Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90021
Title: Avaliação comparativa de dois cimentos endodônticos na selagem apical após preparação para colocação de espigões intrarradiculares: estudo in vitro
Other Titles: Comparison of the apical seal ability of two different root canal sealers after post space preparation: An in vitro study
Authors: Monteiro, Kátia Porões
Orientador: Abrantes, Ana Margarida Coelho
Paula, Anabela Baptista Pereira
Ferreira, Manuel Marques
Keywords: AH Plus®; GuttaFlow Bioseal®; selagem apical; microinfiltração; preparação para espigão; AH Plus®; GuttaFlow Bioseal®; apical seal; microleakage; post preparation
Issue Date: 9-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Avaliação comparativa de dois cimentos endodônticos na selagem apical após preparação para colocação de espigões intrarradiculares: estudo in vitro
Place of publication or event: Instituto de Endodontia da FMUC; Instituto de Biofísica da FMUC.
Abstract: Introdução e objetivo: Após o tratamento endodôntico, colocar um espigão intrarradicular é muitas vezes necessário, implicando a remoção parcial do material de obturação, o que pode afetar a selagem apical. O objetivo deste estudo foi comparar a selagem apical provida pelo cimento AH Plus® e GuttaFlow Bioseal® após realização do preparo imediato do canal radicular para colocação de espigão.Métodos: Após preparação químico-mecânica, 36 dentes monorradiculares foram divididos aleatoriamente entre 4 grupos. O grupo controlo positivo (CP) e o grupo controlo negativo (CN) foram compostos por 6 dentes. O grupo AH PLUS e o grupo BIOSEAL (compostos por 12 dentes cada) foram obturados através da técnica de condensação vertical a quente com onda contínua, com cone de guta-percha e cimento AH Plus® e GuttaFlow Bioseal®, respetivamente. Imediatamente após a obturação procedeu-se à preparação do canal radicular para colocação de espigão. Após 7 dias avaliou-se a selagem apical através da abordagem com Medicina Nuclear e infiltração apical do radioisótopo 99mTc sob a forma de uma solução isotónica de Pertecnetato de Sódio. Foram utilizados os valores das contagens médias adquiridas e foi feita a análise estatística dos resultados. Resultados: Todos os grupos apresentaram valores de microinfiltração apical. O grupo CN apresentou uma reduzida microinfiltração comparativamente aos restantes grupos. O grupo AH PLUS apresentou uma microinfiltração significativamente superior ao grupo BIOSEAL.Conclusão: Verificou-se a presença de uma selagem apical mais efetiva após preparação imediata do canal radicular para colocação de espigão quando utilizado o cimento GuttaFlow Bioseal®. Estudos com diferentes metodologias de avaliação devem ser feitos para comprovar os resultados obtidos.
Background/Purpose: After root canal therapy, placement of a post is often required to retain the restoration. It is necessary to remove a portion of obturating material during post space preparation that may affect the apical seal. The aim of the present study was to compare the apical seal ability of AH Plus® and GuttaFlow Bioseal® sealers after immediate post space preparation.Methods: Thirty-six single-rooted extracted teeth were decoronated, biomechanically prepared and randomly divided into 4 groups. Group CP and Group CN served as positive and negative control with six teeth each. Group AH PLUS and Group BIOSEAL (with 12 teeth each) were obturated using continuous Wave technique with gutta-percha and AH Plus® sealer or GuttaFlow Bioseal® sealer, respectively. Post spaces were prepared immediately after root canal obturation. After seven days, apical microleakage was assessed using the nuclear medicine approach were the apices were submersed in a solution of sodium pertechnetate 99mTc and the radioactivity was counted. The results were statistically analyzed.Results: The apical microleakage occurred in all groups. The group CN had less microleakage. The group AH PLUS showed statistically significant differences comparing to the BIOSEAL group, which showed a lower tendency to leakage.Conclusion: The GuttaFlow Bioseal® sealer provided a significantly better apical seal than AH Plus® sealer when the post space was prepared at the time of obturation. Studies with different leakage methodologies should be performed in order to prove these results.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/90021
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho final pdf.pdf273.17 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

7
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

6
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons