Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90074
Title: Retalho Bilobulado: Variantes e Aplicações
Other Titles: Bilobed Flap: Variants and Applications
Authors: Lopes, Ana Rita Ribeiro
Orientador: Vieira, Ricardo José David Costa
Keywords: retalho bilobulado; procedimentos recontrutivos; retalhos de transposição; retalho trilobulado; cirurgia dermatológica; bilobed flap; reconstruction procedures; transposition flaps; trilobed flap; dermatologic surgery
Issue Date: 14-May-2019
Serial title, monograph or event: Retalho Bilobulado: Variantes e Aplicações
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: O retalho bilobulado é um retalho de dupla transposição, versátil e de pedículo aleatório. Permite a reconstrução cirúrgica de defeitos utilizando tecido cutâneo dotado de elasticidade e mobilidade, localizado em locais mais distantes do defeito primário.Material e métodos: Para a elaboração deste trabalho de revisão foram consultados artigos de revisão e artigos científicos com recurso à plataforma PubMed. Após uma análise cuidada, as referências bibliográficas foram selecionadas de acordo com a sua ordem de relevância para a temática do presente trabalho.Desenvolvimento: O retalho bilobulado foi inicialmente descrito por Esser, em 1918, e foi modificado mais tarde por Zitelli, tendo particular utilidade na reconstrução de defeitos do terço distal do nariz, no entanto, tem-se demonstrado a sua aplicabilidade e utilidade noutras localizações anatómicas. Consiste na transposição de dois lobos de tecido em torno de um único pedículo para cobrir um defeito primário. O primeiro lobo é utilizado para cobrir o primeiro defeito e um segundo lobo é utilizado para cobrir o defeito criado pela transposição do primeiro lobo. Desta forma, as forças de tensão são distribuídas, permitindo o encerramento primário do terceiro defeito, criado pela transposição do segundo lobo, num local de maior elasticidade.Foi descrita uma variante deste retalho, o retalho trilobulado, que em vez de dois utiliza três lobos e que expandiu a utilidade do retalho para outros defeitos.As complicações com a utilização deste retalho são raras quando é realizado um planeamento e desenho adequado da técnica cirúrgica. Conclusão: O retalho bilobulado permite o encerramento de defeitos com pele de cor e textura compatíveis, obtendo bons resultados estéticos e funcionais em apenas um único procedimento. Um bom conhecimento das possíveis variações e modificações do retalho bilobulado permite uma boa execução, fornecendo ao doente o melhor resultado possível. É um retalho de fácil reprodução e com ampla aplicabilidade na reconstrução cirúrgica.
Introduction: The bilobed flap is a double transposition flap, versatile and with a random pattern. It allows the surgical reconstruction of cutaneous tissue with elasticity and mobility capability, located in places distant from the primary defect.Materials and Methods: For the elaboration of this review article, were consulted other review articles and scientific articles using Pubmed platform. After a careful analysis, the bibliographical references were selected according to their relevance to the theme of this review. Development: The bilobed flap was initially described by Esser, in 1918, and was later modified by Zitelli, having particular utility in the reconstruction of defects of the distal third of the nose. However, its applicability and usefulness have been demonstrated in other anatomical locations. It consists of the transposition of two tissue lobes around a common pedicle to cover a primary defect. The first lobe is used to cover the defect and the second lobe is used to cover the defect created by the transposition of the first lobe. This way, the tension forces are distributed, allowing the primary closure of the third defect, created by the transposition of the second lobe, on a more elastic place.A variant of this flap, the trilobed flap, which instead of two uses three lobes, has been described and has expanded the utility of the flap to other types of defects.Complications with the use of this flap are rare when adequate planning and design of the surgical technique are performed.Conclusion: The bilobed flap allows the closure of defects with skin of similar color and texture, obtaining good aesthetic and functional results in a single procedure. A good knowledge of the possible variations and modifications of the bilobed flap allows a good execution of the flap which provides the patient with the best possible result. It is an easy to reproduce flap with wide applicability in surgical reconstruction.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/90074
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho Final MIM ANA RITA LOPES.pdf802.15 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

6
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

20
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons