Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89972
Title: Melanoma cutâneo: Interesse da biópsia do gânglio sentinela e do esvaziamento ganglionar
Other Titles: Cutaneous melanoma: Interest of sentinel lymph node biopsy and complete lymph node dissection
Authors: Rodrigues, Cláudia Sofia dos Santos Ferreira
Orientador: Vieira, Ricardo José David Costa
Keywords: Melanoma; Gânglio sentinela; Biópsia do gânglio sentinela; Esvaziamento ganglionar; Sobrevivência; Melanoma; Sentinel lymph node; Sentinel lymph node biopsy; Lymph node dissection; Survival
Issue Date: 12-Mar-2019
Serial title, monograph or event: Melanoma cutâneo: Interesse da biópsia do gânglio sentinela e do esvaziamento ganglionar
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A incidência de melanoma cutâneo aumentou significativamente nas últimas décadas e apesar de corresponder a menos de 10% dos tumores cutâneos, é responsável pela maioria das mortes por cancro de pele. A biópsia do gânglio sentinela permite a deteção de doença ganglionar clinicamente oculta e caso esta seja positiva está preconizada a realização de esvaziamento ganglionar do território linfático respetivo, procedimentos estes envoltos em controvérsia por não estar demonstrado terem impacto na sobrevivência. Materiais e Métodos: Esta revisão sistemática tem como objetivos principais responder a duas questões clínicas principais – o interesse da biópsia do gânglio sentinela e do esvaziamento ganglionar. Para a sua elaboração foram consultadas as bases de dados PubMed e Embase com pesquisa confinada aos últimos 5 anos, obtendo-se 526 fontes bibliográficas, ficando 50 após critérios de exclusão. Foram ainda adicionadas 5 referências para melhor contextualizar o tema, perfazendo um total de 55 fontes bibliográficas finais. Resultados: Em relação à biópsia do gânglio sentinela a maioria dos estudos comprova que esta não está associada a uma melhoria significativa em termos de sobrevivência mas está associada a uma melhoria significativa em relação ao tempo de recorrência ganglionar da doença por melhor controlo regional. Em relação ao esvaziamento ganglionar, também se constata, de uma forma geral, que os estudos não demonstram melhoria de taxas de sobrevivência, demonstrando menores taxas de recorrência ganglionar. Conclusão: A biópsia do gânglio sentinela e o esvaziamento ganglionar devem ser recomendadas a subpopulações específicas com base em decisões individuais e apesar de não promoverem melhoria da sobrevida promovem melhor controlo regional da doença, ajuda no estadiamento, informação prognóstica e decisão terapêutica. Uma alternativa viável a estes procedimentos que acarretam morbilidade e custos é a observação ganglionar frequente com ecografia. No entanto, por falta de estudos com elevada evidência científica, aguarda-se por mais estudos randomizados e controlados que analisem várias subpopulações e afiram o real valor da realização destes procedimentos nessas várias subpopulações consideradas, definindo critérios para renunciar a sua realização.
Introduction: The incidence of cutaneous melanoma has increased significantly in recent decades and although it accounts for less than 10% of cutaneous tumors, it accounts for the majority of skin cancer deaths. Sentinel lymph node biopsy allows the detection of clinically occult lymph node disease and, if this is positive, lymph node dissection of the lymphatic region is recommended. These procedures are involved in controversy because they don’t show an impact on survival. Materials and Methods: This systematic review has as main objectives answer two main clinical questions – the interest of the sentinel lymph node biopsy and the interest of lymph node dissection. In order to prepare this work, there have been consulted the databases PubMed and Embase with search confined to the last 5 years, obtaining 526 records, 50 after exclusion criteria. For better contextualize the theme 5 records were added, making a total of 55 final bibliographic sources. Results: Most studies show that sentinel lymph node biopsy isn’t associated with a significant improvement in survival but is associated with a significant improvement in disease nodal recurrence due to better regional control. About lymph node dissection is also generally observed that the studies don’t show improvement in survival outcomes but they show lower rates of lymph node recurrence. Conclusion: Sentinel lymph node biopsy and lymph node dissection should be recommended to specific subpopulations based on individual decisions, and although they don’t improved survival, they promote better regional disease control, staging aid, prognostic information and support therapeutic decisions. A viable alternative to these procedures that cause morbidity and costs is frequent nodal observation with ultrasonography. However, due to lack of studies with high scientific evidence, we are expecting more randomized and controlled studies that analyse several subpopulations and point out the real value of performing these procedures in these several subpopulations considered, defining criteria to avoid their execution.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89972
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Final Claudia Rodrigues.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

8
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

9
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons