Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90009
Title: Autonomia e bem-estar na população idosa: aplicações para casas inteligentes
Other Titles: Promoting autonomy and well-being for the elderly in smarthomes
Authors: Fernandes, Pedro Duarte Silva
Orientador: Verissimo, Manuel Teixeira Marques
Keywords: Geriatria; Envelhecimento Ativo; Internet das Coisas; Sensores; Domótica; Geriatrics; Healthy Ageing; Internet of Things; Sensors; Smart Home
Issue Date: 20-Nov-2018
Serial title, monograph or event: Autonomia e bem-estar na população idosa: aplicações para casas inteligentes
Place of publication or event: FMUC - Casa
Abstract: Enquadramento: A sociedade de informação, a recente geração da indústria tecnológica 4D baseada na Internet das Coisas (IoT) e as novas orientações para a política da saúde, trouxeram desafios acrescidos à medicina em geral e à área da geriatria em particular. Nas últimas décadas, a procura de soluções que visam a promoção da autonomia e bem-estar do idoso no contexto de uma Smart Home ou Ambient Assisted Living tem sido objeto de inúmeras investigações e aplicações.Objetivo do estudo: análise e reflexão crítica acerca dos avanços tecnológicos utilizados na construção de Smart Homes que visam a promoção da saúde e do bem-estar da pessoa idosa. Questões oriendadoras: quais os dispositivos inteligentes disponíveis para utilização em Smart Homes pela pessoa idosa? quais os seus riscos e potencialidades?Materiais e Métodos: artigo de revisão baseado em 44 artigos publicados nos últimos 10 anos em revistas indexadas na PUBMED, acrescidos de 12 artigos de autores e instituições de referência, num total de 56 artigos. A análise foi baseada em critérios PYCOT para inclusão/exclusão e na categorização temática a partir da análise de conteúdo.Resultados: As potencialidades dos sensores e aplicações utilizadas em Smart Homes, permitem perceber um novo papel da tecnologia na promoção da medicina preventiva (monitorização do bem-estar ambiental, parâmetros fisiológicos, adesão à terapêutica, uso de Smart Clothes e Smart Devices, etc) e da medicina persuasiva (e-Health e e-APPS). O acesso e gestão dos dados pelo utente e instituições carece de um amplo debate, dadas as questões éticas que lhe estão associadas. A definição de uma estratégia nacional para o envelhecimento ativo, o reforço da interdisciplinaridade e novas modalidades de formação médica constituem-se como imperativos em face da emergência de um novo paradigma na área da geriatria.
Background: Information society, the new generation of 4D technological industry based on the Internet of Things (IoT) and the recent healthcare policy guidelines, brought new challenges to medicine in general and to the field of geriatrics in particular. Over the past few decades, researchers have focused on solutions that promote the autonomy and well-being of elderly people in the context of a Smart Home or Ambient Assisted Living. Objective: analysis and critical reflection on the technological advances used in the construction of Smart Homes that promote the health and well-being of elderly people.Guiding Questions: Which smart devices are available in Smart Homes for the elderly to use? What are their risks and potentials?Materials and Methods: Review article based on 44 published articles in journals indexed in PUBMED over the last 10 years, as well as 12 articles by renowned authors and institutions, adding a total of 56 articles. PYCOT criteria was defined for inclusion/exclusion articles and categorization for content data analysis.Results: The emerging technologies applied in smart homes play a new role in the promotion of preventive medicine (monitoring of environmental well-being, physiological parameters, treatment compliance, wearable smart devices), and in persuasive medicine (e-Health and e-APPS). The user’s and other institutions’ access to and management of the Big Data lack a wider debate, given the ethical issues at play. A national strategy for a healthy ageing, the reinforcement of multidisciplinary cooperation and the updating of medical education are key aspects in facing this new paradigm in geriatrics.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/90009
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Mestrado - Geriatria - Pedro Fernandes.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

21
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

13
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons