Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90058
Title: Presurgical Evaluation of Memory Function in Epilepsy Patients
Other Titles: Avaliação Pré-operatória da Memória em doentes com Epilepsia
Authors: Gonçalves, Carolina Barreto Rodrigues
Orientador: Santana, Maria Isabel Jacinto
Keywords: Memória verbal; fMRI; Epilepsia; Verbal memory; fMRI; Epilepsy
Issue Date: 30-May-2019
Serial title, monograph or event: Presurgical Evaluation of Memory Function in Epilepsy Patients
Place of publication or event: FMUC
Abstract: Introdução: A epilepsia do lobo temporal é a forma mais comum de epilepsia focal refractária e pode ser tratada com a ressecção da zona do foco epiléptico. A cirurgia acarreta o risco de perda de memória e os doentes são submetidos a uma avaliação pré-operatória para determinar a localização do foco epiléptico e prever a diminuição pós-operatória da memória. Não está estabelecido quais os métodos mais precisos para este objectivo. A avaliação neuropsicológica pode contribuir para a lateralização do foco epiléptico e para a previsão do risco. A ressonância magnética funcional (fMRI) consegue localizar ou lateralizar a memória e prever a sua diminuição pós-operatória. Contudo, ainda não existe um paradigma de fMRI da memória padronizado. Objectivos: O nosso objectivo foi comparar o desempenho no paradigma da fMRI da memória com os resultados obtidos na avaliação neuropsicológica tendo em conta a lateralização do foco epiléptico determinada pelo vídeo-EEG e pela ressonância magnética estrutural em doentes com epilepsia do lobo temporal propostos para cirurgia. Métodos: Dez doentes com epilepsia do lobo temporal refractária foram submetidos a protocolo de avaliação pré-operatória que incluía ressonância magnética estrutural, vídeo-EEG, avaliação neuropsicológica e um paradigma experimental de fMRI da memória. A fMRI determinou o índice de lateralização da memória verbal. Resultados: Três dos dez doentes estudados apresentavam uma clara lateralização da memória verbal à direita, dois tinham um índice em valores limite e cinco mostravam lateralização à esquerda. Comparámos estes resultados com os obtidos nos outros exames complementares. O índice de lateralização confirmou a lateralização da memória verbal nos casos em que havia discrepâncias entre os exames complementares, determinando se os doentes poderiam ser propostos para cirurgia. Observámos que o desempenho no paradigma de fMRI se correlacionava significativamente com vários dos testes de memória verbal e linguagem da avaliação neuropsicológica. Havia também uma correlação inesperada com um teste de memória verbal, embora este teste possa ser facilmente verbalizado. Conclusões: O nosso estudo foi demasiado pequeno para conclusões definitivas. Não obstante, parece que este paradigma de fMRI pode ser usado para determinar com confiança a lateralização da memória verbal na avaliação pré-operatória de doentes com epilepsia do lobo temporal. Propomos um estudo mais alargado comparando controlos saudáveis com doentes com epilepsia para testar este paradigma e confirmar os nossos resultados.
Introduction: Temporal lobe epilepsy is the most common form of refractory focal epilepsy and can be treated with resection of the seizure onset zone. Surgery carries a risk of memory impairment and patients undergo preoperative evaluation to determine the location of seizure onset zone and predict postoperative memory decline. It has not been established which specific methods are the most accurate for this purpose. Neuropsychological assessment can contribute to the lateralization of seizure focus and risk prediction. Functional magnetic resonance imaging (fMRI) can localize or lateralize memory and predict its postoperative decline. However, a standardized fMRI memory paradigm does not yet exist. Objectives: Our aim was to compare the performance in a memory fMRI paradigm with results obtained from neuropsychological testing, considering the epileptic focus lateralization determined by video-EEG and structural MRI in patients with temporal lobe epilepsy proposed for surgical treatment. Methods: Ten epilepsy patients with refractory temporal lobe epilepsy underwent a presurgical evaluation protocol, including structural MRI, video-EEG, neuropsychological assessment, and an experimental word-recognition fMRI paradigm. The fMRI determined the lateralization index (LI) of verbal memory. Results: Three of the ten studied patients presented a clear right lateralization of verbal memory, two had a borderline score and five showed left lateralization. We compared these results with the ones obtained from the other tests. The LI confirmed the lateralization of verbal memory in the cases in which there were discrepancies between said tests, determining whether patients could be proposed for surgery. We found that the performance in the fMRI paradigm correlated significantly with several verbal memory and language tasks in the neuropsychological evaluation. There was also an unexpected correlation with a visual memory test, although this test can be easily verbalized. Conclusions: Our study was too small for definitive conclusions. However, it seems that this fMRI paradigm can be used to reliably determine verbal memory lateralization within the context of pre-surgical evaluation of temporal lobe epilepsy. We propose a larger study comparing healthy controls and patients with epilepsy to test this paradigm and confirm our results.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/90058
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese Final.pdf445.19 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

9
checked on Oct 1, 2020

Download(s)

1
checked on Oct 1, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons