da ancestralidade em indivíduos desconhecidos.
In forensic anthropology, the biological profile is composed by four parameters and the ancestry estimation is one of the most difficult to identify. The human dentition is useful in ancestry estimation, the best evidence of its usefulness is dental morphology, which is based on the registration of discrete dental traits whose variation has an important genetic control.In the present dissertation, with the use of Arizona State University Dental Anthropology System (ASUDAS), the morphological traits present in the dentition of 60 individual from the 21st Century Identified Skeletal Collection housed at the University of Coimbra, were recorded. Statistical methods were used to assess the intra-observer error, Kendall’s tau b, which presented results with moderate to strong statistical correlations and precision calculations of the observations that presented precision values above 90%.To estimate ancestry based on the individuals’ dental morphology, the rASUDAS (Scott et al., 2018) program and Edgar’s method (2013) were used. The methods were compared thus limiting the number of population affinities. The results obtained through dental morphology were compared to the results obtained by Bessa (2017), with the use of the 3D-ID program and cranial geometric morphometry of individuals from the 21st Century Identified Skeletal Collection. This comparison was made to demonstrate that dental morphology can be an asset for forensic anthropology when estimating ancestry in unknown individuals.
Description: Dissertação de Mestrado em Antropologia Forense apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/90150
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação em Antropologia Forense Sara Isabel Matos.pdf812.03 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

9
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

1
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons