Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90095
Title: Insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada - nova síndrome geriátrica?
Other Titles: Heart failure with preserved ejection fraction - new geriatric syndrome?
Authors: Martins, Inês Sofia Pereira Aparício
Orientador: Silva, Hugo Alexandre Clemente da
Verissimo, Manuel Teixeira Marques
Keywords: Insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada; Idoso; Fisiopatologia; Tratamento; Heart failure with preserved ejection fraction; Elderly; Physiopathology; Treatment
Issue Date: 13-Mar-2019
Serial title, monograph or event: Insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada - nova síndrome geriátrica?
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: A insuficiência cardíaca é a causa mais frequente de hospitalização na população geriátrica, sendo a insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada o tipo de insuficiência cardíaca mais comum no idoso. A disfunção diastólica foi no passado encarada como a base fisiopatológica desta condição, que é atualmente considerada uma síndrome complexa, multifatorial, na qual intervêm mecanismos cardíacos e não cardíacos. Um novo paradigma baseado no estado inflamatório induzido por comorbilidades e pelo próprio processo de envelhecimento tem sido proposto para explicar a origem desta síndrome. No entanto, apesar dos avanços na compreensão da fisiopatologia da insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada, o seu tratamento continua por estabelecer e a abordagem destes doentes consiste na terapêutica diurética para controlo sintomático e na otimização das suas comorbilidades. À semelhança de outras formas de insuficiência cardíaca, a inibição neuro-hormonal do eixo renina-angiotensina parecia tratar-se de um alvo interessante na abordagem destes doentes, o que não foi confirmado na maioria dos estudos realizados com estes fármacos. Novos alvos terapêuticos têm sido investigados, persistindo, contudo, a ausência de um tratamento modificador de prognóstico. No que concerne à terapêutica não farmacológica, a prática de exercício físico é considerada uma abordagem relevante nestes doentes. Refletindo a prevalência desta patologia de origem multifatorial na idade geriátrica, o seu impacto na qualidade de vida e o declínio funcional associado, a insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada poderá ser considerada uma nova síndrome geriátrica.
Heart failure is the most frequent cause of hospitalization in the geriatric population, being heart failure with preserved ejection fraction the most common type of heart failure in the elderly. Diastolic dysfunction has been considered in the past the physiopathological basis of this condition, that is now considered a complex and multifactorial syndrome in which cardiac and non-cardiac mechanisms take part. A new paradigm based on an inflammatory state driven by comorbidities and aging itself has been proposed to explain the origin of this syndrome. However, despite advances in the understanding of physiopathology of heart failure with preserved ejection fraction, its treatment remains to be established and the management of these patients consists in diuretic therapy for symptomatic relief and in the optimization of their comorbidities. As in other forms of heart failure, the neurohormonal inhibition of the renin-angiotensin axis appeared to be an interesting target in the approach to these patients, which was not confirmed by most of the studies performed with these drugs. New therapeutic targets have been investigated, but the absence of prognosis-modifying treatment persists. Regarding non-pharmacological treatment, the practice of physical exercise is considered a relevant approach to these patients. Reflecting the prevalence of this multifactorial disease in the geriatric population, the impact on the quality of life and associated functional decline, heart failure with preserved ejection fraction may be considered a new geriatric syndrome.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/90095
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Trabalho final MIM - Inês Aparício Martins.pdf377.36 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

27
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

3
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons