Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89944
Title: O Papel da Ruminação na Relação entre Auto-Apresentação Perfecionista e Psicopatologia Alimentar
Other Titles: The role of rumination in the relationship between perfectionistic self-presentation and eating psychopathology
Authors: Silva, Ricardo Jorge Tavares Portela e
Orientador: Santos, António João Ferreira de Macedo e
Marques, Cristiana de Campos
Keywords: autoapresentação perfecionista; ruminação; psicopatologia alimentar; perfectionistic self-presentation; rumination; eating psychopathology
Issue Date: 11-Mar-2019
Serial title, monograph or event: O Papel da Ruminação na Relação entre Auto-Apresentação Perfecionista e Psicopatologia Alimentar
Place of publication or event: Instituto de Psicologia Médica da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A ruminação constitui uma estratégia desadaptativa de regulação emocional, caraterizada por pensamentos repetitivos sobre o significado, causas e consequências das emoções negativas do indivíduo. É geralmente aceite um modelo bidimensional da ruminação – as dimensões reflexiva e brooding. A ruminação específica sobre a alimentação, peso e forma corporal tem sido consolidada na literatura como um aspeto central na psicopatologia alimentar. A autoapresentação perfecionista, como um traço de personalidade determinado pela necessidade de criar uma impressão perfeita aos olhos dos outros, tem também demonstrado uma associação particular com a psicopatologia alimentar, e a ruminação sobre a alimentação, peso e forma corporal poderão ter um papel importante nessa relação.Objetivos: O presente estudo propõe-se a analisar o papel mediador da ruminação (dimensões reflexiva e brooding) na relação entre a autoapresentação perfecionista e a psicopatologia alimentar, controlando a variável género.Metodologia: Um total de 98 estudantes universitários (57 do sexo feminino e 41 do sexo masculino) preencheram um questionário de autorresposta composto por um conjunto de escalas medindo a autoapresentação perfecionista, a ruminação e a psicopatologia alimentar.Resultados: Todas as variáveis demonstraram, entre elas, correlações positivas e significativas (0.26 - 0.78). As análises de mediação revelaram que ambas as dimensões (reflexiva e brooding) da ruminação sobre a alimentação, peso e forma corporal, são mediadoras da relação entre a autoapresentação perfecionista e a psicopatologia alimentar.Discussão e Conclusões: Estes resultados demonstram que a autoapresentação perfecionista pode ter efeito na psicopatologia alimentar através da ruminação (tanto a dimensão brooding, como a reflexiva). Assim, a autoapresentação perfecionista e a ruminação sobre alimentação, peso e forma corporal podem constituir importantes alvos de intervenção nas estratégias de prevenção e tratamento da psicopatologia alimentar.
Introduction: Rumination is defined as a maladaptive emotion regulation strategy where the individual has compulsive and repetitive thoughts about the meaning, causes and consequences of his emotional distress. It is generally accepted a bidimensional model of rumination – brooding and reflection. Specific rumination about eating, weight and body shape has been consolidated in the literature as a core feature in eating psychopathology. Perfectionistic self-presentation, as a personality trait concerning the need to appear perfect to others, has also shown a particular association with eating psychopathology, and ruminative thoughts on eating, weight and shape may have an important role in the maintenance of that association.Objectives: The present study analyses the mediating role of brooding and reflection in the relationship between perfectionistic self-presentation and eating psychopathology, controlling for gender.Methods: A total of 98 university students (57 females and 41 males) completed a battery of self-report scales measuring perfectionistic self-presentation, rumination and eating psychopathology.Results: All the variables showed significant and positive correlations (0.26 - 0.78) between them. Moreover, the mediation analyses revealed that both ruminative reflection and brooding on eating, weight and shape concerns are mediators of the relationship between perfectionistic self-presentation and eating psychopathology.Discussion and Conclusions: These findings seem to show that perfectionistic self-presentation may impact on eating psychopathology through rumination (both brooding and reflection). Thus, perfectionist self-presentation and rumination about diet, weight and shape may be important targets for intervention in strategies for the prevention and treatment of psychopathological eating behavior.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89944
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese Final Ricardo Silva.pdf341.69 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

5
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

1
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons