Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90087
Title: Avaliação Económica da Implementação de Plataformas Móveis de Registo Clínico e Medicação em unidades de Internamento
Other Titles: Economic Evaluation of the Implementation of Mobile Clinical Platforms and Medication in Hospitalization Units
Authors: Vitorino, Luís André Norte
Orientador: Amaral, António Fernando Salgueiro
Keywords: Avaliação económica saúde; Inovação; Registo Clínico Electrónico; Otimizar; Reengenharia de processos; Health Economics; Innovation; Electronic Health Record; Optimize; Reengineering of process
Issue Date: 25-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Avaliação Económica da Implementação de Plataformas Móveis de Registo Clínico e Medicação em unidades de Internamento
Place of publication or event: Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
Abstract: Enquadramento: A evolução e a futura sustentabilidade do serviço nacional de saúde é, nos dias de hoje, tema de enorme debate. A transformação digital veio revolucionar por completo os processos, incluindo novas tecnologias que permitem melhores diagnósticos e a prestação de melhores cuidados de saúde. Paralelamente a esta evolução, as despesas em saúde têm vindo a aumentar ano após ano. Neste sentido é imperativo a adoção de estudos de avaliação económica não apenas no âmbito dos medicamentos, como já é realizado, mas também a todos os dispositivos médicos e restantes tecnologias utilizadas pelos profissionais de saúde. Devemos com estes estudos procurar capacitar as instituições para uma seleção adequada das tecnologias a implementar. De forma a agregarmos os melhores cuidados de saúde à menor despesa em saúde e assim assegurar a sustentabilidade do SNS.Objetivo: Este trabalho teve com principal objetivo proceder ao estudo prévio da avaliação económica, da futura introdução de 6 plataformas móveis de registo clínico e medicação para os profissionais de enfermagem da unidade de internamento de cirurgia, do Hospital da Senhora da Oliveira, Guimarães EPE. O estudo focou-se nas poupanças geradas, através de uma implementação otimizada das 6 plataformas móveis com módulos para registo clínico e medicação. O nosso principal objetivo centrou-se em demonstrar que as poupanças geradas através da implementação otimizada destas plataformas móveis, permitiria gerar poupanças que num curto espaço de tempo permitiriam o pagamento destes novos equipamentos sem qualquer encargo financeiro direto para o hospital. A eliminação do papel no âmbito da medicação e do processo de internamento, e a redução do tempo alocado ao registo clínico estão na base deste estudo de minimização de custos.Métodos: Foi efetuado uma análise de custos, onde foram comparados custos da solução atual, ou seja, a alternativa nada fazer com a solução proposta pela adoção das 6 novas plataformas móveis de registo clínico e medicação. Foi também aplicado um questionário de autopreenchimento com 5 questões aos profissionais de enfermagem. Na primeira questão era medido o grau de satisfação com a tecnologia disponível para a realização das ações dos profissionais de enfermagem e nas 4 questões seguintes era analisada a sensibilidade e predisposição dos profissionais à introdução das novas plataformas móveis e à inclusão futura de Tablets desinfetáveis com leitor de código de barras para registo clínico móvel.Resultados: Os dados obtidos com este estudo permitem concluir que, através da eliminação do papel e de todas as despesas em consumíveis como toners e impressores, bem como a redução do tempo no registo clínico, é possível gerar poupanças que num cenário otimizado permitem pagar as 6 plataformas em 14 meses, num cenário intermédio 16 meses e num cenário menos otimizado em 22 meses. Medidos também o grau de satisfação com a tecnologia atual e também o grau de disposição futura dos profissionais de enfermagem à implementação destes novos equipamentos, foi obtido baixo nível de satisfação tecnológico em 62.5 % das respostas e intermédio em 32.5 %, com a tecnologia atualmente disponível na unidade de internamento de cirurgia do HSOG. A disposição dos profissionais medidos no inquérito para a adoção das novas PM foi de 8 em 10 e a adoção de um Tablet de apoio foi de 9 em 10.Conclusão: A avaliação económica é fundamental e deve ser alargada a todos os equipamentos do SNS. Podemos concluir com sucesso a questão central, que sustenta esta investigação, afirmando que com a inclusão das 6 plataformas móveis na unidade de internamento de cirurgia, geramos uma redução de custos em consumíveis e na redução de tempos em registo clínico e medicação que permitem tendo em conta o cenário intermédio calculado, no prazo de 16 meses de utilização pagar na totalidade este projeto de modernização tecnológica.Os profissionais demonstraram também uma enorme vontade em dispor de novos equipamentos que lhes permitam otimizar os procedimentos de medicação e registo clínico, salvaguardando a adoção de práticas mais seguras com caixas de medicação de abertura por autenticação, equipamentos totalmente desinfetáveis e certificados para uso à cabeceira do paciente, permitam a instalação de leitores de código de barras para validação da medicação prescrita, computadores táteis e teclados desinfetáveis, possibilitando não só reduções mensuráveis como as já referidas, mas também a diminuição dos erros de medicação, a diminuição da taxa de infeção e disponibilização imediata da informação, fatores estes que, apesarem de não mensuráveis diretamente, são fonte de muitas poupanças para uma instituição de saúde.
Background: The evolution and future sustainability of the SNS is a topic of great debate today. Digital transformation has revolutionized processes completely, including new technologies that enable better diagnostics and better health care. At the same time, health expenditure has been rising year after year. In this sense it is imperative to adopt the economic study not only in the scope of medicines as it is already done, but also to all medical devices and other technologies used by healthcare professionals. We must, with these studies, seek to enable the institutions for an adequate selection of the technologies to be implemented. In order to add the best health care to the lowest health expenditure and thus ensure the sustainability of the SNS.Objective: The main objective of this study was to carry out a preliminary study of the economic evaluation of the future introduction of 6 mobile platforms for clinical registration and medication for nursing professionals of the surgical hospitalization unit, of the Senhora da Oliveira, Guimarães EPE Hospital. The study focused on the savings generated through an optimized implementation of the 6 mobile platforms with modules for clinical registration and medication. Our main objective was to demonstrate that the savings generated through the optimized implementation of these mobile platforms would generate savings that would allow the payment of these new equipment without any direct financial burden to the hospital in a short period of time. The elimination of paper in the scope of medication and the process of hospitalization, and the reduction of the time allotted to the clinical register, are the basis of this study of cost minimization.Methods: A cost analysis was performed comparing the costs of the current solution, that is, the alternative nothing to do with the solution proposed by the adoption of the 6 new mobile platforms for clinical registration and medication.A self-filling questionnaire with 5 questions was also applied to nursing professionals. In the first question was measured the degree of satisfaction with the technology available to perform the actions of nursing professionals and in the following 4 questions was analyzed the sensitivity and predisposition of professionals to the introduction of new mobile platforms and the future inclusion of disinfectable Tablets with reader bar code for mobile clinical registration.Results: The data obtained from this study were that by eliminating paper and all expenditures on consumables such as toners and printers, reducing the time in the clinical register allows us to generate savings that in an optimized scenario allowing us to pay the 6 platforms in 14 months, in an intermediate scenario of 16 months and in a less optimized scenario to pay in 22 months. It is also measured the degree of satisfaction with the current technology and also the degree of future disposition of the nursing professionals to the implementation of these new equipment, having obtained low level of technological satisfaction in 62.5% of the answers and intermediate in 32.5% with the technology currently available in the unit of HSOG surgery. The measurement of the professionals measured in the survey for the adoption of the new PM was 8 in 10 and the adoption of a Tablet support was of 9 in 10.Conclusion: Economic evaluation is fundamental and should be extended to all SNS equipment. We can successfully conclude the central question, which supports this research, stating that in an intermediate cost reduction scenario, we were able to pay the for the equipment exclusively with the savings generated in 16 months of operation in the surgical intensive care service, equipment 3 years warranty. The professionals also demonstrated a great willingness to have new equipment that would allow them to optimize medication and clinical registration procedures, safeguarding the adoption of safer practices with opening medication boxes by authentication, fully disinfectable equipment and certified for use at the head of the patients, allow the installation of barcode readers for validation of prescribed medication, tactile computers and disinfectable keyboards, allowing us not only measurable reductions such as those already mentioned, but also the reduction of medication errors, the decrease of the infection rate and immediate availability of information, are factors that, although not measurable directly, are the source of many savings for a health institution.
Description: Dissertação de Mestrado em Gestão e Economia da Saúde apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/90087
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Versão Final Dissertação Luís Vitorino MGES FEUC.pdf1.68 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

11
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

6
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons